Reverteu! Coelho bate Galo no Independência e sai em vantagem na final do Mineiro



Com dois de Danilo, Coelho levou a melhor sobre o Galo no primeiro jogo da final do Mineiro – Foto: Doug Patrício
Com dois de Danilo, Coelho levou a melhor sobre o Galo no primeiro jogo da final do Mineiro – Foto: Doug Patrício

Invicto! Assim continua o América no Independência em 2016. Com boa atuação, o time alviverde derrotou o Atlético por 2 a 1 na tarde deste domingo (1) no primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro 2016. Danilo, que entrou na primeira etapa no lugar de Tiago Luís lesionado, e mostrou muita estrela. Ele fez os dois gols da vitória americana. O time alvinegro descontou no último minuto com Lucas Pratto e se manteve bem vivo na disputa pelo título mineiro.

Com a vitória por 2 a 1, o Coelho reverteu a vantagem do rival e jogará pelo empate na grande final do Mineiro na semana que vem. Já o Galo, com o gol no finalzinho do jogo, melhorou um pouco a situação e precisará de uma vitória simples para ficar com a taça. Os dois times tem problemas em relação a lesões. Durante o jogo, o meia Tiago Luís e o volante Pablo, ambos do América, e o lateral-esquerdo Douglas Santos, do Atlético, saíram de campo lesionados.

Antes de focar na decisão do estadual, o Atlético muda o foco para outro duelo decisivo. O time alvinegro receberá o Racing-ARG pelas oitavas da Libertadores na próxima quarta-feira (4), às 21h45, no Independência. Com o empate sem gols no primeiro jogo, o Galo só precisará de uma vitória simples diante dos argentinos para ficar com a vaga nas quartas de final. Já o Coelho não joga no meio de semana e só volta a atuar pela Copa do Brasil daqui a duas semanas.

Vantagem alviverde

O primeiro tempo entre América e Atlético não foi bom com muitos erros de passes dos dois times e pouca criatividade. Resumindo, o Galo começou melhor o jogo e tentou ir pra cima, mas aos poucos o Coelho cresceu no jogo e passou a ser melhor em campo.

Um susto marcou o primeiro tempo do clássico. O meia americano Tiago Luís caiu em campo aos 16 minutos, ele sentiu um tontura e se mostrava grogue. Mesmo assim, tentou permanecer em campo, porém logo depois caiu de novo e teve que deixar o Independência de ambulância. Danilo acabou entrando em seu lugar e teria um papel importante no primeiro tempo.

O Coelho teve as melhores chances da etapa inicial. A defesa atleticana muito desligada em campo dava espaços para os americanos. Claudinei aproveitou isso e arriscou chute de fora da área, Victor espalmou bem. Clayton até tentou responder para o Galo pouco depois de cabeça, mas a bola foi para fora. Aos poucos, o América ia aproveitando os espaços e dando trabalho para Victor.

O gol de empate americano saiu aos 33 minutos, quando Danilo recebeu na área pela esquerda e bateu firme para abrir o placar. Pois é, entrou no lugar de Tiago Luís para acabar marcando o gol americano. Primeiro tempo com vantagem para o time alviverde.

Nada definido

O Atlético voltou mudado para a etapa final com o argentino Lucas Pratto entrando no lugar de Patric. Apesar disso, o time alvinegro continuou desligado em campo, enquanto a equipe alviverde estava ligadaça e rapidamente ampliou o marcado. Danilo, que entrou no lugar de Tiago Luís, recebeu na área de novo pela lado esquerdo e finalizou cruzado, a bola desviou na zaga e enganou Victor. Segundo gol de Danilo no jogo, que mostrou muita estrela.

Depois do segundo gol, o Galo passou a pressionar mais. Já o Coelho deu uma certa recuada e passou a se defender mais. Os dois times sofreram com perdas de jogadores por lesão. O América, que já tinha perdido, Tiago Luís, viu o volante Pablo também sair machucado e dar lugar ao zagueiro Artur. Já o Atlético perdeu o lateral-esquerdo Douglas Santos, Carlos César entrou em seu lugar.

O dia não parecia ser do atacante Hyuri. Depois de furar uma bola embaixo do gol e perder um gol na cara de João Ricardo, ele conseguiu boa cabeçada, mas João Ricardo fez grande defesa. O Atlético foi pressionando como podia. Aos 44 minutos, o árbitro marcou pênalti após cruzamento de Carlos César. Segundo o juiz a bola bateu no braço de Leandro Guerreiro. Robinho cobrou e João Ricardo novemente defendeu. Que dia do goleiro americano.

Apesar da luta do Coelho na defesa, o velho ditado “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura” entrou em ação. No último minuto de jogo, Pratto recebeu na área e bateu no cantinho para manter o Galo mais vivo do que nunca na briga pelo título. Mesmo assim, o América reverteu a vantagem e poderá empatar no jogo de volta.

Ficha técnica do jogo

AMÉRICA 2 X 1 ATLÉTICO

Motivo: 1º jogo da final do Mineiro 2016
Data/horário: 01/05/2016, domingo, 16h
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Auxiliares: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ)

Gols: Danilo (AME), 33min 1ºT e 5min 2ºT, Lucas Pratto (ATL), 48min 2ºT

Cartão amarelo: Alison

América: João Ricardo; Pablo (Artur), Alison, Sueliton e Bryan; Leandro Guerreiro, Claudinei, Rafael Bastos (Ernandes) e Tiago Luís (Danilo); Osman e Borges. Técnico: Givanildo Oliveira.

Atlético: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Erazo e Douglas Santos (Carlos César); Rafael Carioca, Leandro Donizete, Hyuri, Robinho e Patric (Lucas Pratto); Clayton (Juan Cazares). Técnico: Diego Aguirre.

Total
0
Shares

Relacionados
Total
0
Compartilhar