O Por Dentro de Minas é um portal de notícias de Belo Horizonte e todo o estado de MG. Últimas notícias, informações em tempo real do trânsito, previsão do tempo, agenda cultural, emprego, colunas, blogs e coberturas especiais.
Seguir

Como vai a retomada das aulas presenciais no estado de Minas Gerais?

No início da semana, Governo de Minas Gerais apresentou uma nova versão de seu protocolo publicado para o retorno das aulas presenciais em todo o estado

Ao longo de quase dois anos de isolamento social, restrições e alterações nos cronogramas escolares, a educação sofreu diversos impactos devido às mudanças para o sistema de ensino remoto.

Diversas pautas e discussões foram realizadas acerca do tópico da educação à distância ao longo da pandemia, visando uma estratégia que fosse a menos impactante possível na vida dos alunos e de trabalhadores do setor da educação, sejam eles professores ou servidores.

Muitos destes debates foram relacionados com questões como acessibilidade, desigualdade social e até o preparo técnico do corpo docente para lidar com as aulas em um modelo de ensino remoto.

Além disso, o formato das aulas foi completamente alterado, com professores tendo que recorrer às mais diversas ferramentas digitais para passar listas de exercícios, listas de conectivos para redação e até provas para seus alunos.

Contudo, conforme nos aproximamos do final de 2021, as campanhas de vacinação estão cada vez mais eficazes e atingindo parcelas cada vez maiores da população. Ademais, a realidade de cada estado e cada município é diferente neste quadro.

Isso ocorre devido às diferenças geográficas, econômicas, sociais e diversas outras, que resultam em um Brasil extremamente heterogêneo entre si.

Neste contexto, hoje iremos analisar juntos como anda o panorama para o retorno das aulas e da vacinação no estado de Minas Gerais.

Como vai a retomada das aulas em Minas?

Conforme uma reportagem publicada na plataforma digital do governo estadual, a Agência Minas, no dia 10 de setembro, o governo do estado de Minas Gerais apresentou uma nova versão de seu protocolo publicado para o retorno das aulas presenciais em todo o estado.

De acordo com o comitê responsável pela análise do caso no estado, a atual situação da pandemia permite que leves ampliações em capacidade sejam realizadas, sem um impacto direto nos indicadores epidemiológicos de Minas.

A nova versão do protocolo foi publicada no dia 10 e as escolas mineiras deverão seguir à risca o protocolo para o retorno efetivo das aulas presenciais.

Ainda segundo a reportagem publicada na plataforma Agência Minas, a maior alteração nesta nova versão do protocolo foi a mudança no distanciamento realizado nas escolas, que agora, passará a ser de  90 centímetros, ou de 0.9 metros.

Esta alteração no protocolo ocorre em um momento onde a vacinação em maiores de 18 anos anda sob passos largos no estados de Minas Gerais:

  • Primeira dose: 93.34%
  • Segunda dose: 47.06%

Ademais, conforme considerado por pesquisadores e cientistas, estes dados em conjunto com a queda de internações em UTIs do estado possibilitam neste momento um pouco mais de flexibilidade nas atividades escolares através dos ajustes propostos.

Mediante o cumprimento das requisições presentes na nova versão do protocolo, as escolas poderão retornar, gradualmente, às aulas presenciais.

Campanhas de vacinação do estado de Minas Gerais

De acordo com o governo do estado de Minas Gerais, todas as crianças do estado abaixo de 12 anos serão vacinadas logo ao fim da campanha de vacinação dos adolescentes.

Contudo, o estado aguarda aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a ANVISA, para executar o seu plano de vacinação de crianças do estado.

Ainda não há um calendário de vacinação das crianças, devido justamente ao fato de aguardarem aprovação da ANVISA para efetivamente executar seu plano de vacinação.

O governo do estado busca vacinar todos os mineiros no menor prazo possível, visando conter o contágio e a transmissão de novas variantes em solo mineiro.

Até o momento, por exemplo, já foram detectados em Minas Gerais 415 casos da variante Delta da COVID-19, espalhados em cerca de 100 cidades do estado.

Ainda, o estado de Minas pretende vacinar adolescentes de 12 a 17 anos e, também, garantir a dose de reforço para idosos até a segunda quinzena do mês de outubro, de acordo com reportagem publicada na plataforma Estado de Minas.

Conclusões sobre a retomada das aulas presenciais

É possível observar uma tendência nacional de estados que avançam em seus cronogramas de vacinação de jovens e servidores da educação buscarem a retomada das aulas o quanto antes.

Contudo, o retorno das aulas deve ser estudado e realizado de maneira gradativa, sempre oferecendo itens responsáveis por diminuir o contágio, como por exemplo:

  • Álcool em gel
  • Máscaras
  • Lenços umedecidos
  • Equipamentos de proteção individual

E tomando medidas de redução nas taxas de transmissão, como:

  • Higienização adequada do ambiente escolar
  • Rodízio de alunos
  • Retorno gradativo dos alunos em relação a capacidade da escola
  • Distanciamento social

Com a adoção destas medidas aliada a campanha de vacinação efetiva no estado, o retorno das aulas deve ocorrer de maneira tranquila e antes do esperado!

Total
32
Shares

Relacionados