Polícia apreende centenas de bebidas com indícios de falsificação em BH

Produtos seriam distribuídos em bares de Belo Horizonte
Polícia apreende centenas de bebidas com indícios de falsificação em BH - Foto: Divulgação/PCMG
Polícia apreende centenas de bebidas com indícios de falsificação em BH – Foto: Divulgação/PCMG
Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)
Polícia apreende centenas de bebidas com indícios de falsificação em BH - Foto: Divulgação/PCMG
Polícia apreende centenas de bebidas com indícios de falsificação em BH – Foto: Divulgação/PCMG

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) localizou um depósito de bebidas de origem duvidosa, no bairro Andiroba, região Nordeste da capital, nessa terça-feira (21). Foram apreendidas no local mais de 300 garrafas de whisky, vodka, tequila e gin de marcas nacionais e importadas, suspeitas de falsificação. Levantamentos preliminares indicam que os produtos seriam distribuídos em bares de Belo Horizonte, principalmente, nas regiões Leste e Nordeste.

Conforme verificado, a estrutura era improvisada na garagem do imóvel. Além das bebidas, a equipe encontrou alguns selos da distribuidora. Segundo o Delegado João Francisco Barbosa Neto, titular da 3ª Delegacia de Polícia Civil – Leste, as investigações prosseguem para identificar os envolvidos. “Além disso, vamos apurar a procedência das bebidas, a forma como são falsificadas e quem são os receptadores”, informa, ao adiantar que a PCMG já chegou ao suspeito de ser o responsável pelo depósito.

Ainda de acordo com o Delegado, essa prática ilícita está prevista no artigo 272 do Código Penal, com pena de quatro a oito anos de prisão e multa – “Corromper, adulterar, falsificar ou alterar substância ou produto alimentício destinado a consumo, tornando-o nociva à saúde ou reduzindo-lhe o valor nutritivo”, e multa. A responsabilização alcança quem fabrica, tem em depósito para vender e/ou comercializa os itens.

Total
0
Comp.
Reportagem Anterior

Neste sábado tem a live "Samba Prime em Casa" com Sorriso Maroto e apresentação de Gominho

Próxima Reportagem

EMGD investe quase meio bilhão e reforça sua busca pela redução das desigualdades sociais do Norte de Minas

Postagens Relacionadas