Mulher é presa, suspeita de mandar matar o para ficar com lote em BH


Foi presa pela polícia, um mulher de 47 anos apontada como a mandante da morte do próprio pai. Ivonete Teixeira Portilho teria contratado um jovem de 22 anos para executar a vítima, Francisco Portilho, de 69 anos. O crime aconteceu em junho de 2013.

O suspeito identificado como Mateus Ribeiro Ferreira, também foi assassinado em fevereiro de 2014. E teria pago a ele R$ 7.000 que havia sido acordado pela morte do idoso

Francisco Portilho foi morto na porta de casa, no bairro Aarão Reis, na Região Norte de Belo Horizonte, com três tiros.

Ivonete deve responder por homicídio qualificado. Ela já foi detida anteriormente por estelionato e uso de documentos falsos.

Total
0
Shares

Relacionados