Encontrado oitavo corpo de vítima de desmoronamento em Capitólio

Segundo o Corpo de Bombeiros, ainda há dois desaparecidos
Investigação de queda de rocha em Capitólio não encontra culpados e define tragédia como 'evento natural' - Foto: Reprodução
Investigação de queda de rocha em Capitólio não encontra culpados e define tragédia como ‘evento natural’ – Foto: Reprodução


O oitavo corpo de vítima do desmoronamento de um bloco de pedras no lago de Furnas, em Capitólio (MG), foi encontrado, confirmou há pouco o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais. Segundo a corporação, ainda existem dois desaparecidos.

Os trabalhos de busca recomeçaram às 5h de hoje (9) e envolvem cerca de 50 pessoas, entre bombeiros e militares da Marinha. Ao todo, 11 mergulhadores do Corpo de Bombeiros atuam na operação. A Marinha do Brasil emprega sete viaturas, quatro lanchas e três motos aquáticas.

LEIA TAMBÉM

As operações haviam sido interrompidas às 19h de ontem (8) por falta de visibilidade. O desabamento ocorreu por volta das 12h30, quando um grande bloco de pedra se desprendeu do cânion do Lago de Furnas e caiu sobre pelo menos três lanchas. Duas embarcações afundaram.

Além dos oito mortos, a tragédia deixou 32 pessoas feridas. Pelo menos dois dos feridos tiveram fraturas expostas e passaram por cirurgias em hospitais da região. Vídeos nas redes sociais mostraram o momento do desabamento, no principal ponto turístico do passeio de lancha, com duas cachoeiras na entrada do cânion.

Encontrado oitavo corpo de vítima de desmoronamento em Capitólio - Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros
Encontrado oitavo corpo de vítima de desmoronamento em Capitólio – Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros
Total
0
Shares

Relacionados
Total
0
Compartilhar