Redes Sociais

Eventos

Prefeitura de Belo Horizonte anuncia 5ª Edição da Virada Cultural

Serão 400 atrações, das 17h de sábado, dia 20 de julho, às 17h de domingo, dia 21 de julho

 A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, e o Instituto Periférico (Organização da Sociedade Civil – OSC) anunciam a realização da 5ª edição da Virada Cultural de Belo Horizonte. Serão 400 atrações, das 17h de sábado, dia 20 de julho, às 17h de domingo, dia 21 de julho, que devem atrair cerca de 500 mil pessoas. Do total de atividades, 120 serão selecionadas pelo edital de programação, que está aberto para receber inscrições dos interessados.

         A programação vai incluir arte urbana, música, dança, circo, cinema, teatro, programação infantil, stand up, artes visuais, literatura, fotografia, vídeo, arquitetura, moda, design, esporte de rua, arte digital, animação, games, gastronomia, cultura popular e performances. Tudo isso, realizado em 24h ininterruptas em um circuito formado por seis áreas principais no hipercentro da capital, além de espaços culturais parceiros.

        Artistas, agentes culturais, empreendedores e público serão convidados a construir juntos, experiências de convívio e redescoberta do ambiente urbano. A proposta é mostrar uma cidade pulsante, com espaços públicos ocupados, um circuito com atrações diversas. O orçamento previsto para o evento é de R$ 850 mil, valor que poderá ser ampliado com aporte de patrocinadores privados e captação de parcerias.

        Para o secretário municipal de Cultura, Juca Ferreira, realizar a Virada em 2019 é uma conquista da cidade, que se soma a outras políticas culturais implementadas nos últimos anos em Belo Horizonte. “É importante enxergarmos a Virada no contexto mais amplo da cultura na capital, em que há uma composição de iniciativas voltadas para a descentralização, estímulo à produção, fruição e celebração. A Virada traz o diferencial do olhar para o hipercentro, uma vivência diferente no espaço público e uma abertura para a experimentação e novos formatos”, diz Juca Ferreira.

        Seguindo a experiência de outros grandes eventos realizados em Belo Horizonte, a Virada é construída de forma integrada. BHTrans, Guarda Municipal, SLU, Belotur, secretarias municipais de Assuntos Institucionais e Comunicação Social; de Política Urbana; de Saúde; de Meio Ambiente; de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania; de Educação; de Esportes e Lazer; Fundação de Parques Municipais, e outros órgãos públicos farão parte do planejamento do evento.

       “Belo Horizonte aprendeu e cresceu com grandes eventos de rua nos últimos anos. O Carnaval e a Virada são exemplos de como os órgãos públicos, as equipes de produção, os artistas e toda a população trabalham de forma colaborativa para ampliar a oferta de cultura e turismo na capital mineira. É o que vamos fazer mais uma vez”, afirma o secretário de Cultura.

         Circuito no hipercentro

       A delimitação de um circuito no hipercentro da capital para sediar o evento vai dar o tom da experiência do público. A Virada Cultural de Belo Horizonte estará ancorada em seis pontos principais: Aarão Reis (embaixo do Viaduto), Parque Municipal Américo Renné Giannetti, Praça Sete, rua da Bahia com avenida Santos Dumont, rua Guaicurus e rua Goiás. Cada um desses espaços trará uma abordagem temática conforme vocação cultural e histórica de eventos já realizados. No atual projeto, os acessos de ligação entre um ponto e outro serão ativados com intervenções urbanas e performances.

        A presidente da Fundação Municipal de Cultura, Fabíola Moulin, explica que essa edição traz um conceito de apropriação dos espaços públicos que é diferente da ocupação cotidiana. “Para este ano buscamos evoluir na diversificação das linguagens, em novos formatos e na qualidade da experiência do público. Iremos incentivar a circulação das pessoas pelas ruas e a observação de aspectos da arquitetura e do patrimônio cultural, usufruindo de intervenções gratuitas, próximas, e que gerem um sentimento de afeto pela cidade”, assinala.

        Segundo a presidente, o evento pretende, também, envolver o comércio, a gastronomia de boteco, suas praças, pontos de encontro e mercados tradicionais. “Queremos fortalecer a percepção dos cidadãos em relação ao hipercentro de Belo Horizonte, potencializando a vocação cultural da região”, define.

          Para fazer parte da programação

        O Instituto Periférico, Organização da Sociedade Civil responsável pela execução da 5ª edição da Virada Cultural de Belo Horizonte, selecionada por meio de chamamento público, disponibiliza o regulamento público para interessados em compor a programação do evento. Até o dia 12 de maio poderão ser inscritas propostas de projetos de arte urbana, música, dança, circo, cinema, teatro, artes visuais, gastronomia, moda, games, espetáculo infantil, cultura popular e outros segmentos.

       Todo o processo de inscrição é online. Desde o envio de documentos até a disponibilização de conteúdos por meio de links que apresentem o trabalho proposto. O resultado será divulgado no site oficial do evento. O regulamento, o formulário de inscrições e outras informações estão disponíveis em www.viradacultural.pbh.gov.br.

      A composição da programação será feita mediante a seleção de pelo menos 120 atrações de Belo Horizonte e Região Metropolitana. Outras atividades, oferecidas por parceiros ou convidadas diretamente pela coordenação da Virada, vão compor um total de aproximadamente 400 atrações. A programação associada também terá a consolidação das agendas contínuas de teatros, museus, centros culturais, cinemas, bibliotecas e outros espaços culturais públicos e privados da cidade.

        De acordo com Fabíola Moulin, o chamamento de propostas para a Virada, é um instrumento democrático e participativo para valorizar a pluralidade de Belo Horizonte. “A programação, em formatos distintos – desde a gastronomia, passando por jogos digitais, e até os esportes de rua – buscará proporcionar uma experiência qualificada e diversificada para o público”, reforçou Fabíola.

        A diretora-presidente do Instituto Periférico, Gabriela Santoro, destaca que as propostas poderão ter formato para rua/praça/espaços urbanos abertos; palco ou espaço alternativo. “A proposta é trabalhar com parcerias, patrocínios e articulações, buscando um modelo mais sustentável e inovador de evento, com soluções para minimizar os impactos ambientais e estimular a ocupação e convívio no espaço público, de maneira democrática”, afirmou Gabriela Santoro, sobre a produção da Virada.

         Virada Cultural de Belo Horizonte

         A Virada Cultural de Belo Horizonte é realizada pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, e do Instituto Periférico, com apoio e adesão de diversos parceiros institucionais. Esta é a 5ª edição do evento, que reuniu, em toda a sua história, mais de cinco mil artistas, duas mil atrações e mais de 1,6 milhão de pessoas.

Eventos

9º BH Tattoo Festival reunirá mais de 400 tatuadores em três dias de evento na capital mineira

Um dos principais eventos do gênero na América Latina irá movimentar a cidade com economia, música e arte nos dias 17,18 e 19 de maio

Belo Horizonte se transformará na capital mundial da tatuagem durante os três dias em que será realizada a nona edição do Festival Internacional de Tatuagem de Belo Horizonte, na Serraria Souza Pinto.

Um dos principais eventos do gênero na América Latina, reunirá nos dias 17, 18 e 19 de maio, principais nomes do universo da tatuagem do Brasil e de diversos países. Para a edição de 2019 é esperado um público de 15 mil pessoas, superando a marca de 10 mil pessoas que visitaram o evento em 2018.

Mais de 400 tatuadores nacionais e internacionais marcarão presença no evento e farão tatuagens no local. O festival terá uma programação extensa que inclui shows, concursos, intervenções e workshops, levando o público a uma verdadeira imersão no universo da tatuagem.

A programação musical tem atrações de peso nos três dias de festival. Na sexta, dia 17 de Maio, A DJ Ekanta (mãe do DJ Alok) irá se apresentar em uma noite dedicada à música eletrônica. No sábado dia 18 de maio, a banda Ratos de Porão é a principal atração, com o show que celebra os 30 anos do álbum “Brasil”, o quarto álbum da banda. No domingo dia 19 de Maio, as bandas mineiras Eminence e Pense fazem uma dobradinha inédita que reunirá fãs dos gêneros metal e hardcore. A programação completa está no site oficial: www.bhtattoo.com.br

A abertura do 9º BH Tattoo Festival será ao meio dia de sexta-feira, dia 17 de maio. A programação acontece sempre a partir do meio dia e tem encerramento às 4 horas da manhã, na sexta e no sábado; e 22 horas no domingo. Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos nos pontos de venda e sites especializados divulgados no site oficial do festival.

CONCURSOS
Miss BH Tattoo – já na sua 5ª edição, será realizado no dia 18 de maio, às 17 horas. O concurso irá receber e premiar as mulheres que melhor representarem a cultura da tatuagem. As inscritas serão julgadas por juradas de peso, formado por modelos que já foram misses no evento e em outros eventos do gênero no Brasil. www.missbhtattoo.com.br

Concurso de Melhor Cosplay – Sensação da última edição, ocorrerá no domingo, dia 19 de Maio. O concurso irá receber e premiar as melhores fantasias cosplay, nas versões masculina e feminina. O concurso terá voto popular que avaliará os seguintes itens: construção da fantasia, similaridade em relação ao personagem, performance e carisma.

Concurso Melhor Tatuagem – A atração já tradicional e que está com tudo na nona edição do BH Tattoo Festival é o Concurso de Tatuagens, que abrange mais de 20 categorias distintas, acontecendo durante os três dias do festival e sendo transmitido ao vivo em telas de alta definição para todo público presente.

FESTIVAL DE BANDAS BH TATTOO SONORA!

Sucesso nas duas últimas edições, o festival de bandas promete ainda na sua terceira edição. Os curadores do festival selecionarão duas bandas dentre as inscritas no site oficial, para se apresentar no sábado, dia 18 de maio, ao lado da banda Ratos de Porão! A banda Sacrificed, destaque na edição anterior, é quem entregará o troféu para a banda vencedora desta edição, após apresentar seu show completo para o público deste ano.

CONCURSO DE TATUAGEM – PROGRAMAÇÃO

Sexta-feira- 17/maio

Categorias: Série de Desenho Colorida; Série de Desenho Preto & Branco; Costas Tribal; Caligrafia; Neo Tradicional. Premiação: Melhor tatuagem feita na sexta

Sábado- 18/maio

Categorias: Colorida; Comics; Oriental; Old School (Tradicional); Realismo; Preto & Branco; Minas Gerais. Premiação: Melhor tatuagem feita no sábado.

Domingo- 19/maio

Categorias: Feminina; Portrait; Black Work; Pontilhismo / Dotwork; New School. Premiação: Todas as categorias e a melhor tatuagem do evento.

Não será permitido a aplicação de tatuagens e piercing em menores de 18 anos.

INOVAÇÃO

Já reconhecido pelas inovações que apresenta ao longo dos anos, o festival surpreende novamente em 2019 ao realizar o tradicional sorteio de tatuagens e brindes nas redes sociais, desta vez fazendo uso de um assistente virtual.

Os interessados em concorrer aos prêmios terão de interagir respondendo perguntas e realizando tarefas para somar pontos e concorrer às premiações e sorteios. O assistente virtual interage a partir de uma conversa no Facebook Messenger, disponível na fanpage oficial do festival na rede social, também disponível através do endereço https://m.me/bhtattoo

Outras atrações

Grafite/Live Paint – Nomes do grafite mineiro apresentam seus desenhos juntamente com várias intervenções artísticas que acontecerão dentro da programação.

Bar e Restaurante – Cervejas, chopps artesanais, drinks e combos promocionais com preços especiais. Cardápio variado de refeições, alimentos, doces e sobremesas.

Espaço Kids- Mais conforto e segurança para a família e uma variedade enorme de atrações

Serviço – 9ª edição do BH Tattoo Festival

Onde – Serraria Souza Pinto, à Av. Assis Chateaubriand, 809 – Centro

Quando – Dias 17 a 19 de maio

Horário –Sexta-feira e sábado, entre 12h e 4h; domingo, entre 12h e 22h

Informações –www.bhtattoo.com.br

Continua lendo

Eventos

9ª Festa Portuguesa reunirá comidas típicas e apresentações musicais no entorno do Museu Abílio Barreto

Evento celebra as culturas de Portugal e do Brasil com os principais restaurantes temáticos da cidade

Festa Portuguesa - Foto: Caca Lanari

A tradicional Festa Portuguesa já tem data marcada para acontecer este ano: dia 8 de junho. A 9ª edição repete o sucesso do local, o entorno do Museu Abílio Barreto e promete trazer para BH um gostinho especial das terras lusas. O evento acontece das 10h às 22h e traz estandes recheados de pratos típicos, vinhos e cervejas artesanais. A festa comemora o Dia de Portugal no Brasil e o Dia de Camões, além de ser uma ótima oportunidade de confraternização entre brasileiros e luso-descendentes. Cerca de 30 mil pessoas são esperadas circulando por lá, durante todo o dia.

“Os laços que unem mineiros e portugueses são muito fortes, mas nem sempre perceptíveis. A Festa Portuguesa é uma forma de trazer Portugal para a capital mineira e de possibilitar que as pessoas vivam o melhor dessa cultura na nossa cidade”, explica Carlos Alberto, vice-presidente da Câmara Portuguesa.

Para que o público possa experimentar um pouco dos sabores da culinária de Portugal que foram importados para o nosso país, a festa contará com bolinhos de bacalhau, já bastante conhecidos dos mineiros, pastéis de nata, alheiras, sardinhas assadas, frango no churrasco, além de rótulos de vinhos portugueses do Verdemar e cervejas artesanais da Verace. Entre os pratos mais elaborados, algumas opções prometem chamar a atenção, como Bacalhau Belorizontino, Sardinha Assada Mineirinha, Pudim de Vinho do Porto, Pastel de Feijão. Eles serão oferecidos por restaurantes daqui, mas que carregam um DNA bem português. São eles: Taberna Baltazar, Armazém Medeiros, Caravela, Restaurante do Porto, Tugas Culinária de Portugal, Doces de Portugal, Casa di Maria e Sorveteria Alento.

Inspirado na candidatura de BH à Rede das Cidades Criativas da Unesco, na categoria Gastronomia, o concurso gastronômico desta edição vai premiar os melhores pratos e sobremesas que melhor traduzam a influência da cozinha portuguesa na mineira.

“Nosso grande anseio é que os mineiros e todos os brasileiros possam olhar para o que foi a presença dos portugueses de uma forma saudável, com os aspectos positivos que ela teve em sua origem. A gastronomia mineira está profundamente influenciada pela culinária portuguesa e africana. Queremos cada vez mais aprofundar nessas semelhanças para construir a nossa festa”, afirma Carlos Alberto.

Além das atrações gastronômicas, o evento também traz apresentações musicais e artísticas da Banda da Polícia Militar, Charanga Pop, Choro por Elas, Grupo Folclórico Gil Vicente de dança tradicional portuguesa, Coral Luís de Camões e DJ convidado. Tudo isso em um ambiente arborizado e aconchegante com direito a espaço de piquenique para aproveitar sem pressa toda a programação luso-brasileira.

A Festa Portuguesa 2019 é realizada pela Câmara Portuguesa em Minas Gerais, com correalização do Consulado de Portugal, Centro da Comunidade Luso Brasileira (CCLB) e Elos Clube. Tem o patrocínio do Supermercado Verdemar, Refrigerantes Mate Couro por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, ECB-Empresa Construtora Brasil, Cervejaria Verace, Quantum Engenharia e Consultoria Ltda. Conta com o apoio da Azeite Andorinha, Sabseg Corretora de Seguros, Master Turismo e Hospital na Residência.

 

SERVIÇO:

Festa Portuguesa 2019

Data/horário:8 de junho, das 10h às 22h

Local: Entorno do Museu Histórico Abílio Barreto

Portais de entrada: Rua Bernardo Mascarenhas, próximo à Avenida do Contorno, e Rua Bernardo Mascarenhas, esquina com Rua Tenente Brito Melo (em frente à Igreja Santo Inácio de Loyola).

Entrada Gratuita*

*Doação opcional de alimento não-perecível, e produtos de higiene (fraldas para idosos e crianças, sabonete etc.). Haverá pontos de coleta nas entradas da festa.

Informações:

www.camaraportuguesamg.com.br

Facebook.com/FestaPortuguesaBeloHorizonte

Instagram.com/FestaPortuguesaBH

Continua lendo

Eventos

Belo Horizonte recebe o maior festival de cervejas de Minas Gerais

Quinta edição do FICC entra em contagem regressiva; ingressos para sábado (18) já estão esgotando

Faltam poucos dias para a 5ª edição do Festival Internacional de Cerveja e Cultura (FICC), que vai ser realizado no estacionamento do Mineirão nos próximos dias 18 e 19, e a expectativa é grande. O evento, que tem apoio da Belotur, vai movimentar o turismo e a economia da capital com sua programação repleta de arte, cultura, gastronomia e, claro, rótulos premiados de cervejas mineiras e de outros estados.

“Estamos chegando na reta final muito felizes com a resposta e com o calor que o público está tendo com o evento. A proposta do palco 360º está criando uma expectativa, uma surpresa, assim como as cervejarias premiadas e as bandas”, afirma Fred Barros, sócio da Play Cultural, produtora do evento.

São esperadas 20 mil pessoas nos dois dias do evento que vai contar com 50 estandes e mais de 400 rótulos de cerveja. Segundo Fred, os ingressos estão ‘voando’. “A galera tem que agilizar para não pagar mais caro na hora ou até ficar sem, lembrando que oferecemos o ingresso solidário, por meio do qual é possível comprar ingressos pelo valor de meia-entrada mediante a doação de 1kg de alimento. Assim é possível se divertir, pagar menos e ainda ajudar a quem precisa”, destaca Fred.

Convidado especial

Este ano, o convidado internacional do evento é o americano Jason Buehler, cervejeiro da Denver Beer Company, que participou da primeira edição do festival e vem representar seu país, já que este ano os Estados Unidos são os homenageados pelo festival. Ele fará uma palestra para convidados no UniBH na quinta-feira (16), às 19h.

Buehler vai participar da produção da cerveja colaborativa do FICC com mestres cervejeiros mineiros na sexta-feira que precede o evento, agregando seu conhecimento e sua técnica para o novo rótulo que será criado juntamente com os produtores locais.

Cervejarias e gastronomia

Está confirmada a participação das cervejarias Bodebrown (PR), Verace, Backer, Athos, Emmerich, Brust, Vinil, Copina, Fathach, Confrades, Kremer, Jeeb Beer, Leuven (SP), Krug Bier, Uaimii, Mont Serrat, Octopus, Albanos, Sátira, Roots Beer, Audaz, Da Cuesta, Läut, Loba, Wäls, Colder, Cervejaria Campinas (SP), Cervejaria 040, Walross, Fürst, Be Hop, Circuito do Rock, Antuérpia, Koala, Capa Preta, Baden Baden, Falke Bier, Avura e Dünn.

Quem não bebe cerveja não precisa ficar de fora, também haverá estandes de drinks (Equilibrista), whiskey e gin (Backer). Para harmonizar com as bebidas, o público pode optar por carne de sol com mandioca ou frango crocante com batata chips (Célia Braga), comida portuguesa (Restaurante do Porto), pastéis (Napolitano), tropeirão e macarrão na chapa (Tropeirão de Lourdes), empanadas (Pizza Sur), além de batatas no cone, entre outras delícias.

Atrações culturais

O FICC é um evento pensado para toda a família (inclusive é petfriendly) e conta com intervenções artísticas, atrações circenses, espaço kids e shows inesquecíveis valorizando o bom e velho rock and roll. No sábado (18), vão se apresentar no palco 360º as bandas Dias de Truta, Gamp, Tianastácia, Camisa de Vênus Oficial e RPM.

O tecladista do RPM, Luiz Schiavon, adianta que o público pode ser preparar para um grande show. “A galera pode esperar muito rock, muita energia e muita vontade de tocar de novo em BH. Vamos fazer um barulho grande. Sou de família mineira com muito orgulho”.

Schiavon fala também sobre a ‘harmonização’ entre o rock e a cerveja artesanal. “Tocar o rock’n roll na garagem e fazer a própria cerveja também na garagem são coisas muito próximas. Tenho muitos amigos que têm nano e microcervejarias e produzem coisas excepcionais, é muito legal! Não dá pra desvincular o rock da breja, é uma coisa que está absolutamente ligada”, afirma.

Já Marcelo Nova, vocalista do Camisa de Vênus, conta que preparou uma apresentação exclusiva para o FICC. “Nós estamos lançando nosso novo dvd e nosso cd duplo gravados ao vivo e vamos para Belo Horizonte fazer o show ‘Dançando em BH’, onde vamos tocar todos os hits do Camisa. É uma espécie de resumo da nossa história de 39 anos de banda que vamos resumir em duas horas de show. Podem ir tranquilos que o resultado é incontestável!”, declara o vocalista.

No domingo (19) as atrações são Glasgow9, FICC Beer Band, Plebe Rude, Cachorro Grande, D.a.n.g.e.r.s e Lurex Queen Tribute. Além das bandas, o público também vai curtir o som dos djs Daniel Seabra (Rock Master), Cateb, André Kbça e Motoca.

Vale destacar que no domingo (19) o FICC recebe os participantes da corrida de rua Run & Burn, da Harley-Davidson, que será realizada nas imediações do Mineirão às 8h. Após completarem o percurso, os inscritos na prova já vão ser recepcionados pela banda Texas Flood, às 10h30, que promete um rock and blues “nervoso” e apresentações explosivas com clássicos de Rolling Stones, ZZ Top, Creedence, Ritchie Kotzen, Joe Cocker, Eric Clapton e muitos outros.

Tecnologia

O FICC será um dos eventos cervejeiros mais tecnológicos do mundo, com a utilização da plataforma Gofree, que vai sistematizar toda a compra e venda de bebidas, ingressos e estandes. “Com a Gofree colocamos todos os processos embutidos na mesma plataforma, desde a compra do ingresso do evento pelo consumidor até a aquisição dos estandes pelos cervejeiros”, destaca Diogo Kfoury, organizador do FICC e sócio da Play Cultural.

Ele também destaca a utilização do sistema cashless que organiza o consumo dos participantes, com abastecimento de um cartão de créditos utilizado na compra das cervejas e na parte gastronômica.

Ingresso solidário

Alinhado com a questão filantrópica, o FICC está disponibilizando, mais uma vez, a compra de ingressos solidários mediante a doação de 1kg de alimento não-perecível pelo valor de R$ 40 por dia. O valor inteiro é R$ 80, desta forma quem contribuir com o alimento paga o valor da meia-entrada.

Toda a arrecadação será encaminhada à cidade de Medina e será destinada a projetos sociais do Vale do Jequitinhonha, região reconhecidamente carente de recursos. Os ingressos são limitados. Eles podem ser adquiridos pelo link https://www.eventosgofree.com/ficc-360-no-mineirao_1046.

Sobre o FICC:

O Festival Internacional de Cerveja e Cultura (FICC) nasceu em 2015, da percepção da necessidade de se criar um evento internacional de cervejas artesanais, no formato de feira, para fomentar o setor, atrair investimentos e possibilitar um contato direto do público com os melhores produtos do mercado. Desde sua primeira edição, o FICC tem o cuidado de abrir portas e debates que possibilitem o crescimento do setor cervejeiro e cultural. Em 2018 participaram 24 mil pessoas – em dois dias de festival – experimentando mais 500 rótulos de cervejas, embalados por mais de 300 artistas que acompanharam o público no consumo de 60 mil litros de chope.

Sobre a Play Cultural

A Play Cultural, fundada há quatros anos, surgiu da parceria dos produtores culturais Frederico Vasconcellos e Diogo Kfoury idealizadores e realizadores do maior Festival de Cerveja de Minas Gerais. A produtora cultural busca o coletivo para gestão, criação, produção e realização de eventos.

Serviço:

5ª Edição do Festival Internacional de Cerveja e Cultura (FICC)
Data: 18 e 19 de maio de 2019 (sábado e domingo)
Horário: 12h
Local: Estacionamento do Mineirão – Pampulha- Belo Horizonte
Ingressos: FICC PASSAPORTE INTEIRA – Sábado e domingo: R$125,00 / MEIA Entrada Solidária- Passaporte FICC – Sábado e domingo entrada mediante doação de 01Kg de alimento) – R$62.00 / Inteira – Sábado– R$80,00/ Meia Entrada Solidária – Sábado (entrada mediante doação de 01Kg de alimento) R$40,00 / Inteira – Domingo – R$80,00 / Meia Entrada Solidária – Domingo (entrada mediante doação de 01Kg de alimento) R$40,00.
Link para compra de ingressos: Gofree: https://www.eventosgofree.com/ficc-360-no-mineirao_1046

Continua lendo