Duas pessoas morrem após serem atropeladas por caminhão na BR-459, em Piranguinho

Uma jovem de 22 anos foi arremessada em uma ribanceira e resgatada em estado grave
Vítimas foram identificas como Yesa Jamile Inácio dos Santos e Anderson Mota do Amaral - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Vítimas foram identificas como Yesa Jamile Inácio dos Santos e Anderson Mota do Amaral – Foto: Reprodução/Redes Sociais
Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)

Um acidente na noite deste sábado (17) deixou duas pessoas mortas e outras três ficaram feridas após serem atropeladas por um caminhão na BR-459, em Piranguinho, no Sul de Minas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o grupo estavam caminhavam na beira da rodovia, próximo ao povoado Capote, quando foi atingida por um caminhão que seguia no sentido de Pouso Alegre, por volta das 21h.

Após o acidente, o motorista do veículo fugiu sem prestar socorro às vítimas. Dois jovens, 21 e 22 anos, morreram no local. Os óbitos foram constato pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e identificados com Yesa Jamile Inácio dos Santos, 22 anos, e Anderson Mota do Amaral, 21 anos.

Um outro jovem de 22 anos ficou em estado grave ao ser arremessado em uma ribanceira de 20 metros às margens da rodovia. Ele foi resgatado e imobilizado. Já duas jovens de 18 e 19 anos, sofreram apenas ferimentos leves. Elas foram socorridas e encaminhadas para o pronto socorro do Hospital das Clínicas de Itajubá. Das três vítimas socorridas com vida, duas já deixaram o hospital.

O proprietário do caminhão foi identificado pela placa do veículo. Ele foi localizado na própria residência, mas informou que o caminhão estava sendo utilizado por um de seus funcionários. O condutor não foi localizado, mas os documentos pessoais ficou no veículo.

Total
4
Shares
Reportagem Anterior
Pedro Souza/Atlético-MG

Atlético garante melhor campanha da 1ª fase e Boa Esporte cai pelo Mineiro

Próxima Reportagem
Alexandre Kalil (PSD) - Foto: Reprodução/Facebook

Assista agora ao vivo: Alexandre Kalil entrevista coletivo sobre a Covid-19 em Belo Horizonte

Postagens Relacionadas