Redes Sociais

Últimas Notícias

Sebrae Minas e Femc apresentam a empresários o Núcleo de Empreendedorismo Juvenil (NEJ)

Projeto de empreendedorismo para jovens em situação de risco tem previsão de início das aulas para fevereiro de 2018.

Foto: Divulgação/Cida Santana

O Sebrae Minas, em parceria com a Fundação Educacional Montes Claros (Femc), apresentou na última terça-feira (6), a empresários de Montes Claros, o Núcleo de Empreendedorismo Juvenil (NEJ). Durante o encontro foram mostrados os benefícios que alunos e empresários poderão ter com a execução do projeto, previsto para começar em fevereiro de 2018.

O Núcleo de Empreendedorismo Juvenil (NEJ) é uma ação social da Escola de Formação Gerencial (EFG) do Sebrae Minas, no projeto Plug Minas, do Governo do Estado. Fundado em 2010, o Núcleo nasceu com o intuito de oferecer formação empreendedora a jovens em situação de risco social. Durante um ano, os alunos realizam o curso técnico em Administração (gratuito) e, ao final, recebem o diploma reconhecido pelo MEC. As aulas são ministradas dentro da metodologia Sebrae, que reúne teoria e prática em gestão empreendedora.

Cláudio Luiz Oliveira, gerente da Regional Norte do Sebrae Minas, pediu o apoio dos empresários para que os últimos detalhes do projeto sejam definidos. “Essa escola prepara o aluno para ocupar cargos de responsabilidade dentro das empresas e também para ser dono do seu próprio negócio. Estamos com 95% do projeto já implementado. A Femc vai oferecer a estrutura física e o Sebrae a metodologia e o material didático digitalizado. Precisamos de mais apoio para contratação dos professores para começarmos o processo de seleção de alunos”, destacou.

De acordo com Ricardo Pereira, gerente do Sistema de Formação Gerencial do Sebrae Minas e diretor do NEJ, o projeto é para a comunidade. “Queremos entregar o projeto para a sociedade, mas ela tem que se sentir mobilizada. Os empresários precisam ser parte integrante do projeto e assumir isso como parte de uma obrigação social. Esta ação é um benefício para eles em médio e longo prazo, porque investindo no aluno, eles terão profissionais qualificados para atuar na sua área de gestão, ” ressaltou.

Apoio

Empresário da área de segurança eletrônica, João de Jesus Lopes esteve na apresentação do projeto. Ele aprova ideia e está pronto para ajudar. “É uma iniciativa de cunho social que irá contribuir para formação de jovens que muitas vezes são excluídos. Quero muito apoiar a ideia, mesmo que inicialmente eu não ajude financeiramente, vou levar a proposta para outros empresários e parceiros no sentido de divulgar a ação em que todos os envolvidos têm a ganhar: o aluno, que terá a oportunidade de uma formação técnica; a sociedade e os empresários, que irão ajudar a formar um profissional para o mercado de trabalho.

Beneficiados

Os jovens a serem atendidos pelo NEJ em Montes Claros deverão estar cursando o 3º ano ou ter concluído o Ensino Médio na rede pública e ter entre 16 e 24 anos. A ideia inicial é que sejam formadas duas turmas de 30 alunos em períodos de contra turno. As aulas serão nas dependências da Escola Técnica (FEMC) e os professores serão capacitados pelo Sebrae. Em Belo Horizonte, são oferecidas anualmente 330 vagas. Desde a fundação, em 2010, já são mais de 1.200 jovens formados.

Continua lendo
Publicidade
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Sistema Bike Belo Horizonte começa a ser desativado na área central

Empresa vai continua a prestar serviços apenas na orla da Lagoa da Pampulha

A Empresa de Transporte e Transito de Belo Horizonte (BHTrans) informou que, em função do término do contrato, o sistema Bike BH, operado pela empresa Serttel, será desativado na área central, nesta quarta-feira, dia 10/4, e as 34 estações localizadas na região serão desligadas. A BHTrans solicitou à Serttel que seja feita comunicação a todos os usuários que, por ventura, possuam passes ativos, informando-os sobre procedimento de ressarcimento.

O contrato com a Serttel estava em vigor desde 9/4/2013, com duração de 60 meses, e se encerra no dia 9/4/2019. Em função do término do contrato, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da BHTrans, publicou em janeiro deste ano dois Chamamentos Públicos: o “Credenciamento de empresas para implantação, instalação, manutenção e operação de Sistemas de Compartilhamento de Bicicletas com Estação no Município de Belo Horizonte”; e o “Credenciamento de empresas para implantação, instalação, manutenção e operação de Sistemas de Compartilhamento de Bicicletas sem Estação no Município de Belo Horizonte”.

Com a publicação dos dois chamamentos, a PBH alterou a forma de contratação de empresas para prestação de serviços de compartilhamento de bicicletas, em relação ao Sistema Bike BH, permitindo a operação por parte de mais de uma empresa e de mais de um sistema, a exemplo do que já está ocorrendo em outras cidades no Brasil e no mundo.

A empresa Serttel credenciou-se para prestação de serviços de compartilhamento de bicicletas com estação apenas na orla da Lagoa da Pampulha, propondo a instalação de 14 estações (oito a mais do que as seis atualmente instaladas). A empresa assinou o novo contrato com a BHTrans em 4/4/2019 e tem 90 dias para colocar o novo sistema em operação. No entanto, não houve interesse de outras empresas para operação de sistemas de compartilhamento de bicicletas com estação nas outras áreas da cidade.

O Chamamento para “Credenciamento de empresas para sistemas de compartilhamento de bicicletas sem estação” foi publicado em 22/1/2019 e o recebimento dos envelopes de documentos para habilitação e a documentação técnica está previsto para até o dia 21/5/2019. É importante destacar que esse procedimento objetiva criar uma nova alternativa para fomentar o uso de bicicletas, dando à população a possibilidade de utilizar bicicletas sem obrigatoriamente ter que retirá-las ou devolvê-las em uma estação fixa.

Atualmente, outra empresa também atua em Belo Horizonte, disponibilizando um sistema de compartilhamento de bicicletas sem estação na área central da cidade. A BHTrans poderá, a qualquer momento, republicar o Chamamento Público para operar o sistema de compartilhamento de bicicletas com estação no Município de Belo Horizonte, assunto que está sendo avaliado pela empresa.

Continua lendo

Últimas Notícias

Polícia prende candidato a deputado estadual nas últimas eleições suspeito de estupro

Homem foi candidato a deputado estadual nas eleições de 2018

• atualizado em 10/04/2019 às 12:11

Resultado de uma investigação de estupro de vulnerável, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu Gilson Pereira de Souza, 49 anos, suspeito de vitimar cinco adolescentes do sexo masculino, entre 12 e 17 anos. O investigado foi candidato a deputado estadual nas eleições de 2018 e, segundo apurado, era conhecido pela população de Caeté, Região Metropolitana de Belo Horizonte, por promover ações sociais envolvendo crianças carentes para facilitar a aproximação com as vítimas.

O suspeito foi detido no dia 28 de março, em virtude de mandado de prisão preventiva. De acordo com o Delegado Guilherme Catão, foram três meses de investigações. “O suspeito é acusado de aliciar menores através de vantagens econômicas e ameaças de morte, com uso de arma de fogo, para manter relações sexuais com os mesmos”, explica. Segundo ele, o investigado nega os fatos e se diz perseguido por uma das vítimas para prejudicá-lo.

O inquérito policial foi concluído e encaminhado à Justiça com indiciamento de Gilson Pereira por estupro de vulnerável e representação pela prisão preventiva dele. O suspeito já foi indiciado, em 2015, na cidade de Sabará, que fica a 35 quilômetros de Caeté, também pelo mesmo crime.

No ano de 2018, o suspeito foi preso na cidade de Caeté por porte ilegal de arma de fogo. Na ocasião, pagou uma fiança no valor de 2 mil reais e respondeu em liberdade. Segundo o Delegado Guilherme Catão, essa ocorrência foi uma pequena parte, porém muito importante, de uma situação muito maior e complexa.

O Delegado Regional, Bruno Affonso, destacou a complexidade do inquérito. “Uma investigação de estupro de vulnerável requer uma apuraçãominuciosa. Nesse caso, a análise de um conjunto de indícios possibilitou a montagem de um quebra-cabeça, que fundamentou o indiciamento do suspeito”, afirma.

Como pontua Catão, a prisão do suspeito foi comemorada pela comunidade local. O Delegado orienta que caso outras pessoas tenham sido vítimas, devem procurar a Delegacia de Polícia Civil ou o Ministério Público para o registro da ocorrência. Ele destaca a importância de os pais e responsáveis terem diálogo aberto com crianças e adolescentes a fim de identificar sinais de abuso e denunciar os casos.
O suspeito foi encaminhado ao Sistema Prisional e encontra-se à disposição da Justiça.

Continua lendo

Últimas Notícias

Previsão do tempo para Minas Gerais, nesta quarta-feira, 10 de abril

Tempo fica instável em boa parte da Região Central do Brasil

Nesta quarta-feira (10/4), o tempo fica instável em boa parte da Região Central do Brasil, por causa da intensificação de áreas de instabilidade atmosféricas. No estado de Minas Gerais há condições para chuva, localmente forte, as quais podem acarretar em transtornos à população, principalmente, em localidades do Centro, Sudeste, Leste e Norte.

Continua lendo