Redes Sociais

Outros Esportes

Rally dos Sertões: Mineiros colocam dois carros em disputa

Chegou a hora tão esperada para Lucas Teixeira/Rafael Dias e Antonio Carlos Teixeira/Emerson Etechebere. Neste domingo, 04, as duas duplas darão início ao compromisso assumido de lutar pelo pódio do segundo maior rali do mundo.

O aquecimento já foi feito! Neste sábado, 03, foi realizado o prólogo para definir a ordem de largada da primeira etapa do 24º Rally dos Sertões. A tomada de tempo é de praxe antes do início das provas do rali cross-country e também serve como um espetáculo para o público – que tem a oportunidade de assistir ao rali bem de perto. O circuito de 2,7 quilômetros foi traçado dentro de um condomínio fechado em construção, na Cidade Alpha Goiás.

A equipe HND Racing está com dois carros no Rally dos Sertões: Lucas Teixeira e Rafael Dias aceleram um protótipo Sherpa pela categoria Pró Brasil, e Antonio Carlos Teixeira e Emerson Etechebere, estão a bordo de uma Mitsubishi L200 RS, pela Super Production. Eles começam o certame na seguinte ordem de largada: 15ª (4ª na categoria), e 36ª (8ª na categoria) posições, respectivamente.

O prólogo não contabiliza tempo no ranking acumulado, portanto, os participantes se sentem mais a vontade para adotar uma tocada menos agressiva, e apenas aquecer os braços e pernas. “Também serve para dar uma aliviada na tensão, sentir o desempenho do carro e dar aquela respirada mais profunda”, disse Lucas. “Por ser minha estreia no Sertões, estou bem satisfeito com meu desempenho neste primeiro desafio. Andamos consciente, com segurança e esperamos manter uma performance mais constante até o final do rali”, concluiu.

O grid do Rally dos Sertões está composto por 146 veículos (entre motos, quadriciclos, UTVs e carros). É sabido que nem todos concluem o roteiro, devido o alto nível técnico e dificuldades dos obstáculos encontrados pelo caminho. A distância até Palmas (TO) é grande: 3.212 quilômetros, e a HND Racing garante que está pronta para alcançar o pórtico de chegada.

“Começou mais um Sertões e esta é minha quarta participação. Viveremos um dia por vez, acelerando forte, mas de forma que não exceda os limites dos veículos. A força e o sincronismo do conjunto – piloto, navegador e carro – fará toda a diferença. Neste domingo, teremos os primeiros 364 quilômetros, sendo que deles, 112 quilômetros serão na busca pelo menor tempo. Nossa luta é pelo melhor resultado”, afirmou Antonio Teixeira.

O município de Padre Bernardo é o destino da primeira etapa. De acordo com a organização do evento, a Dunas Race, o rali começa com muitas subidas e descidas, em uma região montanhosa, com trilhas estreitas e sinuosas, abismos dos dois lados e tops sem visão. Entre cascalho e piçarra, os off-roaders passarão por setores de média velocidade, com poucas retas e poeira intensa.

As cidades que receberão a caravana da competição em 2016 são: Padre Bernardo (GO), Cavalcante (GO), Posse (GO), Luís Eduardo Magalhães (BA), Mateiros (TO) e Ponte Alta (TO). Do trajeto completo, 2.357 quilômetros são de trechos cronometrados (74% do percurso).

Programação – 24º Rally dos Sertões

04 de setembro – Etapa 1
Goiânia (GO) – Padre Bernardo (GO)
Deslocamento inicial: 248,43 Km
Trecho especial: 111,79 Km
Deslocamento final: 4,32 metros
Total do dia: 364,54 km

05 de setembro – Etapa 2
Padre Bernardo (GO) – Cavalcante (GO)
Deslocamento inicial: 34,27 km
Trecho especial: 374,84 km
Deslocamento final: 9,19 km
Total do dia: 418,3 quilômetros

06 de setembro – Etapa 3
Cavalcante (GO) – Posse (GO)
Deslocamento inicial: 22,95 km
Trecho especial: 376,41 km
Deslocamento final: 244,12 km
Total do dia: 643,48 km

07 de setembro – Etapa 4
Posse (GO) – Luís Eduardo Magalhães (BA)
Deslocamento inicial: 14,62 km
Trecho especial: 361,94 km
Deslocamento final: 183,59 km
Total do dia: 560,15 km

08 de setembro – Etapa 5
Luís Eduardo Magalhães (BA) – Mateiros (TO)
Deslocamento inicial: 35,47 km
Trecho especial: 425,67 km
Deslocamento final: 0
Total do dia: 461,14 km

09 de setembro – Etapa 6
Mateiros (TO) – Ponte Alta (TO)
Deslocamento inicial: 0 km
Trecho especial: 514,98 km
Deslocamento final: 5,97 km
Total do dia: 520,95 km

10 de setembro – Etapa 7
Ponte Alta (TO) – Palmas (TO)
Deslocamento inicial: 4,61 km
Trecho especial: 191,54 km
Deslocamento final: 47,46 km
Total do dia: 243,61 km

Para ler mais notícias do Por Dentro de Minas, clique em esporte.pordentrodeminas.com.br. Siga também o Por Dentro de Minas no Twitter e Facebook e pelo RSS.

Continua lendo
Publicidade
Comentar

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Outros Esportes

Minas Gerais anuncia seleção de pôquer que disputará Campeonato Brasileiro em São Paulo

Seleções estaduais contam com um técnico e seis jogadores

Minas definiu a seleção de pôquer que representará o estado no CBPE (Campeonato Brasileiro de Pôquer por Equipes), que será disputado nos dias 19 e 20 de julho, no WTC Sheraton, em São Paulo.

Participante do CBPE desde a primeira edição, Minas Gerais terá um time de peso para a disputa. O técnico Marcelo Lanza escolheu Wilson Otero, Peter Patrício (Pitão), Fábio Issa, Marcio Felipe Dornas, Matheus Cunha e a primeira mulher campeã de um BSOP Gabriela Belisário para representar os mineiros.

As seleções estaduais contam com um técnico e seis jogadores, tendo entre eles uma mulher e um campeão estadual de pôquer

Disputado desde 2013, o Campeonato Brasileiro de Pôquer por Equipes reúne os maiores nomes do pôquer nacional não em busca de prêmios em dinheiro e sim pela glória máxima de ver o estado que representam no lugar mais alto do pódio.

“O campeonato brasileiro não distribui premiações em dinheiro. Então é muito legal ver os maiores jogadores do Brasil tão empolgados com um torneio desses, porque é uma das oportunidades que eles têm de representar seus estados e jogar em equipe. Mostra que o pôquer se mantém competitivo mesmo sem premiações em disputa”, afirma Ueltom Lima, presidente da CBTH (Confederação Brasileira de Texas Hold’em), entidade máxima do pôquer no Brasil e reconhecida pelo Ministério do Esporte, e organizadora da competição.

Nesta edição, serão 20 equipes participantes: Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia e Acre (estes dois últimos disputam de forma conjuta), Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

No passado, os campeões foram Rio de Janeiro (2013), Amazonas (2014), combinado Rondônia/Acre (2015), Santa Catarina (2016) e São Paulo (2017). Esta é a sexta edição.

Continua lendo

Outros Esportes

Belo Dente/Minas supera Sogipa e fica em terceiro lugar no Grand Prix

Na manhã deste domingo, as atletas minastenistas superaram a Sogipa, por 4 a 1, e conquistaram o bronze na competição nacional por equipes.

O domingo (26/11) das judocas do Belo Dente/Minas começou com a presença no pódio do Grand Prix Nacional Interclubes Feminino, realizado no Centro Pan-Americano da Confederação Brasileira de Judô, na cidade de Lauro de Freitas, na Bahia. Nesta manhã, as atletas minastenistas superaram a Sogipa, por 4 a 1, e conquistaram o bronze na competição nacional por equipes. A delegação do Minas contou com as judocas Layana Colman (52kg), Luana Pinheiro (52kg), Kamilla Silva (57kg), Paula Clark Silveira (57kg), Ketleyn Quadros (63kg), Dione Silva Barbosa de Lima (63kg), Sarah Bezerra (70kg), Isadora Pereira (70kg), Millena Silva (70kg) e Isabela Sanches (+70kg).

Após 12 anos de disputa com o formato divido por gêneros (masculino e feminino), a competição passa a ser disputada, a partir do ano que vem, por equipes mistas, e seguirá os moldes da competição aprovada pelo Comitê Olímpico Internacional, que valerá medalha nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. O Grand Prix Masculino foi realizado no fim de semana passado e os minastenistas ficaram na quinta colocação.

Minas 4 x 1 Sogipa – terceiro lugar do Grand Prix Nacional Interclubes Feminino

1ª luta – Layana Colman (52kg) foi vencida por Érika Miranda.
2ª luta – Kamilla Silva (57kg) venceu Gabrielle Gonzaga.
3ª luta – Ketleyn Quadros (63kg) venceu Ryanne Lima.
4ª luta – Sarah Bezerra (70kg) venceu Maria Portela.
5ª luta – Isabela Sanches (+70kg) venceu Claudirene César.

Continua lendo

Outros Esportes

Judocas do Belo Dente/Minas defendem o Brasil em duelo contra Portugal

O Brasil vai disputar, às 19h, no Ginásio do Riacho, em Contagem, mais uma edição do Superdesafio BRA.

Gustavo Assis é um dos cinco judocas que defenderão a seleção brasileira (Foto: Orlando Bento/Minas Tênis Clube)

A seleção brasileira de judô terá, nesta segunda-feira (26/6), mais um importante compromisso internacional. O Brasil vai disputar, às 19h, no Ginásio do Riacho, em Contagem, mais uma edição do Superdesafio BRA. Desta vez, o duelo será contra a seleção de Portugal, que, na próxima semana, participa de um intercâmbio de treinamento no Minas I, juntamente com a seleção da Grã-Bretanha. Os britânicos desembarcam na capital mineira para também participarem do evento Reino Unido na Praça, que será no dia 2 de julho, na Praça da Assembleia.

Clique AQUI e confira todas as informações do evento, que proporcionará à população de Belo Horizonte a oportunidade de vivenciar um pouco das culturas britânica e mineira, por meio da música, da dança, do esporte e da gastronomia.

Para esta edição do Superdesafio BRA, a Confederação Brasileira de Judô (CBJ) convocou os judocas Gustavo Assis (90kg) e Luciano Corrêa (100kg), ambos do Belo Dente/Minas. Além deles, completam a seleção brasileira os atletas Marcelo Fuzita (66kg), Lincoln Kanemoto (73kg) e Vinícius Panini (81kg). A seleção portuguesa será representada pelos judocas André Soares (66Kg), Luís Carmo (73Kg), Carlos Luz (81Kg), Guilherme Salvador (90Kg) e Noel Delgado (90Kg).

Após a competição em Contagem, a seleção de Portugal treina, no Minas I, até o dia 30/6. Já a equipe britânica, desembarca em Belo Horizonte no próximo domingo (25/6). Na segunda-feira (26/6), os ingleses iniciam os treinamentos com a equipe Belo Dente/Minas. A seleção da Grã-Bretanha permanece em Minas Gerais até o dia 9 de julho.

Os atletas britânicos que treinarão em Belo Horizonte são: Scott Thomson (60kg), Eric Ham (73kg), Daniel Powell (73kg), Evan Molloy (73kg), Stuart Mcwatt (81kg), Jamal Petgrave (90kg), Christopher Skelley (100kg), Jack Hodgson (100kg), Wesley Greenidge (100kg), Olivia Piechota (48kg), Lele Nairne (57kg), Acelya Toprak (57kg), Lubjana Piovesana (63kg), Shelley Ludford (70kg). A comissão técnica é formada por Ian Johns (treinador), Matthew Purssey (treinador), Denny Roberts (treinador) e Anna Curnow (fisioterapeuta).

Continua lendo