Lei garante benefício remuneratório para capacitação dos servidores do Casam



Fabriciano – O Projeto de Lei nº 2.617/2015, que autoriza o Executivo a repassar recursos financeiros, oriundos do Ministério da Saúde, destinados aos servidores da Secretaria Municipal de Saúde que participarem do Projeto Percursos Formativos na Rede de Atenção Psicossocial (Raps), foi aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal de Coronel Fabriciano (CMCF) durante Reunião Ordinária na última terça-feira (14).

Segundo a matéria, de autoria do próprio Executivo, os três servidores que coordenarão o projeto receberão dez parcelas de R$ 500. Já os 14 servidores preceptores terão direito a dez pagamentos de R$ 250.
“A implementação do Projeto Percursos Formativos na Raps permite ao Município fortalecer as ações de educação permanente, bem como dar visibilidade às experiências de sucesso a respeito da atenção à Saúde Mental. Como rede preceptora, Coronel Fabriciano recebeu R$ 100 mil, e como rede em formação, R$ 296,5 mil”, explicou o vereador Marcos da Luz (PT). “Os repasses dos recursos em questão são uma forma de reconhecimento ao empenho dos profissionais em desenvolver um trabalho de excelência pautado na Reforma Psiquiátrica e nos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS)”, completou o parlamentar.

Total
0
Shares

Relacionados
Total
0
Share