O Por Dentro de Minas é um portal de notícias de Belo Horizonte e todo o estado de MG. Últimas notícias, informações em tempo real do trânsito, previsão do tempo, agenda cultural, emprego, colunas, blogs e coberturas especiais.

Escola Livre de Artes tem 2 mil vagas abertas com cursos gratuitos

São oferecidas cerca de 2 mil vagas em todas as áreas artísticas e culturais da Escola
Por Dentro de Minas - Google News

A Secretaria Municipal de Cultura e a Fundação Municipal de Cultura abriram inscrições para as atividades da Escola Livre de Artes Arena da Cultura do segundo semestre de 2021. Em continuidade à proposta de formação artística Escola Expandida, iniciada no ano passado, a Escola seguirá com atividades formativas em artes e cultura exclusivamente no modelo virtual, diante do contexto de distanciamento social e cuidados ainda fundamentais para o combate à pandemia da Covid-19.

publicidade

São oferecidas cerca de 2 mil vagas em todas as áreas artísticas e culturais da Escola – artes visuais, audiovisual, bastidores das artes, circo, dança, design popular, gestão e produção cultural, música, patrimônio cultural e teatro –, além de encontros virtuais voltados para estudos sobre cultura da infância e formações voltadas para crianças. Neste semestre, ainda estão previstas novas atividades construídas no contexto de cada uma das regionais da cidade.

As inscrições para as atividades virtuais são gratuitas e podem ser feitas até 2 dias úteis antes da aula inaugural de cada ação formativa. O link para inscrição e a relação de todas as atividades disponíveis, e suas respectivas datas podem ser acessados no site pbh.gov.br/escolalivredeartes. Todas as aulas serão ministradas através da plataforma de Educação Aberta à Distância – EAD (ead.pbh.gov.br), desenvolvida pela Prefeitura.

Serão mais de 75 diferentes ações de formação artística e cultural ofertadas, entre rodas de conversa, workshops, oficinas, laboratórios de pesquisa, minicursos e estudos complementares em cada uma das áreas artísticas citadas, além do módulo transversal que contempla conteúdos das 10 áreas abrangidas pela ELA-Arena em uma só atividade, e a as ações formativas da Cultura da Infância.

Os interessados em participar das ações formativas, que têm vagas limitadas, devem ter pelo menos 14 anos. Há ainda algumas atividades voltadas para todas as idades, com protagonismo das crianças. Caso o número de inscritos exceda o número de vagas disponíveis, será feita uma seleção pautada pelos critérios de assiduidade, pontualidade, presença qualificada e contribuição para o grupo de trabalho nos primeiros encontros.

“A Escola Livre de Artes Arena da Cultura segue buscando expandir possibilidades de troca de saberes e conhecimentos, dando continuidade às atividades da Escola Expandida, com atividades virtuais em distintos percursos formativos e uma ampla oferta de atividades que passam pelas diversas linguagens artísticas. Paralelamente ao desenvolvimento dessas atividades on-line, que desde o ano passado têm gerado importantes resultados, garantindo a manutenção de vínculos, nos preparamos para a realização, nos próximos meses, de aulas ao ar livre, de maneira gradual e respeitando protocolos de segurança específicos para a formação artística e cultural”, afirma Bárbara Bof, diretora de promoção dos direitos culturais, da Fundação Municipal de Cultura.

Nova frente

Para este semestre, também está sendo construída uma nova frente de trabalho entre a ELA-Arena e os Centros Culturais da Prefeitura de Belo Horizonte, também geridos pela Fundação Municipal de Cultura. Trata-se da oferta de novas atividades construídas a partir do contexto das nove regionais da cidade, compondo a programação em rede dos Centros Culturais. As músicas e memórias dos territórios descentralizados, a expansão do universo audiovisual e o fortalecimento de coletivos e artistas locais são exemplos que compõem essa frente de trabalho.

Além das atividades da Escola Expandida, a ELA-Arena tem planejado uma fase 2, para ser executada ainda no segundo semestre, com a retomada de encontros presenciais ao ar livre, seguindo protocolos de segurança validados pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19 da Prefeitura de Belo Horizonte. Nessa fase 2 pretende-se, ainda, ofertar experiências presenciais articuladas às aulas virtuais de estudantes dos cursos de longa duração. Esses círculos presenciais ao ar livre, com pequenos grupos, também poderão ocorrer nas unidades culturais descentralizadas que compõem a ELA-Arena.

A Escola Livre de Artes Arena da Cultura

A Escola desenvolve atualmente cursos e oficinas em 10 áreas culturais. Cada uma destas áreas conta com um coordenador, que é responsável por propor, acompanhar e avaliar os trabalhos desenvolvidos pelos alunos. A ELA-Arena dispõe, ainda, de uma equipe pedagógica formada por profissionais que dinamizam os processos formativos, conceituais e metodológicos. Estes educadores promovem uma reflexão permanente em cada uma das áreas de atuação da Escola, visando ao aprimoramento do ciclo formativo. Em 2018 a ELA-Arena formalizou uma parceria com o Núcleo de Produção Digital (NPD-BH) e passou a desenvolver minicursos de capacitação e formação na área audiovisual, além de outros percursos formativos.

Nos últimos anos, a ELA-Arena vem se destacando como uma das mais importantes escolas públicas e gratuitas de formação artística e cultural do país. Em 2018, a Escola disponibilizou cerca de 4 mil vagas, ao todo, em cursos e oficinas de arte. Esse número cresceu para cerca de 4,6 mil, em 2019. Em 2020, mesmo com a pandemia de Covid-19, houve a inédita implementação da Escola Expandida, com o desenvolvimento de 238 atividades, que somaram mais de 25 mil atendimentos virtuais.

Serviço

Escola Livre de Artes Arena da Cultura – Escola Expandida
Inscrições 2º Semestre 2021
www.pbh.gov.br/escolalivredeartes
Inscrições gratuitas
Informações para o público: [email protected]

Total
8
Shares

Relacionados