Fixação industrial: O que é um rebite?

Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)

A fixação industrial utiliza peças e equipamentos específicos para que a função de unir peças metálicas como as chapas de aço sejam realizadas da maneira correta. Fixação industrial: O que é um rebite?

Tipos de rebites

Existem diversos tipos de rebites que são utilizados de acordo com cada função. O rebite de repuxo tem a função de unir diferentes tipos de materiais por um único lado de acesso. Além disso, ele pode ser encontrado em diversos tipos de fabricação, sendo rebite de repuxo alumínio, e também o rebite de repuxo aço inox, além do cobre.

O rebite pode ser utilizado tanto na fabricação de eletrodomésticos, como também para indústria automotiva para fazer caminhões e carros, e até mesmo de brinquedos!

Para isso é imprescindível ter conhecimento a respeito das funcionalidades de cada modelo de rebite para saber qual o melhor para cada caso.

O rebite com rosca, por exemplo, pode ser utilizado para substituir a porca soldada para fazer a aplicação em chapas finas.

Já o rebite semi tubular é um dos modelos com a aplicação mais fácil uma vez que devido a sua haste oca, o furo acaba reduzindo a força necessária para a inserção dele na superfície.

Além desses modelos, você pode encontrar outros como rebite tubular, rebite roscado m5, rebite chato, rebite alicate, rebite galvanizado, rebite industrial, rebite cabeça escareada, assim como os rebites POP, entre outros.

Como fazer a aplicação de rebites?

Para você saber qual a rebitadeira mais indicada para o seu tipo de aplicação é necessário ter o conhecimento a respeito dos tamanhos de rebites que podem ser utilizados.

Para utilizar as rebitadeiras manuais você deve fazer a soma das espessuras das chapas ou dos materiais que serão utilizados na junção para que consiga selecionar o comprimento correto do rebite. 

Também é imprescindível que que a ponteira dele esteja de acordo com o diâmetro do mandril. Além de que não é recomendado que você insira um novo rebite sem antes remover o mandril quebrado.

Enquanto a rebitadeira a bateria oferece mais autonomia durante o manuseio uma vez que não tem a necessidade de estar conectada a tomada ou a qualquer outro tipo de fonte energia. 

Cada carga pode ser utilizada para realizar cerca de 500 rebitagens, por essas razões as rebitadeiras a bateria são indicadas para montagens e reparos. 

Enquanto o rebitador pneumático requer menos força, e permite que o serviço seja realizado de forma mais segura, ágil e precisa.

Total
2
Shares
Reportagem Anterior

‘Para Não’ reúne alguns dos principais MCs do funk e atinge o topo dos trendings do YouTube em menos de 24h

Próxima Reportagem

Aprenda a escolher um tapete para seu quarto ou sua sala


Postagens Relacionadas