Redes Sociais

Últimas Notícias

Governo do Estado, Prefeitura de BH e Vale se unem para revitalizar a Praça da Liberdade

Os investimentos nas obras de requalificação de um dos mais famosos cartões-postais de Belo Horizonte serão de R$ 5,2 milhões

Em entrevista coletiva para a imprensa, realizada no Memorial Minas Vale, na tarde desta sexta-feira (29/6), a presidente do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG), Michele Arroyo, o vice-prefeiro de Belo Horizonte, Paulo Lamac, e o gerente excutivo da Vale, Rodrigo Dutra Amaral, anunciaram a grande reforma da Praça da Liberdade. Uma ampla revitalização, que já começou a ser feita, deverá estar finalizada em novembro. “O esforço foi conjunto entre o Iepha-MG, a PBH e a Vale”, disse Michele.

“Precisávamos de uma intervenção rigorosa e temos um desafio pela frente, que é a obra e, depois, a manutenção e a conservação da praça”, afirmou ela. O vice-prefeito de BH reforçou a necessidade de uma utilização mais sustentável e racional da praça pela população. “Vamos entregar uma praça nova e um espaço mais seguro”, disse Lamac. A partir deste domingo, toda a área da praça estará fechada para preservar segurança dos usuários durante a reforma. O valor total das obras é de R$ 5,2 milhões.

Michele Arroyo salientou que a Praça da Liberdade é um conjunto urbano protegido pelo Governo do Estado de Minas Gerais e pelo município.

“Ela é simbólica e emblemática porque foi um dos primeiros tombamentos feitos pelo Iepha-MG e, coincidentemente, pela Prefeitura de Belo Horizonte. Tem tanta importância para a história do nosso estado quanto para história da capital”, afirmou. “É um lugar de fruição, contemplação e encontro, mas é também um espaço de manifestação e de eventos culturais. E a necessidade de conservação e preservação dessa referência como patrimônio cultural é que nos levou a debater quais seriam as alternativas para viabilizar sua a manutenção”.

Nova iluminação

A reformulação do sistema de iluminação está sendo feita pela Prefeitura que seguirá mapeamento, diretrizes e layout definidos pela BHIP, concessionária responsável pela iluminação pública da capital. Os postes republicanos, atualmente situados na parte externa da praça, serão realocados e reposicionados na parte interna. O interior da praça passará a abrigar 60 postes republicanos, instalados respeitando a simetria da praça e postes já existentes.

Além dessa realocação, todas as peças, algumas danificadas pela ação do tempo ou mesmo por vandalismo, passarão por um minucioso processo de restauração, com acompanhamento do Iepha-MG.

O entorno da Praça da Liberdade e as ruas ao redor receberão novos postes decorativos em aço galvanizado na cor cinza chumbo. Esses postes farão a iluminação da via pública e da pista de caminhada da praça e serão instalados na avenida Bias Fortes, avenida Brasil, avenida Cristóvão Colombo, rua da Praça Mendes Júnior, rua Gonçalves Dias e rua Sergipe.

O Coreto terá iluminação de destaque pontual, com iluminação interna, externa da fachada e cúpula. Além disso, as três fontes receberão luminárias de LED – duas delas com luminárias de luz “branco neutro” e a outra com luminária LED RGB, que possibilita a mudança de cores. As palmeiras receberão projetores LED para destaque do tronco das palmeiras e folhas.

Reabilitação paisagística

A parceria entre o Iepha-MG e a Vale irá viabilizar a restauração do Coreto e da estátua Ninfa, a restauração e implantação do piso de caminhamento na pista de caminhada e a reinstalação das placas de monumentos. O mobiliário da Praça da Liberdade também será reformulado e substituído por padrões arrojados de design com a renovação de bancos e lixeiras.

Também será feita a requalificação dos jardins e melhorias do sistema de irrigação, que será substituído por um novo. Esta iniciativa conta a parceria da Cemig. Está previsto ainda o replantio de mudas conforme plano de manejo e a requalificação do sistema de bombeamento e estrutura civil das fontes.

Todos os chamados “indivíduos arbóreos” foram classificados e quantificados de acordo com a espécie e porte. O Projeto de Reabilitação Paisagística traz a lista e o quantitativo de plantas que farão parte dos jardins nesta revitalização, somando quase 30 mil unidades e 6.154,05 m² de grama.

Um manual, que contém um inventário dos estratos arbóreo e arbustivo da Praça da Liberdade, foi criado para conduzir as podas. Esta é quarta vez que a vegetação da Praça da Liberdade passa por esse tipo de tratamento. Em 1920, na primeira reforma, em 1969, com novas intervenções consideradas importantes, e na grande restauração realizada pela Vale, então MBR, no ano de 1991, que contou com a participação do arquiteto Ricardo Lana, responsável pelo projeto a ser executado em 2018.

Desde a reforma de 1991, a Vale mantém o convênio com a Prefeitura de Belo Horizonte para a manutenção da Praça da Liberdade. O pioneirismo na adoção virou referência, levando a PBH a criar o Programa Adote Verde. A iniciativa permite que empresas, instituições e indivíduos possam adotar e revitalizar espaços públicos da cidade.

Trânsito

O trânsito na região não será alterado em função das obras, para a segurança dos pedestres tapumes serão instalados ao redor de toda a praça. A pista de caminhada será interditada e passará por melhoria. O pedestre continua podendo utilizar o passeio do lado da praça na rua Gonçalves
Dias.

Cartão postal da capital mineira

A Praça da Liberdade emerge como ponto emblemático da cidade de Belo Horizonte desde o período da sua construção, de 1895 a 1897, época também da inauguração da capital mineira, projetada pelo engenheiro Aarão Reis. Construída inicialmente sob a influência do paisagismo inglês naturalista, a praça passa por sua primeira grande reforma no ano de 1920, quando adota o estilo francês, inspirado nos jardins de Versailles, por ocasião da importante visita dos reis da Bélgica à Belo Horizonte.

Pela sua localização, situada na convergência das avenidas Cristóvão Colombo, João Pinheiro – antiga Avenida Liberdade -, Brasil e Bias Fortes, a Praça da Liberdade se torna o local favorito dos mineiros e dos turistas que passam pela cidade. Disposta simbolicamente no centro de uma arquitetura marcante que reúne construções ecléticas, modernistas e pós-modernistas, a Praça da Liberdade foi tombada em 1977 pelo Iepha-MG, como Conjunto Monumental do Centro Cívico do Governo do Estado de Minas Gerais.

Desde o final do século XIX, quando Belo Horizonte foi planejada para ser a nova capital do estado, a Praça da Liberdade foi projetada para abrigar o centro administrativo do Governo de Minas Gerais, com a construção das secretarias de estado e do Palácio da Liberdade.

Continua lendo
Publicidade
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Tiradentes se prepara para o Carnaval Cultural 2019

Ocupação das pousadas e hotéis da cidade até o momento, chega a 87%

Entre os dias 28 de fevereiro a 05 de março de 2019, a folia toma conta da cidade de Tiradentes (MG). O tradicional Carnaval Cultural de Tiradentes é uma festa destinada à toda família. Marchinhas, samba, bloquinhos de rua, shows e muita animação. A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo espera receber cerca de 20 mil turistas no Carnaval 2019. De acordo com a Associação Empresarial de Tiradentes – ASSET- a taxa de ocupação das pousadas e hotéis da cidade até o momento, chega a 87%.

Para garantir a segurança dos moradores e foliões, a Prefeitura Municipal de Tiradentes informou que serão 36 seguranças atuando diariamente. Haverá plantão da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros Voluntários. A cidade contará com reforço da Polícia Militar de Belo Horizonte, além dos policiais locais. Além disso, foi proibida a venda, porte e consumo de bebidas em recipientes de vidro durante o período do Carnaval 2019, especialmente nas concentrações dos blocos, em seu percurso e nos locais dos shows.

Todos os dias haverá plantão médico, com atendimento 24 horas na Casa de Saúde do Pacu, garantindo mais agilidade nos casos de urgência e emergência. A Prefeitura assegura também a limpeza dos locais públicos, durante os dias de folia, uma equipe de limpeza fará o trabalho na madrugada. Estarão à disposição 26 agentes de trânsito para organizar e agilizar o tráfego de veículos e pedestres. O acesso ao Centro Histórico com veículos será restrito e o mesmo permanecerá fechado durante o evento.

Ao todo, 20 tradicionais blocos de rua, farão a alegria de todos. O palco principal será montado no Largo das Forras, onde acontecerão shows a partir do dia 1º de março, às 23 horas. As bandas serão divulgadas em breve. Neste ano, a programação também terá como novidade a realização de oficinas gratuitas de artes com patchwork (trabalhos com retalhos), customização de abadás, estandartes e reciclagem de materiais carnavalescos.

Ao longo do Centro Histórico, máscaras carnavalescas ficarão expostas, compondo a decoração. O trabalho artesanal é uma forma de valorizar os artistas da região e prestar homenagem às pessoas que passaram por Tiradentes e contribuíram de modo singular com a cidade. Cada máscara será acompanhada de uma bandeirinha com nome e história do personagem, tudo feito à mão. Tanto na restauração, quanto na criação de novas máscaras, o material utilizado é reciclável, contribuindo com o meio ambiente, de modo ecologicamente correto.

Confira a seguir a Programação dos Blocos:
QUINTA-FEIRA (28/02/19)
1 – BLOCO ABT (Associação dos Blocos de Tiradentes) – CONCENTRAÇÃO: 19:00hs – Largo das Mercês SAÍDA: 20:00hs
SEXTA-FEIRA (01/03/19)
2 – BLOCO REVIVER – (Escola Basílio da Gama) – CONCENTRAÇÃO: 08:00hs – Escola Estadual Basílio da Gama SAÍDA: 09:00hs
3 – BLOCO DAS CHARRETEIRAS (Rumo às Domésticas) – CONCENTRAÇÃO: 19:00hs – Cuiabá SAÍDA: 21:00hs
4 – BLOCO DAS DOMÉSTICAS – CONCENTRAÇÃO: 21:00hs – Bar da Zezé SAÍDA: 23:00hs
SÁBADO (02/03/19)
5 – BLOCO ALVORADA – CONCENTRAÇÃO: 03:00hs – Alto São Francisco SAÍDA: 04:00hs
6 – BLOCO DAS DIVAS – CONCENTRAÇÃO: 14:00hs – Trevinho dos Mala SAÍDA: 16:00hs
7 – BLOCO AMOR&CANA – CONCENTRAÇÃO: 17:00hs – Igreja do Canjica SAÍDA: 19:00hs
8 – BLOCO ESTAÇÃO CAÇA-CACHAÇA – CONCENTRAÇÃO: 20:00hs – Bar da Zezé SAÍDA: 22:00hs
DOMINGO (03/03/19)
9 – BLOCO SECOS&MOLHADOS – CONCENTRAÇÃO: 15:00hs – igreja do Canjica SAÍDA: 17:00hs
10 – Caminhada TREMBIER – CONCENTRAÇÃO: 15:00hs – Rua Gabriel Passos SAÍDA: 17:00hs
11 – BLOCO VER-TE CANA – CONCENTRAÇÃO: 19:00hs – Rua direita SAÍDA: 21:30hs
SEGUNDA-FEIRA (04/03/19)
12 – BLOCO GATOS DE BOTAS – CONCENTRAÇÃO: 14:00hs – Bar da zezé SAÍDA: 16:00hs
13 – BLOCO PALHAÇADA – CONCENTRAÇÃO: 15:00hs – Largo das Mercês SAÍDA: 17:00hs
14 – BLOCO BEATÕES DA SANTÍSSIMA – CONCENTRAÇÃO: 20:00hs – Bar da Zezé SAÍDA: 21:00hs
15 – BLOCO OS ABANDONADOS – CONCENTRAÇÃO: 21:00hs – Cuiabá de Baixo SAÍDA: 23:00hs
TERÇA-FEIRA (05/03/19).
16 – BLOCO do P.A.N.E.L.A – CONCENTRAÇÃO: 14:00hs – Quatro Cantos SAÍDA: 16:00hs
17 – BLOCO UNIDOS DA PONTE – CONCENTRAÇÃO: 16:00hs – Rua dos Inconfidentes SAÍDA: 18:00hs
18 – BLOCO AIMORÉS – CONCENTRAÇÃO: 18:00hs – Sede do Aimorés – Rua direta SAÍDA: 20:00hs
19 – BLOCO ROMA FOI POUCO – CONCENTRAÇÃO: 21:00hs – Quatro Cantos SAÍDA: 23:00hs
20 – BLOCO GOURMET DA MADRUGADA – CONCENTRAÇÃO: 02:00hs – Quatro Cantos SAÍDA: 03:00hs

Continua lendo

Últimas Notícias

Emprego em Minas Gerais: estado deve gerar mais oportunidades em 2019

Mesmo com a difícil situação fiscal do estado, emprego em Minas Gerais deve crescer em 2019. Veja como se aproveitar da situação para se recolocar no mercado de trabalho

• atualizado em 26/02/2019 às 17:24

Devido à crise econômica que atinge o Brasil, todas as unidades da federação tiveram que apertar os cintos e reduzir seus orçamentos. Porém, algumas delas, afogadas em despesas obrigatórias, não puderam fazer isso. O resultado é uma péssima situação fiscal, o que, por sua vez, prejudica a economia local.

Um dos estados em situação mais crítica é Minas Gerais. O recém-eleito governador mineiro, Romeu Zema, sancionou o orçamento de 2019 prevendo um déficit superior aos R$ 11 bilhões. Como o Estado é uma das forças motrizes da economia, isso leva muitas pessoas a pensar que a população enfrentará uma onda de demissões, tanto nos setores público quanto no privado.

Esse, porém, não é o caso desse estado do sudeste do país: ao que tudo indica, a taxa de empregos em Minas Gerais deve, enfim, melhorar ao longo de 2019.

Mercado de trabalho deve melhorar em 2019

Uma pesquisa feita pela consultoria Deloitte revelou que os empresários, de modo geral, pretendem contratar mais esse ano do que no ano passado. O levantamento, realizado apenas entre esse público, revelou que apenas 7% devem reduzir o seu quadro de colaboradores, e que isso deve acontecer por conta da automação de tarefas. Da mesma maneira, 97% planejam novos investimentos em 2019 e 80% preveem um aumento em suas vendas.

Assim, por mais que o Ministério do Trabalho tenha sido extinto e as medidas de geração de empregos pulverizadas entre os órgãos da administração federal, 2019 deve trazer mais oportunidades a profissionais de todo o país. Deste modo, a tendência é que os índices de 12,3% de desemprego e mais de quatro milhões de desalentados (pessoas que desistiram da busca) se invertam.

Apesar da situação financeira do estado, emprego em Minas Gerais deve crescer

Por mais que o otimismo seja generalizado, especialistas afirmam que a geração de novas posições de trabalho deve ser concentrada em certas regiões do país. O emprego em Minas Gerais, por exemplo, tende a crescer: um levantamento, realizado pelo portal Trabalho Hoje, a pedido do poder Executivo mineiro, aponta que o estado foi o segundo maior gerador de oportunidades em todo o país, perdendo apenas para São Paulo.

Isso só é possível, pois, em que pese a complicada situação fiscal dessa unidade federativa, Minas Gerais tem se consolidado como polo empreendedor, abrigando 12% das startups de todo o país, conforme dados da Associação Brasileira de Startups (ABStartups). É a segunda maior concentração de empreendimentos dessa categoria em todo o país.

Por mais que o fenômeno se faça notar em todo o seu território, especialistas apontam que há uma região específica onde a quantidade de startups se destaca: as localidades de Alfenas, Itajubá, Lavras, Santa Rita do Sapucaí e Varginha, no sul do estado, concentram quase 60 negócios que se enquadram nessa categoria, respondendo por quase 10% do total de Minas Gerais. Analistas apontam que o fomento proporcionado pelo poder público, junto com a presença de universidades que investem em inovação e na indústria, que atua como agente transformador, são fatores decisivos para esses números. Tudo isso deve colaborar com a melhora dos índices de emprego em Minas Gerais ao longo desse ano.

Melhora no mercado pode ser oportunidade para se recolocar

O otimismo dos empresários muitas vezes é compartilhado pelos profissionais. Afinal, tanto quem tenta se recolocar quanto quem almeja uma posição mais vantajosa e que proporcione a realização de um grande passo na carreira costumam se animar com a perspectiva de um ano com geração de mais empregos.

Porém, é preciso ter em mente que o aumento de oportunidades por si só não garante que uma pessoa conquiste o emprego dos sonhos: ela também deve se preparar para a busca. Geralmente, coaches e analistas de recursos humanos sugerem que os pretendentes a uma nova posição tomem medidas como:

  • Acionamento de sua rede de contatos;
  • Atualização do currículo;
  • Investimento em qualificação;

Atitude criteriosa nas candidaturas, enviando o currículo apenas às posições condizentes com seu perfil e pretensão salarial.
Deste modo, as chances de que a recolocação deixe de ser sonho para se converter em realidade são grandes.

Crescimento na quantidade de vagas também exige preparação de empresas

Por outro lado, estabelecimentos que pretendem abrir novas vagas de emprego em Minas Gerais, bem como em outras unidades federativas, também devem se preparar para tal. A ideia é tornar a empresa atraente para talentos de alto nível, que servirão de suporte para um crescimento sustentável.

De acordo com especialistas, uma das medidas mais interessantes nesse sentido é o oferecimento de um plano de carreira consistente. Dessa forma, a tendência é que os candidatos não considerem apenas o salário inicial, como, também, as possibilidades de crescimento.

Da mesma maneira, é fundamental que o negócio mostre-se preocupado com a qualidade de vida dos funcionários, proporcionando benefícios como plano de saúde de qualidade, horários flexíveis e a possibilidade de home office. Assim, as chances de que candidatos mais qualificados se interessem pela posição ficam maiores.

Continua lendo

Últimas Notícias

Caminhão com soja tomba e pista fica parcialmente fechada a BR-040, em Sete Lagoas

Trânsito era feito em apenas uma das pista

Foto: Via 040/Divulgação

Um caminhão que transportava soja tombou e fechou parcialmente a BR-040, perto de Sete Lagoas, na Região Central de Minas Gerais, na manhã desta terça-feira, 26.

De acordo com a Via 040, empresa que administra a rodovia, o acidente aconteceu na pista sentido Brasília, e que ficou parcialmente fechada.

Por volta das 9h, funcionários da empresa faziam a limpeza da pista e havia 1 km de lentidão no sentido Distrito Federal.

Devido ao acidente, o transito ficou em apenas uma faixa. Não houve vítimas.

Continua lendo