Trio que praticava roubos com uniforme da Polícia Civil é preso

Suspeitos se passavam por investigadores da Polícia Civil, abordando vítimas nas ruas e em suas casas
Trio que praticava roubos com uniforme da Polícia Civil é preso – Foto: Divulgação/PCMG
Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)
Trio que praticava roubos com uniforme da Polícia Civil é preso – Foto: Divulgação/PCMG

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu, na última semana, em Belo Horizonte, três homens suspeitos de envolvimento com roubos de veículos, residências e cargas. De acordo com as investigações, iniciadas há um mês, eles se passavam por investigadores da Polícia Civil, abordando vítimas nas ruas e em suas casas.

Em coletiva de imprensa, na manhã desta terça-feira (21), o delegado Diego Matos, da Divisão Especializada em Prevenção e Investigação a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DEPIFRVA), informou que em uma tentativa de roubo ocorrida na região leste, os suspeitos chegaram a entrar na casa da vítima, que suspeitou das informações apresentadas e, por isso, eles não conseguiram efetuar a subtração.

Por meio de imagens do circuito de segurança do local, foi possível identificar o veículo utilizado pelos suspeitos. O automóvel, roubado no mês passado, foi clonado na tentativa de dificultar a identificação.

Posteriormente, a PCMG identificou que o trio estava envolvido no roubo de uma carga de rede varejista, que aconteceu na região da Pampulha, no início deste mês. Na semana passada, os suspeitos foram abordados no bairro 1º de Maio, Região Norte da Capital, com o veículo clonado e com outro automóvel que também estava sendo utilizado por eles para cometimento dos crimes.

Além dos veículos, foram apreendidos um simulacro de arma, celulares, a camisa da PCMG e uma bolsa que aparece com um dos suspeitos em imagens de circuito de segurança. “Pelo histórico dos suspeitos, que possuem muitas passagens por crimes contra o patrimônio, mais as informações obtidas, as gravações e as provas angariadas durante o flagrante, podemos concluir que esses três indivíduos estavam utilizando a vestimenta da Polícia Civil para consumar os crimes”, afirmou o delegado.

Os suspeitos foram autuados por receptação, adulteração de sinal identificador de veículo e associação criminosa. As investigações continuam para apurar outros crimes em que o trio possa estar envolvido e a participação de outros indivíduos.

Total
1
Comp.
Reportagem Anterior

Governador anuncia antecipação do pagamento da 2ª parcela do salário dos servidores

Próxima Reportagem

Você é motorista de app? Confira dicas para reorganizar sua renda familiar!

Postagens Relacionadas