Vítimas disseram que abusos foram comedidos quando era criança; vítimas chegaram engravidar, mas a uma clínica clandestina para fazer os abortos

 

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (11) um homem de 50 anos suspeito de estuprar duas filhas e uma enteada em Montes Claros, no Norte de Minas.

De acordo com a polícia, as investigação começaram em 2016, após a esposa do autor denunciar que era vítima de recorrentes agressões. As duas vítimas que hoje possui 28 e 30 anos disseram que os abusos ocorreram quando ainda era crianças. Assim também ocorreu com uma outra vítima do homem, hoje com 17 anos. Ela chegou a  engravidar, mas abortou em uma uma clínica clandestina.

Ainda segundo a polícia, as testemunhas afirmam que a adolescente que é filho do autor com outra mulher foi ameaçada para que não denunciasse o caso. O homem foi preso nesta quarta-feira no Bairro Santa Laura e teve a prisão decretada por 30 dias, podendo ser prorrogada por mais 30. Ele será levado para o Presídio Regional.

Relacionados

comentários