Redes Sociais

Últimas Notícias

Cerca de 40 mil pessoas curtem o primeiro fim de semana do Arraial de Belo Horizonte 2018, na Praça da Estação

Expectativa aumenta para o próximo fim de semana, com as apresentações do Grupo Especial das quadrilhas e show da dupla sertaneja Bruno & Marrone

• atualizado em 25/06/2018 às 19:57

Arraial de Belo Horizonte 2018 – Foto: Divulgação/Belotur

O Arraial de Belo Horizonte 2018 já ganhou belos presentes em sua 40ª edição: arquibancadas lotadas para o Concurso Municipal de Quadrilhas do Grupo de Acesso, vila gastronômica movimentada e com muito conforto nos três dias de eventos, shows de duplas sertanejas como Edson e Hudson e nenhuma ocorrência policial no entorno ligada ao evento.

“Em sua 40ª edição, o Arraial de Belo Horizonte também ganha um novo contorno. Ele já possui excelência no concurso de quadrilhas, nos shows e em sua tradição. Agora, com a valorização da gastronomia, que ganha estrutura própria totalmente ambientada na Praça da Estação com a Vila Gastronômica, o Arraial também ganha na diversificação do público, atendendo a uma camada maior da sociedade belo-horizontina”, comenta Aluizer Malab, presidente da Belotur.

A praça recebeu um público médio de 40 mil pessoas, somando a rotatividade de sexta-feira (22/6) a domingo (24/6). A expectativa agora só aumenta para o fim de semana que vem, nos dias 30 de junho e 1º de julho. Estão programados os Concursos de Quadrilhas Estadual e Municipal do Grupo Especial e, para fechar com chave de ouro, show de Bruno & Marrone, dupla sertaneja nacionalmente reconhecida.

A abertura do arraial, na sexta-feira, ficou por conta do Forró Arrumado com Saulo Laranjeira e Saldanha Rolim, que apresentaram clássicos do ritmo nordestino para esquentar a festa. Em seguida, sob a batuta de Adriana Darley, mestre de cerimônias da festa, foi a vez do início do Concurso Municipal de Quadrilhas do Grupo de Acesso.

“A cada ano que passa está mais difícil julgar as quadrilhas que aqui disputam o concurso. A cada ano que passa elas estão mais técnicas, criativas, empenhadas, o que dificulta porém engrandece nosso trabalho”, comenta Samuel Soares Cunha, jornalista e gestor cultural, que participa como jurado do Arraial de Belo Horizonte há 22 anos.

Subiram ao tablado as quadrilhas Junina Pega Frango, Explosão Junina, Nova Geração, Águia Caipira, Arraial do Chic Chic e Arraial do Brega e Chick. A noite de sexta ainda teve a animação do Marcelinho de Lima, com o melhor do sertanejo.

A festa de sábado foi aberta pela apresentação da quadrilha Trem D’Minas, seguida de mais oito agremiações. Subiram ao tablado: Arraial do Formigueiro Quente, Quadrilha Luar do Sertão, Quadrilha Fogo na Perna, Arraial Pé Vermelho, Arraiá do Brejo Grande, Quadrilha Beija Flor de Minas, Quadrilha Jiló com Mel e Quadrilha Balancê Mineiro. Os cantores Sinval Moreira e Juliano Rosa se apresentaram no fim da noite, para uma praça lotada.

O domingo já guardava fortes emoções com o show da dupla sertaneja Edson e Hudson. Mas antes, se apresentaram as últimas quadrilhas que disputam o título municipal do Grupo de Acesso. Ao som de xote, xaxado e forró as quadrilhas Nega Biruta, Me Larga Cumade, Arraiá de São Domingos, Arraial do Milho Verde, Arriba Saia, Pé Rachado, Arraial Cambuquira, Casa do Chapéu e Paixão Junina mostraram seus figurinos e coreografias. Edson e Hudson subiram ao palco no fim da noite, apresentando hits como “Galera Coração” e “Azul”, acompanhados pelo coro da galera.

Fátima Santos, de 44 anos, esteve na praça para assistir à apresentação da filha, que dançou em uma das quadrilhas da competição. “A festa está muito bonita e organizada. Achei a estrutura melhor do que a do ano passado. Estou muito emocionada em assistir minha filha e ainda vou ficar para o show do Edson e Hudson”, disse animada.

A apuração do Grupo de Acesso do Concurso Municipal de Quadrilhas acontece nesta terça-feira, a partir das 14h30, no coreto do Parque Municipal.

Vila Gastronômica

Outro destaque do fim de semana foi a Vila Gastronômica. Com mesas e cadeiras de madeira e decoração de chita, o charmoso espaço atraiu as pessoas interessadas em comer bem e com conforto.

A Vila Gastronômica é realizada em parceria com a ABRASEL e a Frente da Gastronomia Mineira e conta com a presença dos restaurantes Dona Lucinha, Maria das Tranças e Sport Bar. No espaço, o público pode, também, saborear os pratos vencedores do Concurso Prato Junino, das faculdades UNA e Promove.

Ainda dentro da vila está a Tenda Saberes Alimentares, criada em parceria com a Subsecretaria de Segurança Alimentar e Nutricional (SUSAN). Nela, expositores de projetos sociais ligados à prefeitura vendem quitutes juninos.

Banco de Alimentos

Quem frequentou o Arraial de Belo Horizonte neste fim de semana ainda teve a oportunidade de praticar a solidariedade. O projeto Banco de Alimentos, também da SUSAN, recolheu doações de alimentos não perecíveis para distribuição para pessoas em situação de vulnerabilidade social. A ação continua no próximo fim de semana.

Segurança

O esquema de segurança na Praça da Estação, entre os dias 22 e 24 de junho, contou com a presença de 34 policiais militares a pé em 10 pontos de policiamento, além de 8 viaturas. Foram disponibilizadas, ainda, 8 motocicletas da Guarda Municipal no entorno do evento para controle até a dispersão, mais 100 Guardas Municipais dentro da praça. O resultado foi um evento seguro, sem nenhuma ocorrência policial registrada.

Dias 30 de junho e 1º de julho

O Arraial de Belo Horizonte leva seu festejo novamente para a Praça da Estação nos dias 30 de junho e 1º de julho. No sábado, o Concurso Estadual de Quadrilhas começa às 15h30. Já o Grupo Especial do Concurso Municipal sobe ao tablado a partir das 19h30. Os embalos ficam por conta do show da Nolli e Brothers e Rick e Ricardo.

No domingo, a festa começa mais cedo. Às 14h as quadrilhas do Estadual mostram suas coreografias. As últimas agremiações do Grupo Especial do Concurso Municipal estão marcadas para começar às 17h30. O grande encerramento da festa fica por conta da dupla Bruno e Marrone.

SERVIÇO

PROGRAMAÇÃO PRAÇA DA ESTAÇÃO
● Concurso Estadual de Quadrilhas Juninas
30 de junho, a partir das 15h30 e 1º de julho, às 14h
● Concurso Municipal de Quadrilhas Juninas
Grupo Especial: 30 de junho, a partir das 19h30. 1º de julho, a partir das 17h30.

SHOWS

23h: Nolli e Brothers
00h: Rick e Ricardo

1º/7
21h30: Bruno e Marrone

Arraial de Belo Horizonte 2018 – Foto: Divulgação/Belotur

Últimas Notícias

Parque Praça JK recebe evento gratuito com mastologistas e serviços voltado ao combate do câncer de mama

BH recebe o evento gratuito, entre 19 e 21 de outubro, no Parque Praça JK, com programação que inclui atividades lúdicas com experiência em realidade virtual

Na próxima sexta-feira, Belo Horizonte recebe as atividades do Instituto Avon para o Outubro Rosa. Há 15 anos atuando no Brasil, o Instituto acredita que nenhuma mulher deve ser deixada no escuro quando o assunto é o câncer de mama. Por isso, este ano, o esperado evento Giro Pela Vida ganhou as estradas do país em uma carreta temática que estacionou nas capitais: São Paulo, Salvador e, por fim, Belo Horizonte. Entre as novidades estão atividades informativas e educacionais, que contarão com a modernidade da experiência em realidade virtual, pontos de apoio para tirar dúvidas sobre o câncer de mama, além de exame clínico das mamas, com médicos mastologistas e encaminhamento para exames complementares.

6º Giro Pela Vida no Parque Praça JK

Nos dias 19, 20 e 21, a capital mineira, recebe a programação especial de Outubro Rosa, do Instituto Avon. As atividades reúnem experiência, informação e prevenção com a carreta educativa que contará com óculos especiais de realidade virtual conduzindo o participante pela história do movimento do Outubro Rosa.

O evento conta ainda com profissionais na Tenda Mitos e Verdades para rodadas de conversa sobre a doença, onde o público terá a oportunidade de tirar dúvidas sobre hábitos saudáveis, tipos de tratamento, sinais e como agir diante do diagnóstico positivo.

Além disso, em outra tenda, mastologistas estarão disponíveis para realizar o exame clínico das mama, em mulheres acima dos 40 anos. Durante a consulta, além do exame, os médicos também vão esclarecer dúvidas e encaminhar à mamografia nos hospitais parceiros do SUS.

Para serem atendidas as mulheres precisam atender ao seguintes critérios:

Ser mulher e ter 40 anos ou mais;

Apresentar cartão do SUS, documento com foto e comprovante de residência atual (menos de 60 dias);

Importante: outros exames não serão avaliados, os especialistas realizarão exclusivamente o exame clínico das mamas;

Os atendimentos acontecerão por ordem de chegada e por meio de distribuição de senhas, das 8h da manhã às 19h. Será respeitada a ordem de chegada. As vagas são limitadas;

Pedidos de exames complementares serão direcionados para a rede de saúde.

Serviço

Giro Pela Vida:
Belo Horizonte – Parque Praça JK
Dias 19, 20 e 21 de outubro
Horários:
19/10 – Das 13h às 19h
20 e 21/10 – Das 8h às 19h

Continua lendo

Últimas Notícias

Seis pessoas morrem em grave acidente na BR-381, em São Gonçalo do Rio Abaixo

Uma carreta e uma van bateram de frente; nove pessoas ficaram feridas

Um grave acidente matou seis pessoas e deixou nove ficaram feridas nesta segunda-feira, 15, na BR-381, em São Gonçalo do Rio Abaixo, na Região Central de Minas Gerais, informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Segunda a PRF, uma carreta e uma van bateram de frente no km 388, perto da ponte do Rio Una. A carreta foi parar em um barranco.

aguarde para mais informações

Continua lendo

Últimas Notícias

Prefeitura de Belo Horizonte vai distribuir apitos para mulheres denunciar assédio no transporte público

Dez mil unidades vão ser distribuídos para que mulheres denunciem quando sofrerem assédio

Foto: Divulgação/PBH

A Guarda Municipal de Belo Horizonte anunciou uma campanha educativa para sensibilizar a população sobre o crime de importunação sexual no transporte público. A Prefeitura de Belo Horizonte comprou dez mil apitos que vão ser distribuídos para que mulheres denunciem quando sofrerem assédio.

O aumento dos casos de assédio verificado a partir de relatos feitos por mulheres usuárias do transporte público, nos últimos meses, motivou a iniciativa por parte da Secretaria Municipal de Segurança e Prevenção (SMSP).

O secretário Genilson Zeferino assinala que as ocorrências se concentram em determinadas linhas de ônibus e horários do metrô. A campanha educativa será iniciada nestes locais e períodos, para depois serem ampliadas ao transporte público em geral

A preocupante constatação de que a maioria das vítimas alegava não ter denunciado os abusadores e, portanto, não levaram o caso ao conhecimento da polícia, levou o grupo a ter a ideia de adotar a distribuição de apitos como um ato simbólico contra o silêncio, neste lançamento dos trabalhos.

Para isso foram adquiridos dez mil apitos, para que as mulheres façam uso dele no momento em que sofrerem o assédio. Será uma espécie de alerta para que as demais pessoas presentes observem o que está ocorrendo e também para que o próprio motorista, no caso dos ônibus, pare o veículo e busque se informar sobre o fato.

Continua lendo