Advogado do ‘bando da degola’ é condenado por extorsão


Foi condenado, o advogado Luiz Astolfo Sales Bruno, por quatro anos em regime aberto por extorquir dois empresários que foram torturados e assassinados em um apartamento no bairro Sion, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, em 2010.

A sentença foi nesta sexta (24) pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), e o julgamento aconteceu nesta terça-feira (21), ele foi acusado por participar do chamado “bando da degola” onde Fabiano Ferreira Moura e Rayder Santos Rodrigues foram assassinados, decapitados e tiveram os corpos queimados.

Segundo o TJMG, Luiz Astolfo foi inocentado das acusações de sequestro, cárcere privado e formação de quadrilha por falta de provas.

Total
0
Shares

Relacionados