ÚLTIMASBelo Horizonte registra primeira morte por dengue em 2020 saiba mais
Gerais

Veja como solicitar o recolhimento pela Backer das cervejas dos lotes investigados pela polícia

A Backer informou durante a tarde desta sexta-feira (10), que está recolher cervejas dos lotes L1 1348 e L2 1348 da cerveja Belorizontina nas casas dos consumidores. A Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte, também informou que clientes podem entregar o produto em nove pontos.

De acordo com a Backer, os clientes que possuir produtos dos lotes L1-1348 e L2-1348 serão recolhidos diretamente nos domicílios dos consumidores, em horário agendado, para isto. devem ligar para o telefone (31) 99536-4042, exclusivo para esse procedimento.

A Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte também vai receber as garrafas dos consumidores em nove postos (veja os endereços no final desta reportagem).

O Procon-MG já havia pediu que os consumidores que têm cervejas destes lotes em casa não consumam os produtos.

veja também

Laudo aponta substância tóxica em cerveja

Um laudo da perícia criminal da Polícia Civil apresenta que em duas amostras da marca Belorizontina, da cervejaria Backer, foram encontrado a presença de substância tóxica, conhecida como dietilenoglicol.

“Informo que nas duas amostras de cerveja encaminhadas pela vigilância sanitária do município de Belo Horizonte (cerveja pilsen marca Belorizontina lotes L1 1348 e L2 1348) foi identificada a presença da substância dietilenoglicol (DEG) em exames preliminares. Ressalto que estas garrafas foram recebidas lacradas e acondicionadas em envelopes de segurança da vigilância sanitária municipal n. 0024413 e 0021769, respectivamente”

Investigadores recolheram material nesta quinta-feira (9) para fazer perícia na cervejaria Backer, no bairro Olhos D’Água, na Região Oeste de Belo Horizonte. A polícia informou que o material está sendo periciado nesta sexta.

O Instituto de Criminalística encontrou em duas garrafas desses lotes uma substância tóxica chamada dietilenoglicol, usada em serpentinas no processo de refrigeração de cervejas. A Polícia Civil de Minas Gerais investiga se o consumo de cerveja Belorizontina tem relação com a internação de oito homens por uma doença desconhecida – um deles morreu.

A Polícia Civil investiga as causas de uma síndrome que pode ter causado a internação de oito pacientes. Um deles morreu após ser hospitalizado em Juiz de Fora.

Endereços de entrega:

Barreiro: Av Olinto Meireles, 327 – Barreiro
Centro-Sul: Av. Augusto de Lima, 30 – 14ª andar – Centro
Leste: Rua Salinas, 1.447 – Santa Tereza
Nordeste: Rua Queluzita, 45 – Bairro São Paulo
Noroeste: Rua Peçanha, 144, 5º andar – Carlos Prates
Norte: Rua Pastor Murilo Cassete, 85 – São Bernardo
Oeste: Av. Silva Lobo, 1.280, 5º andar – Nova Granada
Pampulha: Av. Antônio Carlos, 7.596 – São Luiz
Venda Nova: Av. Vilarinho, 1.300 – 2º Piso – Parque São Pedro

Nota da Backer na íntegra

“A Backer reforça que a substância dietilenoglicol não faz parte de nenhuma etapa do processo de fabricação de seus produtos, inclusive da Belorizontina. E reitera que continua colaborando com as autoridades e que se solidariza com as famílias envolvidas. A cervejaria informa que os lotes L1-1348 e L2-1348 serão recolhidos diretamente nos domicílios dos consumidores, em horário agendado. Para isso, os clientes devem ligar para o telefone (31) 99536-4042, exclusivo para esse procedimento. A cervejaria aguarda a conclusão das investigações e reforça seu compromisso com a qualidade dos seus produtos”.

421 Publicações

Sobre
Editora do Por Dentro de Minas responsável pela sessão de notícias Gerais.
Artigos
Relacionados
Gerais

Tecnologia excessiva na pandemia pode ser um risco à saúde

Pesquisa aponta aumento no uso de celulares e computadores; conteúdos inadequados e horas conectadas podem atrapalhar sono, causar doenças psicológicas e diminuir…
Gerais

Polícia prendem suspeito de homicídio horas depois do crime em São Sebastião do Paraíso

Diligências continuarão para determinar a motivação do crime e se há outros envolvidos
Gerais

Polícia conclui investigação sobre morte de homem carbonizado em Vespasiano

Motivação para o crime seria o fato de a vítima já ter auxiliado em um atentado cometido contra um amigo do suspeito preso
Power your team with InHype

Add some text to explain benefits of subscripton on your services.

Deixe uma resposta