Domínio alvinegro! Patric marca, Galo bate Fluminense no Maracanã e segue na briga pela ponta



Publicado por Bruno Muniz

Mineiros à vontade no Maracanã! O Atlético foi para o Rio de Janeiro enfrentar o Fluminense em confronto direto pela parte de cima da tabela do Brasileirão 2015. Mas a impressão era que o time alvinegro jogava em Belo Horizonte, se mostrou à vontade em campo e venceu a equipe carioca por 2 a 1 em pleno Maracanã na tarde deste domingo (30). Os gols da vitória alvinegra foram marcados por Giovanni Augusto e Patric, que entrou na etapa final e acabou decidindo a partida. Wellington Paulista descontou para os donos da casa.

O clássico entre o Galo e o Tricolor Carioca marcou um reencontro da equipe alvinegra com o seu ídolo e ex-jogador Ronaldinho Gaúcho. A torcida atleticana gritou o nome do meia e o reverenciou antes do jogo. O meia respondeu como se estivesse tirando o chapéu para os torcedores alvinegros. Um fato curioso marcou a saída dele no segundo tempo, quando foi substituído por Magno Alves. Os torcedores do Fluminense vaiaram, enquanto os atleticanos novamente gritaram o nome de R10 e o reverenciaram mais uma vez.

Com a vitória no clássico na 21ª rodada, a segunda no returno, o Atlético chegou a 42 pontos e continua na vice-liderança do Brasileirão 2015. O Corinthians também venceu na rodada e segue na ponta com 46. Já o Fluminense com a derrota deixou o G4 e agora é o sexto colocado com 33 pontos.

O Galo não terá muito tempo para descansar e já volta a campo na próxima quarta-feira, dia 2 de setembro, quando receberá o Atlético-PR, às 21h, no Independência. O volante Rafael Carioca recebeu o terceiro amarelo no duelo deste domingo e não enfrentará o Furacão. O Fluminense no mesmo dia, porém, às 22h, visitará o Corinthians em outro clássico pela parte de cima da tabela. Os cariocas não contarão para a partida diante dos paulistas com Marlon, que também recebeu o terceiro amarelo.

Galo melhor; Vantagem atleticana no primeiro tempo

O clássico entre Fluminense e Atlético começou com o time alvinegro melhor em campo. Com mais posse de bola, o Galo tomava a iniciativa da partida e controlava as ações. Os cariocas tentavam sair nos contragolpes e buscavam jogar nos erros do adversário.

A primeira chance do jogo foi atleticana aos 11 minutos, quando Thiago Ribeiro arriscou de longe e Diego Cavalieri fez boa defesa mandando para escanteio. O Fluminense respondeu aos 17, quando Gustavo Scarpa apareceu bem pela esquerda e cruzou na medida para Wellington Paulista, que acabou cabeceando para fora.

Ao contrário de alguns jogadores anteiores em que teve maior posse de bola, mas sem eficiência nas finalizações, o Atlético desta vez caprichou um pouco mais e conseguiu abrir o placar. Aos 21 minutos, Luan recebeu na direita do argentino Lucas Pratto e cruzou na medida para o meia Giovanni Augusto desviar de cabeça para o fundo do gol de Diego Cavalieri. 1 a 0.

Depois dos 30 minutos, o Galo começou a tocar muito a bola e sem conseguir tanto finalizar. O Fluminense estava bem postado na defesa e dava tantos espaços para os mineiros. Mesmo assim, Giovanni Augusto quase fez o segundo gol alvinegro em bola parada. Aos 38 minutos, o meia cobrou falta pela esquerda direto para o gol e a bola saiu por muito pouco no lado direito do gol de Cavalieri.

No finalzinho, o Fluminense melhorou no jogo,  se aproveitou de erros bobos do Atlético e começou a gostar do jogo. A torcida também, que estava impaciente, começou a se animar. Aos 42 minutos, Jean recebeu pela direita, entrou na área e finalizou pra fora com perigo. Mas não teve jeito, o Galo deixou o primeiro tempo com a vantagem no placar. 1 a 0.

Desatenção atleticana e gol relâmpago; Patric entra e decide

O Fluminense voltou para a etapa final mudado com Gerson entrando na vaga de Victor Oliveira. A equipe carioca entrou animada, enquanto o Atlético entrou desligado. Não foi a toa que com apenas um minuto do segundo tempo já saiu o gol de empate. Após belo lançamento de Gum, a defesa atleticana cochilou e mal posicionada viu Wellington Paulista receber sozinho na cara do gol, ele tocou na saída de Victor e marcou. 1 a 1.

Após levar o gol, o Galo acordou e voltou a comandar as ações da partida. Aos poucos, o Atlético começou a chegar com perigo, mas continuava errando muitos passes. Aos 13 minutos, Giovanni Augusto tentou de falta e Diego Cavalieri fez boa defesa. Três minutos depois, Pratto apareceu bem na área e após cruzamento de Marcos Rocha tentou de cabeça, mas mandou pra fora.

O técnico Levir Culpi resolveu promover a primeira mudança na partida. Ele tirou Thiago Ribeiro, que já estava cansado, e colocou Dátolo. No primeiro lance dele em campo, aos 21 minutos, Dátolo cobrou escanteio pela esquerda e Leonardo Silva cabeceou com muito perigo por cima do gol, a bola passou raspando o travessão.

O treinador atleticano resolveu fazer outra alteração  no jogo, ele tirou Luan e colocou o lateral Patric. Já no Fluminense, Enderson Moreira queimou a regra 3 tirando de campo Ronaldinho Gaúcho, que saiu ovacionado pelos atleticanos e vaiado pelos torcedores cariocas, e mandou a campo em seu lugar o experiente Magno Alves. E a estrela de Levir Culpi acabou brilhando.

Após 11 minutos em campo, aos 37, Patric acabou garantindo a vitória atleticana no Maracanã. Após linda tabela com o outro lateral-direito do Galo, Marcos Rocha, Patric recebeu na área e de canhota mandou para o fundo do gol. 2 a 1.

O Fluminense tentou ir pra cima no final para tentar o empate, mas deu espaços e quase o Atlético conseguiu o seu terceiro gol. Aos 43 minutos, Giovanni Augusto partiu em velocidade pela esquerda, invadiu a área, mas Cavalieri saiu do gol e conseguiu fazer a defesa. No minuto seguinte, Patric limpou bem a jogada e arriscou de fora da área, ele acertou belo chute, mas a bola foi pra fora e com muito perigo.

No finalzinho do jogo, o Galo ainda levou um susto no Maracanã. Aos 46 minutos, Vinícius cobrou falta na área, Victor saiu errado e Cícero cabeceou para o gol, a bola bateu no travessão e voltou nas mãos do goleiro atleticano. Fim de jogo e vitória atleticana no Rio de Janeiro. 2 a 1.

Veja a ficha técnica do jogo:

FLUMINENSE 1 X 2 ATLÉTICO

Motivo: 21ª rodada do Brasileirão 2015 (segunda do returno)
Data/horário: 30/08/2015, domingo, às 16h
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Auxiliares: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Kleber Lucio Gil (SC)

Gols: Giovanni Augusto (ATL), 21min 1ºT, Wellington Paulista (FLU), 1min 2ºT, Patric (ATL), 37min 2ºT

Cartões amarelos: Lucas Pratto, Rafael Carioca e Luan (Atlético); Marlon, Cícero e Wellington Paulista (Fluminense)

Fluminense: Diego Cavalieri; Renato (Vinícius), Gum, Marlon e Victor Oliveira (Gerson); Edson, Jean, Gustavo Scarpa, Ronaldinho Gaúcho (Magno Alves) e Cícero; Wellington Paulista. Técnico: Enderson Moreira.

Atlético: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete, Luan (Patric), Giovanni Augusto e Thiago Ribeiro (Dátolo); Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi.

Total
0
Shares

Relacionados
Total
0
Compartilhar