AGORAChuva forte causa estragos e fecha avenidas em Belo Horizonte acompanhe ao vivo
Últimas de Variedade

Aprenda vender crochê

Que tal transformar o hobbie de fazer crochê em uma fonte de renda extra? 

Pois é! Vender crochê pode ser uma ótima alternativa de ganhos ou, quem sabe até, o inicio de um novo negócio.

Vem ver algumas dicas essenciais.

Aprenda vender crochê

Profissionalize-se

Uma coisa é fazer crochê em casa para você e sua família, outra coisa bem diferente é fazer crochê para vender. 

É importante que você se especialize e aperfeiçoe o seu trabalho de crochê. Para isso, busque por cursos, que podem ser tanto presenciais, quanto online.

Aproveite e assista vídeos aulas no Youtube e acompanhe o trabalho de outros profissionais como o site Decor Fácil.

Também é importante que você crie sua própria marca para começar a vender suas peças em crochê. 

Pode ser apenas o seu nome ou um nome fantasia, o importante é que essa marca te acompanhe, garantindo ainda mais profissionalismo ao seu trabalho.

Crie um catálogo

Para vender crochê você também vai precisar montar um catálogo com as suas peças. Monte um cenário com fundo neutro, claro e bem iluminado e tire fotos de todos os ângulos e detalhes, especialmente se a intenção é vender pela internet. Quanto mais informações sobre o produto o cliente tiver, melhor.

Mas se você ainda não tem um grande acervo de peças ou deseja diversificar o seu trabalho é possível usar fotos de referência tiradas da internet. No entanto, lembre-se sempre de dar os créditos da imagem e deixar claro para o cliente que a imagem é apenas uma referência.

E nunca aceite uma encomenda que não está pronto para produzir. Ser honesto com o cliente é o melhor caminho.

Use as redes sociais

Com o catálogo e a própria marca definida é hora de se jogar nas redes sociais e começar a vender crochê efetivamente. Uma das peças mais populares são os tapetes de crochê

Crie uma conta comercial especifica para esse fim, evite utilizar a sua conta pessoal. 

O Facebook, o Instagram e o Pinterest são boas opções de redes sociais para vender artesanato. Mas é importante saber como cada uma delas funciona. 

Busque conhecer um pouco mais sobre essas redes e de que forma elas podem ser utilizadas para divulgação e vendas.

Venda pela internet

Além das redes sociais, você também pode usar a internet para vender crochê por meio de sites como o Elo 7 (dedicado a artesões) e o Mercado Livre, por exemplo.

O processo é simples e envolve apenas um cadastro e a publicação de fotos e informações do produto. Mas vale citar que esses sites cobram comissão em cima de cada venda.

Quanto cobrar pelo crochê

Para precificar uma peça de crochê você precisa saber exatamente quanto gastou com cada material. Calcule ainda o gasto com transporte para enviar a encomenda. 

Por último, lembre-se de cobrar pelo seu tempo. Estipule quanto vale sua hora trabalhada e insira esse valor em conjunto com os demais.

E não tenha medo de colocar preço nas peças. O trabalho artesanal, ao contrário, dos produtos industrializados, é único, original e deve ter um valor diferenciado.

Acompanhe as tendências 

Esteja sempre de olho nas últimas tendências de crochê. O Pinterest e o Instagram são ótimos referenciais nesse sentido. 

Acompanhe, produza e ofereça essas peças da “moda” para seus clientes e fature ainda mais vendendo crochê.

8207 Publicações

Sobre
A Por Dentro de Minas é um portal que traz as principais notícias do Estado de Minas Gerais.
Artigos
Relacionados
Últimas de Variedade

Circuito de Festivais BH começa nesta quinta-feira

Parceria entre os festivais BH in Solos, Curta Dança, Rede Sola de Dança, o evento reúne criadores e pesquisadores da dança, teatro e performance, dos estados de Minas, Rio, São Paulo, Ceará e Bahia. A programação é toda online, com espetáculos,
Últimas de Variedade

Semana Minas-Japão acontece nas plataformas digitais neste mês

Evento acontece nas plataformas digitais entre os dias 24 a 27 deste mês
Últimas de Variedade

Casa do Baile, na Pampulha, reabre ao público

Espaço, que integra o Conjunto Moderno da Pampulha e está localizado na Orla da Lagoa, terá visitação de quarta-feira a domingo