O Por Dentro de Minas é um portal de notícias de Belo Horizonte e todo o estado de MG. Últimas notícias, informações em tempo real do trânsito, previsão do tempo, agenda cultural, emprego, colunas, blogs e coberturas especiais.

Polícia prende suspeito de tentativa de feminicídio em Salinas

Vítima conseguiu se esconder da tentativa de feminicídio
Polícia prende suspeito de tentativa de feminicídio em Salinas - Foto: Divulgação/PCMG
Polícia prende suspeito de tentativa de feminicídio em Salinas – Foto: Divulgação/PCMG
Por Dentro de Minas - Google News
Índice Hide
  1. O crime
  2. Prisão

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu, nesta quinta-feira (9/9), mandado de prisão contra um homem, de 22 anos, por prática de crime de feminicídio tentado, ocorrido no mês de junho, na cidade de Salinas, no Norte do estado. Na ocasião, o suspeito efetuou vários disparos de arma de fogo contra a ex-companheira dele, uma jovem de 21 anos. Apesar de atingida na perna, ela conseguiu se esconder. O investigado também atirou em direção à irmã e ao pai da vítima, que não foram feridos.

A cautelar foi solicitada à Justiça em decorrência do inquérito policial que investiga os fatos. Conforme apurado pela PCMG, o casal se conheceu em Minas Gerais e se mudou para o estado da Bahia. Segundo a vítima, desde então, o suspeito iniciou uma série de ameaças contra ela. Depois, passou a agredi-la fisicamente, inclusive, com uso de faca.

De acordo com o relato da mulher, em decorrência do aumento da violência por parte do ex-companheiro, ela resolveu retornar para a casa de sua família, em Salinas. O suspeito a advertiu que se ela fugisse com a filha do casal, a encontraria e mataria as duas, bem como familiares dela. A vítima, então, decidiu partir sozinha.

Polícia prende suspeito de tentativa de feminicídio em Salinas - Foto: Divulgação/PCMG
Polícia prende suspeito de tentativa de feminicídio em Salinas – Foto: Divulgação/PCMG

O crime

Na data dos fatos, a vítima estava na companhia de sua irmã, quando percebeu a aproximação de um carro, e, ao verificar quem era, identificou tratar-se do ex-companheiro. Portando uma arma de fogo, ele começou a atirar contra as duas. As vítimas correram para residências próximas. Nesse momento, o suspeito disparou em direção ao pai delas, sem acertá-lo. A ex-companheira foi alvejada na perna e ficou em estado grave de saúde.

Segundo o delegado José Eduardo dos Santos, a Polícia Civil apurou que o homem efetuou nove disparos de arma de fogo no local. “Dessa forma, não resta dúvidas quanto à intenção do investigado em matar a vítima. Ele agiu com dolo e, ainda, declarou que voltará para concluir seu crime”, explica Santos, acrescentando que “o crime só não foi concretizado por fatores alheios à vontade do suspeito, e que a tentativa de homicídio se deu em razão do gênero feminino, tipificando assim o feminicídio”.

Após os fatos, o investigado enviou para a vítima uma foto da filha do casal portando a arma de fogo que ele havia utilizado naquele dia, e continuou com as ameaças à ex-companheira.

Prisão

Diante da gravidade dos fatos e das recorrentes ameaças proferidas pelo suspeito contra a vítima, o delegado representou pela prisão dele. O investigado encontra-se preso à disposição da Justiça, e o inquérito policial respectivo está concluído, com indiciamento do homem pela prática do crime de homicídio qualificado na forma tentada.

Total
1
Shares

Relacionados