Operação Campo Minado mira integrantes de família envolvida no tráfico em Patos de Minas

Quatro pessoas foram presas e um adolescente foi apreendido durante operação
Operação Campo Minado mira integrantes de família envolvida no tráfico em Patos de Minas - Foto: Divulgação/PCMG
Operação Campo Minado mira integrantes de família envolvida no tráfico em Patos de Minas – Foto: Divulgação/PCMG
Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)

Após três meses de investigações, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) realizou, na manhã desta terça-feira (13/4), a operação Campo Minado, visando combater o tráfico de drogas no distrito de Santana de Patos, em Patos de Minas, no Alto Paranaíba. Durante a ação, duas pessoas, sobrinho e tia, de 26 e 53 anos, foram presas, e um adolescente, de 14, apreendido.

As investigações começaram após a Delegacia de Crimes Contra Tóxicos e Entorpecentes ser informada sobre a existência do grupo envolvido com a comercialização de drogas na localidade. Conforme apurado, o núcleo dessa organização criminosa era formado por dois irmãos, sendo o preso de 26 e outro de 30 anos, que recebiam a droga em Santana de Patos e, com auxílio da tia, armazenavam o produto. Eles ainda contavam com o apoio do adolescente apreendido para monitorar o local. A venda era realizada na casa de um dos irmãos.

No curso da ação policial, ainda foram apreendidos, aproximadamente, 200 gramas de crack, uma motocicleta e a quantia de R$ 8.150. Durante o cumprimento das buscas, na zona rural, também foi encontrado um tambor enterrado no solo, o qual estava vazio, mas com forte odor de maconha. Conforme explica a equipe policial responsável pela operação, não há dúvidas de que o local era o ponto escolhido pelo núcleo criminoso para esconder as drogas.

De acordo com o delegado Érico Rodovalho, “a Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes tem intensificado os trabalhos investigativos e preventivos na sua circunscrição, realizando a investigação criminal e reforçando o compromisso com o interesse público na apuração dos crimes e irregularidades existentes em nossa cidade”.

A operação teve a colaboração de 30 policiais civis lotados em unidades vinculadas à Delegacia Regional em Patos de Minas, contando com a participação das cidades de Presidente Olegário, Rio Paranaíba e Carmo do Paranaíba, além do apoio da equipe da Rondas Ostensivas Com Cães (Rocca), da Polícia Militar, visando à localização de substâncias entorpecentes que porventura estivessem escondidas. Ao todo, foram empenhadas sete viaturas policiais na ação.

Total
2
Shares
Reportagem Anterior
Cinco pessoas morrem carbonizadas em acidente na MG-060, em Maravilhas - Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Cinco pessoas morrem carbonizadas em acidente na MG-060, em Maravilhas

Próxima Reportagem

Prefeitura de BH abre 276 vagas de estágio para estudantes dos níveis médio e superior

Postagens Relacionadas