Todas as exposições são gratuitas e vão até o dia 22

 

A programação do Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana conta com um Circuito Expositivo rico em temas, suportes e artistas. A Tropicália, tema do festival, perpassa as mostras e relembra que o movimento não foi pioneiro apenas na música, mas também nas artes plásticas e em outras formas de expressão artística.

Um dos destaques é a exposição coletiva Opinião 2018 – Ouro Preto e Mariana, que resgata a exposição Opinião 65 e trata dos temas identidade nacional, a liberdade e a resistência, apresentando várias vertentes artísticas, pode ser visitada na Casa dos Contos, em Ouro Preto, e na Centro Cultural SESI, em Mariana. A mostra Espaço Tropicália, no Centro Cultural SESI, em Ouro Preto, propicia uma imersão no universo Tropicalista por meio de textos, objetos, fotos, imagens, obras e o que mais a imaginação conseguir reunir sobre a época e o movimento. A coletiva MEMÓRIA FAOP – anos 70, na Galeria de Arte Nello Nuno, reúne artistas, professores e alunos da primeira década de atividades da Fundação de Arte de Ouro Preto, que viveram e participaram da Tropicália. Na Sala Manoel da Costa Ataíde, no Anexo do Museu da Inconfidência, o Coletivo Olho de Vidro traz a exposição de fotografias Onde o povo Mina-Jeje, nação africana que viveu em Ouro Preto entre os séculos 18 e 19. Na Sala Ivan Marquetti, no GLTA, a exposição Rizoma – Mostra Nômada Multimídia de Arte Contemporânea traz obras de mulheres, tratando de identidade e das lutas do universo feminino, arte como política social e forma de empoderamento e visibilidade feminina. Na Casa de Gonzaga, artistas de Santa Rita de Ouro Preto, que trabalham a pedra-sabão trazem seus sonhos e anseios à sede do município expõem Arte em Pedra Sabão. No Centro de Convenções, no Salão Diamantina, a Feira de Tradições Populares reúne artistas e artesãos da região em ateliê especialmente criado para o Festival.

Todas as exposições têm entrada franca.

Serviço

Circuito Expositivo do Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana

Coletiva Opinião 2018 – Ouro Preto
Artistas Expositores: Ana Célia Teixeira, Ana Fátima Carvalho, Ana Paula Alves Souza, Anna Amélia Lopes de Oliveira, César Teixeira Carvalho, Cláudio José Ribeiro Alvim, Conceição Rodrigues Layon, Deivid Junio Moraes, Eduardo Marques dos Reis, Emiliana Marinho Marquetti, Fabiano Rocha Santiago, Felipe de Souza Oliveira, Gabriela Lopes Rangel, Gustavo Bastos Bonfim, Janaína Evangelista Lopes da Silva, Jair Carvalho da Silva Júnior, João Pedro Zuccolotto, José Efigênio Pinto Coelho, José Nelson Oliveira Pereira, José Roberto Moreira, Maria de Lourdes Marques Lana, Maria do Carmo Rocha, Natália Viviane Marques Guedes da Silveira, Paula Alves de Lima, Rachel Falcão, Regiane Aparecida do Espírito Santo, Reginaldo Luiza Cardoso, Rômulo Márcio Ferreira, Tatiana Lopes de Moura Rangel, Thiago Andrello Magalhães Azevedo, Uziel K Rozenwajn.
No Museu Casa dos Contos – Galeria de Arte Principal
Rua São José, 12, Centro – Ouro Preto
De 07 a 29 de julho
Abertura: 07 de julho – 13h

Coletiva Opinião 2018 – Mariana
Artistas Expositores: Arlindo Diorio, Beth Costa, CatinNardi, César Augusto Ferreira Guimarães, Emerson Carvalho, Geraldo do Carmo Teixeira, Luciana Trevisan, Maria do Perpétuo Socorro Eufrásio, Mário Pizzatti, Olga Tukof, Regina Célia Moreira Cunha, Roque Raimundo de Oliveira, Siderlei P., Zizi Sapateiro.
No Centro Cultural SESI Mariana– Sistema FIEMG – Galeria de Arte SESI Mariana
Rua Frei Durão, 22, Centro – Mariana
De 10 a 31 de julho
Abertura 10 de julho – 18h

ESPAÇO TROPICÁLIA – TEMPO E MEMÓRIA
Obras representativas do período Tropicália – Glauco Rodrigues, acervo Angelo Oswaldo, e Rubens Gerchman, acervo Ana Célia Teixeira.
No Centro Cultural e Turístico do Sistema FIEMG- SESI Ouro Preto – Galeria de Arte
Praça Tiradentes, 04, Centro – Ouro Preto
De 06 a 29 de julho
Abertura: 06 de julho – 13h

MEMÓRIA FAOP – anos 70
Artistas Expositores: Amilcar de Castro, Ângela Xavier, Annamélia Lopes, Carlos Wolney, Gélcio Fortes, Guilherme Mansur, Jader Barroso, Jair Afonso Inácio, Jorge dos Anjos, José Efigênio Pinto Coelho, MaduVivacqua, Márcia Valadares, Márcio Sampaio, Nádia Aun, Nello Nuno, José Alberto Nemer, Ney Cokda, Olga Tuckoff, Petrus (Pedro Arcângelo Evangelista), Reginaldo Cardoso, Roberto Sussuca, Luiz Antônio Chiquitão II.
Na Fundação de Arte de Ouro Preto/FAOP – Galeria de Arte Nello Nuno
Rua Getúlio Vargas, 185, Rosário – Ouro Preto
De 09 a 29 de julho
Abertura: 09 de julho – 18h

O Povo Mina Jeje – Coletivo Olho de Vidro
Obras dos fotógrafos Alexandre Martins, Antônio Laia, Eduardo Tropia e Heber Bezerra e do poeta Guilherme Mansur
No Museu da Inconfidência – Sala Manoel da Costa Athaide, Anexo I
Rua Antônio Pereira, 33, Centro – Ouro Preto
De 06 a 26 de agosto
Abertura: 06 de julho – 20h

Rizoma
Produção do Núcleo Municipal da Uniao Brasileira de Mulheres – Ouro Preto
No Grêmio Literário Tristão de Ataíde/GLTA – Galeria de arte Sala Ivan Marquetti
Rua Paraná, 136, Centro – Ouro Preto
De: 12 de julho a 31 de agosto
Abertura: 12 de julho – 09h

Arte em Pedra Sabão
Com artistas e artesãos do distrito de Santa Rita de Ouro Preto
Na Casa de Gonzaga
Rua Cláudio Manoel, 61, Centro – Ouro Preto
De: 09 a 22 de julho
Abertura 09 de julho – 09h

Feira de Tradições Populares
No Centro de Artes e Convenções da UFOP – Salão Diamantina
Rua Diogo de Vasconcelos, 328, Pilar – Ouro Preto
De: 07 a 22 de julho – 14h às 20h30
Abertura 07 de julho – 14h

Confluências
Artistas Expositores: Murilo Viola e Eduardo Faria
No Bangalô de Irene Aconchego das Artes
Rua da Conceição, 02, Praça do Antônio Dias – Ouro Preto
De: 06 a 22 de julho – 5ª a sábado de 13h às 17h

Relacionados

comentários