Gerais

Criminosos incendeiam ônibus em Ribeirão das Neves

Criminosos incendeiam ônibus em Ribeirão das Neves - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Criminosos incendeiam ônibus em Ribeirão das Neves - Foto: Reprodução/Redes Sociais
  • Criminosos estava armado com uma submetralhadora; eles deixaram bilhete afirmando que o crime é em repressão a uma prisão irregular

A Polícia Militar (PM) procuram por criminosos que incendeiam mais um ônibus na noite desta quarta-feira (16), em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A PM informou que quatro adolescentes armado com uma submetralhadora mandaram o motorista descer e colocaram fogo no final da linha 607 (Estação Vilarinho/Esplendor). Os criminosos deixaram um bilhete afirmando que o crime é em repressão a uma prisão irregular que ocorreu na cidade em data anterior.

O crime aconteceu na rua 41, no bairro Casa Branca. O Corpo de Bombeiros foi acionado para realizar o combater as chamas. Não há vítimas. A perícia da Polícia Civil também foi acionada para o local.

Reprogramação do início da operação

A Empresa de Transporte e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) informou que em função do incêndio criminoso em ônibus do transporte municipal, as empresas concessionárias do transporte coletivo de BH informaram que estão reprogramando o início da operação dessa quinta-feira, nas estações Vilarinho e Venda Nova.

Assim, o inicio das operação comerá as 6 da manhã. A decisão é justificada pela necessidade de preservar a segurança de passageiros e motoristas e tem a orientação das forças de segurança.

Outros ataques

Deste a quarta-feira (9), criminosos colocaram fogo em pelo menos cinco ônibus coletivos em Belo Horizonte, Vespasiano e Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana.

O primeiro incêndio criminoso ocorreu na quarta-feira (9), a coletivo da linha 5502C (Pousada Santo Antonio), por volta de 21h, também no bairro Jardim Vitória, na Região Nordeste de Belo Horizonte

A Polícia Militar (PM) informou três suspeitos renderam o motorista, mandaram que ele saísse do ônibus e atearam fogo. Eles afirmaram que o ato era o cumprimento de uma ordem dada por detentos da Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Grande BH.

No mesmo bairro, outro incêndio foi registrado na sexta-feira (11), um coletivo da linha 825 (Estação São Gabriel / Vitória II via UPA Nordeste) foi cercado por dois carros quando passava por uma rotatória quando. Os criminosos ordenaram que todos descessem e atearam fogo.

Já no sábado, um outro ataque ocorreu desta vez no bairro Jardim Felicidade, na Região Norte. Um coletivo da linha 711 (Estação São Gabriel/Solimões) foi incendiado na Rua Josefina Guimarães Vieira, 2505, por volta das 23h. O fogo chegou a ameaça residência, mas foi controlado pelos militares que usaram aproximadamente 4500 litros de água. O motorista do ônibus relatou que três indivíduos invadiram o veículo, mandaram que as pessoas saíssem do veículo e atearam fogo.

E por fim, mais um ônibus foi incendiado por criminosos na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Desta vez, o crime ocorreu na noite desta segunda-feira (14), Vespasiano. A Polícia Militar (PM) informou que dois bandidos entraram armados e renderam o motorista, que estava sozinho, depois, o motorista desceu do ônibus e o bando colocou fogo no veículo.

470 Publicações

Sobre
Editora do Por Dentro de Minas responsável pela sessão de notícias Gerais.
Artigos
Relacionados
Gerais

Suspeito de atirar em policial civil é preso em flagrante em Belo Horizonte

Foram apreendidas drogas e material ligado ao comércio de entorpecentes
Gerais

Governo de Minas conclui a entrega de 100% das vacinas contra covid-19 às regionais de saúde do Estado

Entrega em tempo recorde permitirá a vacinação de forma célere dos primeiros grupos prioritários nos 853 municípios mineiros
Gerais

Dois suspeito são procurado por estelionato e falsificação de documentos públicos em Sete Lagoas

Foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão e sete mandados de prisão

Deixe uma resposta

×
Gerais

Ônibus é incendiado por criminosos em Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte