Gastronomia

Gastronomia de Belo Horizonte ganha especialidade germânica

Gastronomia de Belo Horizonte ganha especialidade germânica - Foto: Divulgação/Leonardo Caldeira
Gastronomia de Belo Horizonte ganha especialidade germânica - Foto: Divulgação/Leonardo Caldeira
  • A Tortenhaus é a mais nova casa de tortas e doces alemães em BH

Criada por Ingrid Paternostro, descendente de alemães, a empresária conta que tudo começou nos anos 80, quando ela participava de reuniões da Igreja Luterana, também germânica. Ela fazia para os eventos e bazares, as tortas, bolos e biscoitos alemães e servia. Tinha uma procura grande. Anos mais tarde, ela começou a produzir as iguarias para alguns restaurantes e deu tão certo que os clientes começaram a fazer encomendas e ela entregava. No início do ano, devido a pandemia, Ingrid resolveu apostar no negócio próprio e abriu as portas da sua empresa, a Tortenhaus BH.

“Meus avós paternos e maternos eram alemães. Fomos criados dentro das tradições e comidas típicas. Quando pequena me lembro de estar sempre junto da minha avó Emma Mariana Goebel e com ela aprendi os truques na cozinha. Dividir um pouco da alegria e lembranças da minha avó, das reuniões em família. E ouvir comentários de meus familiares, mãe, tios, primos amigos dizerem isso lembra a minha mãe… isso me lembra a vovó… isso me lembra a D. Emma….”, conta Ingrid Paternostro.

O cardápio é sazonal e mantém a qualidade dos produtos, tudo é feito de forma artesanal. Ele é pensado de acordo com as épocas do ano, Páscoa, Natal, mantendo a tradição familiar, mas, sempre com novidades e inovação. É claro que tem alguns itens que não tem como sair do cardápio como o tradicional Apfelstrudel, a R$80. Além dele, destaque para a Banastrudel, a R$80, Streusel de Uva, a R$68 e Frutas vermelhas crocante e amêndoa, a R$85.

Para o Natal, tem a Sachertorte (pronuncia-se Sárra), é um bolo de massa chocolatuda, recheio de damasco e cobertura de chocolate amargo. Criada por Franz Sacher. A história conta que quando seu Chef ficou doente, Franz assumiu seu postoe produziu essa torta. Em meados de 1880, eram produzidas 400 tortas por dia. Atualmente são produzidas 1000 por dia. É um dos símbolos da culinária germânica. “Nossa produção dessa torta e sazonal e combina muito com essa época do ano, traz o clima natalino que merecemos”, afirma Ingrid.

A empresa já conta com uma procura grande e faz as entregas na grande BH. Os pedidos podem ser feitos via direkt no Instagram (@tortenhausbh) ou através do telefone: (31) 99864-4547.

8080 Publicações

Sobre
A Por Dentro de Minas é um portal que traz as principais notícias do Estado de Minas Gerais.
Artigos
Relacionados
Gastronomia

Conheça bebidas com nutella

Já pensou em preparar as melhores bebidas com o auxílio de um pote de creme de nutella? A nutella é um ingrediente…
Gastronomia

Jabuticaba é protagonista de nova bebida saudável lançada exclusivamente em BH e SP

Empresa suíço-brasileira traz a bebida com uma infusão de jabuticaba e maça
Gastronomia

Belo Horizonte vai receber 1º Festival Nacional de Café “To Go” com preparos de até R$ 5

A Mais1 – Café, considerada a maior rede de café “to go” do Brasil, vai promover o evento na unidade de Belo Horizonte entre os dias 29 de outubro e 01 de novembro

Deixe uma resposta