ELEIÇÕES 2020Veja os 15 nomes dos candidatos a Prefeito em Belo Horizonte saiba mais
Últimas de Variedade

Filarmônica de Minas Gerais inicia turnês por cidades mineiras em Poços de Caldas

Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)

A Filarmônica de Minas Gerais, considerada uma das melhores orquestras do Brasil, dá início nesta semana a uma turnê estadual. O primeiro destino será a cidade de Poços de Caldas, que recebe, nesta sexta-feira (29/6), a partir das 20h, um concerto gratuito no Parque José Affonso Junqueira.

Com as turnês estaduais e seus concertos abertos ao público, a Filarmônica procura contribuir para que um número cada vez maior de pessoas tenha contato com a beleza da música clássica.

Para o maestro associado da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, Marcos Arakaki, “muitas pessoas têm a impressão incorreta de que a música clássica é difícil, mas isso é desmistificado a cada concerto, pois o público se identifica imediatamente com a música”.

Arakaki destaca, também, a importância da região Sul, que tem dois dos 12 conservatórios estaduais de Minas, localizados em Pouso Alegre e Varginha. Poços de Caldas também tem um conservatório municipal. “Os conservatórios públicos têm um papel fundamental na formação musical de jovens e adultos e eles devem ser protegidos e estimulados”, relembra o maestro. “A propósito, um dos músicos da Filarmônica é de Poços de Caldas, e outros quatro são de diferentes cidades do Sul de Minas”, completa.

Programação

O público irá ouvir um repertório diversificado, com obras de compositores exponenciais da música clássica, algumas delas já bastante conhecidas e apreciadas, como a Quinta Sinfonia de Beethoven (primeiro movimento) e o Bolero de Ravel.

O programa traz, ainda, a Música Aquática: Suíte nº 2 em Ré maior, HWV 349 – II. Alla Hornpipe, de Haendel; O rapto do serralho, K. 384: Abertura, de Mozart; Abertura Carnaval Romano, op. 9, de Berlioz; Dança Eslava, op. 46, nº 8, de Dvorák; Dança Húngara nº 1 em sol menor, de Brahms; Trovão e Relâmpago, op. 324, de J. Strauss Jr.

Completam o repertório obras de dois importantes compositores brasileiros: O Guarani: Protofonia, de Carlos Gomes; e Série Brasileira: IV. Batuque, de Nepomuceno. A regência é do maestro Marcos Arakaki, com uma longa trajetória artística tanto na Filarmônica como em outras orquestras de destaque no Brasil e no exterior.

Em turnê

A Orquestra Filarmônica de Minas Gerais já se apresentou em Poços de Caldas em 2008 e 2010. Formada por 90 músicos, a Orquestra, em 10 anos de existência, conta com amplo reconhecimento de público e da crítica especializada e já foi aplaudida por mais de 950 mil pessoas.

​Para a realização das turnês, é essencial o financiamento por meio da renúncia fiscal, usada pelas empresas patrocinadoras.

Este concerto em Poços de Caldas é apresentado pelo Ministério da Cultura, Governo de Minas Gerais e Algar Telecom, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. Conta, ainda, com incentivo da Lei Rouanet e apoio da Prefeitura de Poços de Caldas.

A orquestra

Criada pelo Governo do Estado e gerida pela sociedade civil, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais fez seu primeiro concerto em 2008, há dez anos.

Diante de seu compromisso de ser uma orquestra de excelência, cujo planejamento envolve concertos de série, programas educacionais, circulação e produção de conteúdos para a disseminação do repertório sinfônico brasileiro e universal, a Filarmônica chega a 2018 como um dos mais bem-sucedidos programas continuados no campo da música erudita, tanto em Minas Gerais como no Brasil.

Reconhecida com prêmios culturais e de desenvolvimento econômico, a “nossa Orquestra”, como é carinhosamente chamada pelo público, inicia sua segunda década com a mesma capacidade inaugural de sonhar, de projetar e executar programas valiosos para a comunidade e sua conexão com o mundo.

Números da Filarmônica de Minas Gerais em 10 anos (abril de 2018)
– 965 mil espectadores;
– 745 concertos realizados;
– 990 obras interpretadas;
– 102 concertos em turnês estaduais;
– 38 concertos em turnês nacionais;
– 5 concertos em turnê internacional;
– 90 músicos;
– 527 notas de programa publicadas no site;
– 176 webfilmes (19 com audiodescrição);
– 1 coleção com 3 livros e 1 DVD sobre o universo orquestral;
– 4 exposições itinerantes e multimeios sobre música clássica;
– 3 CDs pelo selo internacional Naxos (Villa-Lobos);
– 1 CD pelo selo nacional Sesc (Guarnieri e Nepomuceno) ;
– 3 CDs independentes (Brahms&List, Villa-lobos e Schubert);
– 1 trilha para balé com o Grupo Corpo;
– 1 adaptação de Pedro e o Lobo, de Prokofiev, para orquestra e bonecos com o Grupo Giramundo.

Serviço

Turnê Estadual – Orquestra Filarmônica de Minas Gerais em Poços de Caldas
Data/horário: 29 de junho de 2018 (sexta-feira), às 20h
Local: Parque José Affonso Junqueira (Poços de Caldas/MG)
Concerto gratuito
Informações: (35) 3697-2335 (Secretaria Municipal de Cultura)

7943 Publicações

Sobre
A Por Dentro de Minas é um portal que traz as principais notícias do Estado de Minas Gerais.
Artigos
Relacionados
Últimas de Variedade

Presentes DIY: 10 dicas para criar presentes que caibam no seu orçamento

Dar presentes para as pessoas que amamos é algo muito gratificante. Sempre pensamos em dar presentes criativos em aniversários, datas comemorativas e…
Últimas de Variedade

Aprenda vender crochê

Que tal transformar o hobbie de fazer crochê em uma fonte de renda extra?  Pois é! Vender crochê pode ser uma ótima…
Últimas de Variedade

Como acertar no presente: dicas para sempre surpreender e encantar

No momento de presentear alguém a maior dúvida que surge em nossa mente é saber como acertar no presente e, essa não…

Deixe uma resposta