Suspeita de mata mãe de bebê e rouba-lo agiu sozinha, segundo PC

Mulher morre e bebê some (Foto: Reprodução / Facebook)


Foi concluído pela Polícia Civil o inquérito sobre a morte de Patrícia Xavier da Silva, de 21 anos, que foi assassinato em Ponte Nova, na Zona da Mata em Minas.

Patrícia estava grávid de nove meses e teve o filho arrancado da barriga por uma mulher, de 33 anos. Na reconstituição do crime, aponto que Gilmária Silva Patrocínio, agiu sozinha. Ela teria atraído a vítima até um local abandonado, matou-a e roubou a criança.

A suspeita está presa, e se for condenada, pode pegar até 45 anos de prisão.

O crime

A jovem de 21 anos teria sumido depois de um consulta no Hospital Nossa Senhora das Dores. A assessoria da unidade de saúde disse que a mulher esteve no local para uma consulta de rotina, foi atendida e liberada.

O corpo da vítima foi encontrado pelo Corpo de Bombeiro, depois de uma denuncia, e foi encontrado um colchão, restos de alimentos e garrafas de água, levantando a suspeita de que ela ficou mantida em cativeiro desde o seu desaparecimento.

Total
0
Shares

Relacionados
Total
0
Share