Redes Sociais

Luta

Rayane Ribeiro treina com lutador de UFC Felipe Sertanejo

A blogueira e atriz Rayane Ribeiro, de 27 anos é natural de Belo Horizonte, porém há dois anos desde que seu marido, o jogador Renan Ribeiro do time do São Paulo, se mudou para a capital paulista, a gata acompanha o atleta pela cidade grande.

Do signo de touro, com 1,65 de altura, a loira de olhos castanhos escuros, adora praticar musculação e atualmente esta fazendo aula de boxe e treinamento funcional com o lutador do UFC, Felipe Sertanejo.

A beldade que atualmente está estudando interpretação na escola de atores Wolf Maya, vem recebendo vários convites para estrelar campanhas publicitárias, inclusive acabou de assinar para no final deste mês estrelar uma campanha para a marca de roupas fitness Caju Brasil.

De olho na frase, “não julgue cada dia pela colheita que você obtém, mas pelas sementes que você planta”, Rayane que é extremamente vaidosa, vem pegando pesado na preparação física, malha seis dias na semana e ainda segue rigorosamente na alimentação saudável, tudo para que as fotos da campanha fique ainda mais bonitas.

Continua lendo
Publicidade
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Luta

Gustavo Assis conquista o ouro no Aberto Pan-americano de Lima

Atleta do Belo Dente/Minas venceu todos os confrontos que teve no Aberto Pan-americano de Lima, no Peru, e ganhou o ouro na competição internacional.

Domingo (26/3) incrível para o judoca Gustavo Assis (90kg), do Belo Dente/Minas. O brasileiro venceu todos os confrontos que teve no Aberto Pan-americano de Lima, no Peru, e ganhou o ouro na competição internacional.

Na primeira luta do dia, ele enfrentou o peruano Daryl Yamamoto Servan e não teve dificuldades para passar pelo adversário. No segundo confronto, Gustavo encarou o norte-americano Matthew Koch. O brasileiro venceu a luta por ippon e garantiu a vaga na final da categoria até 90kg. Na disputa pelo ouro, o judoca minastenista enfrentou o canadense Louis Krieber Gagnon. Com um wazari, Gustavo Assis venceu a final e subiu no lugar mais alto do pódio.

Não deu para Ricardo
Na categoria até 81kg, Ricardo Serrão não teve o mesmo desempenho do companheiro de equipe. Na primeira luta, Ricardo venceu o peruano Daniel Vizcarra por ippon. No segundo confronto, porém, foi derrotado pelo argentino Tomas Morales Martinatto. Mesmo assim, o minastenista se classificou para repescagem e consegui vencer o norte-americano Kell Berliner. Na disputa pelo bronze, Ricardo Serrão não conseguiu superar o argentino Luis Vega e deixou a competição sem medalhas.

Continua lendo