Auditoria mostra rombo de R$ 7,2 bilhões em Minas Gerais



Na tarde desta segunda-feira foi apresentado pelo Governado de Minas Gerais, os dados da auditoria feita nas contas.

De acordo com o apresentado pelo governador Fernando Pimentel (PM), a situação “é critica”, o Estado, tem atualmente, um rombo de R$7,2 milhões no orçamento.

Em 2010, Antonio Anastasia (PSDB) assumiu Minas Gerais com o orçamento “no azul”: o Estado tinha R$ 600 milhões de crédito. Em 2014, o déficit chegou a R$ 2,2 bilhões, segundo o governo, sendo que nos últimos meses assumiu o vice, Alberto Pinto Coelho (PP).

Segurança

Também foi apresentado nesta tarde, os dados da violência no estado, segundo os estudos mostram que, entre 2002 e 2012, o número de homicídios registrados em todo o Estado saltou de 2.977 para 4.535. O crescimento, de 52%, é quatro vezes maior que a média do País, de 13%.

Entre 2010 e 2013, o número de crimes considerados violentos foi de 50 mil para 88 mil, um aumento de 74%.

Comentários
Total
0
Shares

Relacionados
Total
0
Share