fbpx
Redes Sociais

Carnaval

Carnaval de Belo Horizonte 2020 terá mais de 500 desfiles de Blocos de Rua

Belo Horizonte no ano passado recebeu 4,3 milhões de foliões entre moradores e visitantes

Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)

Foto: Julia Lanari/PBH

Um Carnaval plural, seguro, aberto e econômico. Assim é a folia em Belo Horizonte, que no ano passado recebeu 4,3 milhões de foliões entre moradores e visitantes, e se consolida como uma das melhores do país. Em 2020, 453 blocos de rua vão desfilar pela cidade, sendo 133 deles estreantes. Entre 8 de fevereiro e 1º de março estão previstos cerca de 520 cortejos, de acordo com o cadastramento realizado pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur.

Viabilizado pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur, o Carnaval da capital é totalmente custeado pela Skol e iFood, patrocinadores do evento. O valor é de R$ 6 milhões em verba direta e R$ 8,3 milhões em planilhas de estruturas e serviços, captado por meio de Edital de Patrocínio. A contratação de músicos, subvenção de blocos e escolas de samba, a estrutura dos palcos e todo o orçamento da Belotur são financiados pela iniciativa privada.

Seja nas apresentações de escolas de samba e blocos caricatos, nos palcos, ou nos tradicionais blocos de rua, o evento tem programação para todos os tipos de público. Tanto que superou ou atendeu plenamente as expectativas de 79,6% dos visitantes e 80,2% dos moradores em sua última edição, conforme a pesquisa do Carnaval 2019, realizada pelo Observatório do Turismo. “O Carnaval de Belo Horizonte é de todo mundo. E queremos que cada vez mais pessoas venham para a cidade aproveitar uma festa organizada e segura. Nosso objetivo é que a folia se consolide como uma das melhores do país”, afirma Gilberto Castro, presidente da Belotur.

Um dos principais indicadores de qualidade da folia foi em relação à segurança. A nota dada pelos moradores para esse quesito foi 7,4, enquanto visitantes classificaram com um 8, na escala que vai de 1 a 10. Entre os motivos está o horário de concentração, saída e dispersão dos blocos. Dos 520 desfiles do pré ao pós Carnaval de 2020, pelo menos 43% deles têm encerramento marcado para 18h, acontecendo totalmente à luz do dia.

Além disso, a recepção dos mineiros é uma atração à parte e, entre os destinos mais famosos no Brasil, o Carnaval de Belo Horizonte é um dos mais acessíveis. Não há dificuldade em encontrar onde comer e beber com qualidade e por um preço justo, e a estrutura hoteleira é bem equipada.

Sendo assim, a capital mineira é uma boa opção para quem quer viajar sem gastar muito. O investimento médio dos turistas em cinco dias de evento em 2019 foi de R$ 718,32. A avaliação em relação aos preços praticados na cidade, inclusive, foi 6,8 e 7, na opinião de residentes e turistas, respectivamente.

Também não se gasta muito com deslocamento pelo município. Por aqui, além de ser possível ir a pé de um bloco ao outro, o transporte público tem a rota alterada para a festa, minimizando os impactos no trânsito por conta de cortejos. Outra opção é o Foliônibus, que transita gratuitamente pela avenida do Contorno em vários horários.

No geral, a avaliação do Carnaval belorizontino foi de 8,5 para os moradores e 8,8 na opinião de visitantes, o que mostra que a folia cativou os foliões. Entre os turistas vindos de outras cidades, estados e países e que já tinham participado da festa na capital mineira em edições anteriores, 68,4% afirmaram que o evento melhorou e mais de 88,4% tinham a intenção de retornar em 2020.

Carnaval de Belo Horizonte 2020

O Carnaval de Belo Horizonte 2020 é viabilizado pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur, com patrocínio master da Skol e do iFood. O valor é de R$ 6 milhões em verba direta e R$ 8,3 milhões em planilhas de estruturas e serviços, captado por meio de Edital de Patrocínio.

Vale ressaltar que a contratação de músicos, subvenção de blocos e escolas de samba e toda a estrutura dos palcos espalhados pelas regionais da cidade durante o evento, assim como todo o orçamento da Belotur, é proveniente de investimento privado.

 

Carnaval

Bartucada apresenta em Belo Horizonte nesta terça de carnaval e espera público de 500 mil pessoas

Carnaval de Belo Horizonte já é um dos maiores do Brasil e espera cerca de 5 milhões em 2020

• atualizado em 24/04/2020 às 23:37

Bartucada arrastou multidão em 2019 – Foto: André Lopes

O carnaval de Belo Horizonte já é um dos maiores do Brasil e espera cerca de 5 milhões de pessoas em 2020. Para deixar a festa ainda mais animada, a Bartucada realiza o seu tradicional desfile de carnaval na capital, no dia 25 de fevereiro, na Avenida Brasil, 1.145, às 14h.

O evento aberto ao público e totalmente gratuito busca valorizar o carnaval de rua e atingir todos as pessoas. “Queremos que a nossa festa alcance todas as idades e que nossos shows deixem os foliões ainda mais animados e alegres para aproveitar o carnaval”, conta César Grossi, diretor executivo da Bartucada.

A Bartucada é reconhecida em todo o estado como um dos melhores e maiores blocos e alcançou em 2019 a marca dos surpreendentes 300 mil foliões em sua apresentação no Carnaval de BH. Nesse ano a expectativa é de que 500 mil pessoas compareçam.

Para aprimorar sua identidade visual, a cada ano, no período do Carnaval, a banda lança novo cenário, novo figurino, novo site e novos instrumentos. Tudo isso será lançado, oficialmente no dia do seu desfile, 25 de fevereiro, na Avenida Brasil.

Além dos desfiles na capital mineira, o bloco que mistura bar com batucada realiza shows em várias cidades do estado como Diamantina (21/02) e Ouro Preto (25/02): Inhaúma (21/02), São Vicente de Minas (22/02), Joaquim Felício (22/02), Caeté (23/02), Pitangui (23/02), São Brás do Suaçuí (23/02), Itamarandiba (24/02), Jeceaba (24/02) e Ressaquinha (24/02).

Sobre a Bartucada

De uma batucada descompromissada na cidade de Diamantina nasceu o que hoje representa uma das maiores bandas do estilo “bateria show”. O nome Bartucada surgiu da união do bar com a batucada. A banda nasceu no ano de 1972 da reunião de filhos de tradicionais famílias diamantinenses.

Formada há 48 anos, conta hoje com cerca de 150 integrantes, que se revezam nas apresentações que percorrem o país e se estendem por todo o ano. A banda é formada por sete naipes de percussão (surdo de 1ª, 2ª e 3ª, repique, tarol, roçar e tamborim) além da harmonia, que conta com guitarra, baixo, teclado e um trio de metais, com saxofone, trompete e trombone. Dois cantores se alternam no palco, dando maior diversidade às interpretações de sucessos de hoje e do passado.

Serviço

Bartucada no Carnaval de BH

Data: 25 de fevereiro (terça-feira)
Horário: 14h
Local: Avenida Brasil, 1.145

Continuar lendo

Carnaval

AO VIVO: acompanhe o Carnaval de Belo Horizonte 2020

Saiba em tempo real as últimas notícias, todas às informações sobre a Carnaval de Belo Horizonte 2020

Continuar lendo

Carnaval

Baile do Alê recebe aquecimento do Bloco Funk You

• atualizado em 18/02/2020 às 16:02

MC Alejandro, Favelinha Dance, que faz parte do projeto Lá da Favelinha e a banda show do bloco Funk You se apresentarão no evento que acontece no dia 24 de fevereiro, segunda-feira de Carnaval, no Espaço GoFree

O Carnaval de Belo Horizonte promete ser um dos melhores do país e não é para menos. Para agitar a segunda-feira de Carnaval, o Baile do Alê, comandado pelo MC Alejandro, tomará conta do Espaço GoFree (Rua Francisco Soucasseaux, 54, Lagoinha) a partir das 14h. O evento será palco para o último ensaio aberto do Bloco Funk You antes do desfile, além da apresentação do Favelinha Dance, do projeto Lá da Favelinha.

Com a animação de sempre, o bloco Funk You, criado em dezembro do ano de 2016, vai animar o público em seu último ensaio, com sucessos conhecidos do funk. Mas vai empolgar também, com sua batida inovadora, com instrumentos de percussão de samba em ritmo de funk, além de uma identidade visual marcante, composta por boné de aba reta e camisa estampados. O repertório é composto de hits dos anos 90 até os dias atuais, com artistas, como, MC Leozinho, Furacão 2000, Latino, Anitta, Ludmilla, Kevin O Chris, Pablo Vittar, Dennis DJ, Livinho, Nego do Borel, entre outros.

Já o Favelinha Dance, que faz parte do projeto La Favelinha, iniciativa revolucionária, que tem movimentado a vida da comunidade do Aglomerado da Serra, zona sul de Belo Horizonte, chega para animar os foliões na segunda-feira de Carnaval. Produzido por Kdu dos Anjos, um dos grandes nomes do estilo na RMBH, o grupo é composto por 4 bailarinos, sendo um deles, a Negona, grande estrela do Favelinha, que junto com os demais peritos no passinho, vão animar o público no Baile do Alê sem parar.

O anfitrião da festa, MC Alejandro, começou sua história no funk nas casas noturnas da capital mineira em 2014. Conhecido pela sua forma irreverente e eclética de misturar gêneros diferentes em ritmo de funk, o mineiro vem ganhando força dentro do cenário atual. Outro traço característico é a releitura de funks antigos, os quais marcaram sua identidade e fazem parte de sua rotina. Já dividiu palco com grandes artistas, como, Bonde Do tigrão, Os havaianos, MC TH, Delano, Thiaguinho e muitos outros nomes da cena regional e nacional. Na apresentação do MC não poderão faltar os hits Contatinho, Vamos pra Gaiola, Verdinha, Só Quer Vrau e muitos outros.

Baile do Alê

Data: 24 de fevereiro, segunda feira

Horário: 14h

Local: Espaço GoFree – Rua Francisco Soucasseaux, 54 – Lagoinha

Ingressos pelo https://www.gofree.co/bailedoale.

Atrações:

MC Alejandro

Funk You

Favelinha Dance

Classificação etária: 18 anos

Patrocínio: Skol e Prefeitura de Belo Horizonte

Continuar lendo