ELEIÇÕES 2020Veja os 15 nomes dos candidatos a Prefeito em Belo Horizonte saiba mais
Gerais

Polícia prende dois suspeitos de estelionato e apreende documentos falsos em BH

Polícia prende dois suspeitos de estelionato e apreende documentos falsos em BH
Polícia prende dois suspeitos de estelionato e apreende documentos falsos em BH - Foto: Divulgação/PCMG
Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)
Polícia prende dois suspeitos de estelionato e apreende documentos falsos em BH

Polícia prende dois suspeitos de estelionato e apreende documentos falsos em BH – Foto: Divulgação/PCMG

Em uma abordagem policial realizada nessa segunda-feira (25), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu dois suspeitos de estelionato, em Belo Horizonte. Com eles, foram apreendidos diversos documentos falsos, como carteiras de identidade e atestados médicos, medicamentos, maconha, nove celulares, um automóvel e outros materiais.

O Delegado Sérgio Belizário, titular da Delegacia Especializada em Investigação de Crimes Contra a Ordem Tributária, do Departamento Estadual de Combate à Corrupção e a Fraudes, explica que a percepção que os policiais civis tiveram ao visualizarem a dupla foi fundamental para o resultado da ação. “Os policiais estavam fazendo a diligência investigativa de crimes contra a ordem tributária, quando ao passarem na Av. Contagem, avistaram dois indivíduos suspeitos dentro de um veículo. Quando eles viram os policiais, tentaram ligar o carro, mas foram abordados a tempo”, detalhou.

O material apreendido foi recolhido tanto no veículo em que os homens estavam quanto na residência de um deles. Além de documentos falsos, também havia chips de telefones celulares. “Um deles já até trabalhou em uma empresa de telefonia celular, então ele sabe como cadastrar chip em CPF de terceiros”, explicou o Delegado. Há suspeita ainda de clonagem de cartões, pois foram apreendidos vários cartões de crédito e débito.

A PCMG continuará as investigações, mas Sérgio Belizário explica que tudo indica que eles são suspeitos de falsificação de documentos e vendas de atestado médico falso, de chips, de medicamentos ilícitos e entorpecentes, visto que foram encontradas conversas de pessoas fazendo encomendas de remédios, drogas e documentos falsificados com eles. “Um tem passagem por estelionato, outro por furto e, pelo material apreendido, pela conversa com eles e pelo nosso know-how, percebemos que eles já vêm praticando e possuem vasto conhecimento no mundo do crime”, concluiu Belizário.

7940 Publicações

Sobre
A Por Dentro de Minas é um portal que traz as principais notícias do Estado de Minas Gerais.
Artigos
Relacionados
Gerais

Polícia desarticula esquema de sonegação fiscal em operação conjunta em Minas

Operação é a terceira fase cuja investigação teve início nas operações Irmandade e Nerd, de 2018
Gerais

DER-MG prorroga prazo para indicação de condutor infrator e defesa prévia

Procedimentos podem ser realizados pelo site do departamento
Gerais

Fhemig abre vagas para contratações emergenciais em Patos de Minas e Belo Horizonte

Seleção busca profissionais para atuar no enfrentamento à covid-19

Deixe uma resposta