Prefeitura recorre contra decisão de suspensão do aumento de tarifas na capital

(Foto: Alex de Jesus/O Tempo/ Estadão Conteúdo)

Nesta terça-feira (4), a Prefeitura de Belo Horizonte entrou com recurso para suspender a liminar que suspendeu o aumento da tarifas de ônibus e de táxi-lotação em Belo Horizonte.

A prefeitura não informou o argumento usado para tentar reverter a liminar. O aumento foi anunciado na última sexta-feira (31), nas passagens da capital e no mesmo dia a 4ª Vara de Fazenda Pública Municipal suspendeu por 180 dias o aumento, a contar da entrega dos documentos da prefeitura da capital em juízo.

Segundo a prefeitura de BH, justificou o aumento para manter o equilíbrio o operacional entre os serviços. O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (Setra-BH) informou que o aumento é o índice de reajuste do transporte público acumulado na capital, desde 2008 não cobre as variações nos valores dos insumos. A empresa considerou o aumento de 51,30% dos pneus, 65,39% dos salários dos motoristas e 62,57% das despesas administrativas, no período citado.

Total
0
Shares

Relacionados