Fulô de Laranjeira é a campeã do Grupo de Acesso do Arraial de Belô 2016

Fulô de Laranjeira, que disputou o Concurso de Quadrilhas do Arraial de Belô pelo Grupo de Acesso pela primeira vez este ano e já levou para a casa o principal troféu.
Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)

Aos gritos de “É campeã… é campeã!” comemoraram os cerca de 40 quadrilheiros da Fulô de Laranjeira, que disputou o Concurso de Quadrilhas do Arraial de Belô pelo Grupo de Acesso pela primeira vez este ano e já levou para a casa o principal troféu. A apuração dos votos dos jurados aconteceu na tarde desta terça-feira (28/6), no Coreto do Parque Municipal Américo Renê Gianetti, no centro da cidade. Junto com a campeã, subirão também para o Grupo Especial as quadrilhas Balancê, Sol Nascente e Sem Nome, segundo, terceiro e quarto lugares, respectivamente.

“Estamos ensaiando desde dezembro do ano passado. Foram todos os finais de semana, de lá para cá. A dedicação dos nossos quadrilheiros é algo para se tirar o chapéu. Nós amamos o que fazemos, nós vivemos quadrilha, nós somos quadrilha”, comentou, emocionado, Gabriel Luiz Santos, presidente da Fulô de Laranjeira. A campeã receberá um prêmio de R$ 10.000,00. A Balancê, vice-campeã, ganhará R$ 8.000,00. Sol Nascente, que ficou em terceiro lugar, levará o prêmio de R$ 6.000,00 e a Quadrilha Sem Nome, que ficou em quarto lugar, R$ 4.000,00.

Os quesitos julgados foram: a) o Conjunto – o “todo” da apresentação, a forma geral e integrada de apresentação como Grupo de Quadrilha Junina, o alinhamento, a espontaneidade, criatividade, empolgação, vibração, agilidade e vigor dos participantes; b) a Coreografia – execução dos passos, passos tradicionais juninos, ocupação uniforme do espaço e ritmo da música e da dança; c) a Caracterização – adequada à festa junina mineira e de acordo com o estilo e a criação do grupo de quadrilha; d) o Marcador – desenvoltura durante a apresentação, entrosamento com o grupo e com o público, firmeza e convicção na marcação dos passos e criatividade; e) o Casal de Noivos – animação, simpatia, harmonia, entrosamento com a quadrilha e com o público.

Grupo Especial
Quem sobe nos tablados do Arraial de Belô no fim de semana que vem, sábado e domingo (2 e 3/7), são as quadrilhas que disputam o Grupo Especial. São 14 quadrilhas disputando o título de 2016. O valor da premiação é R$ 12.000,00 para o primeiro lugar, R$ 10.000,00 para o segundo, R$ 8.000,00 para o terceiro e R$ 6.000,00 para o quarto. Os quatro piores colocados no grupo Especial são rebaixados e poderão disputar o concurso de quarilhas em 2017 somente pelo Grupo de Acesso.

Arraial de Belô 2016

No próximo fim de semana, entre 1º e 3 de julho, a Praça da Estação vai receber shows de Paula Fernandes, Marcelinho de Lima e o musical ‘Gonzagão, a lenda’. Fora o tradicional concurso de quadrilhas com suas barraquinhas, comidas típicas e muito, muito arrasta-pé. Toda a programação tem entrada gratuita. O Arraial de Belô 2016 tem o apoio da Rádio Liberdade. O Arraial de Belô tem apoio da Rádio Liberdade e patrocínio do Ministério do Turismo.

A programação não para por aí. No domingo (3/7), o Viaduto de Santa Tereza se transformará no ‘Anarriê do Santê’, que promete casamento na roça, eleição da Rainha da Paçoca, foodtrucks, barraquinhas, oficinas, brincadeiras e atrações infantis no Arraialzinho, além de comidas típicas e intervenções. Das 9h às 17h, a festa está garantida no Viaduto, que é um dos cartões-postais de BH. Para ter acesso à essa agenda junina, basta acessar o link http://goo.gl/o9NPzG.

Outra novidade do Arraial deste ano é o Circuito Gastronômico, montado especificamente para o evento em parceria com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-MG). Durante um mês – de 20/6 a 20/7 – dez restaurantes prepararam pratos típicos juninos como caldos, canjicas, torresmo entre outros.

Para reforçar a divulgação de toda essa festança, um antigo ônibus com decoração junina irá percorrer vários pontos turísticos de Belo Horizonte, bares e restaurantes, levando muita alegria e descontração junina. Casais vão descer do ônibus e dançar quadrilha para o público em geral, como forma de comunicar, interagir e convidar turistas e belo-horizontinos a se divertirem com o Arraial de Belô 2016.

Para além de tanta atividade, o Arraial de Belô de 2016 agregou cerca de 90 festas juninas espalhadas por toda a cidade. Elas entraram na programação do evento que não para de crescer em Belo Horizonte.

Oficinas
O Arraial de Belô deste ano também traz o caráter do empreendedorismo. Para tanto, oferece oficinas gratuitas com os seguintes temas ‘Moda Junina – oficina de customização de roupas para festas juninas’, ‘Almanaque das festas juninas – informações, elementos e curiosidades’, ‘Causamento na roça – relato de festas juninas com destaque para os casamentos’, ‘Delícias Juninas’, ‘Comidas típicas no forró junino’, ‘Relembrando e reinventado a tradição gastronômica das festas juninas’ e ‘Comidas típicas no Arraiá do Feijão Queimado’.

Para ler mais notícias do Por Dentro de Minas, clique em noticias.pordentrodeminas.com.br. Siga também o Por Dentro de Minas no Twitter e Facebook e pelo RSS.

Total
0
Shares
Reportagem Anterior

Sem higienização adequada, esponja de cozinha se torna criadouro de germes

Próxima Reportagem

Fulô de Laranjeira é a campeã do Grupo de Acesso do Arraial de Belô 2016


Postagens Relacionadas