Em BH, suspeito de tentar instalar ‘chupa-cabras’ em banco é preso


Um homem de 27 anos foi preso na tarde deste domingo (3), no Centro de Belo Horizonte, suspeito de instalar aparelhos “chupa-cabras” [clonagem de senhas e cartões bancários] em terminais de um banco da região, segundo a Polícia Militar (PM). Com ele, os militares encontraram ainda a chave de um veículo roubado, com placa clonada, e um cartão de outra pessoa.

Conforme informou a polícia, ele teria sido flagrado por câmeras de segurança do local e chegou a afirmar que já teria cometido o crime em outras ocasiões, mas negou repetir a ação neste domingo. Sobre o veículo, o suspeito afirmou que pertencia a um colega.

A polícia teria sido acionada pela equipe de monitoramento dos terminais bancários, que percebeu que o homem manuseava os caixas e observava os clientes que entravam e saíam da agência.

O suspeito já teria aplicado golpes no local. Conforme relato de testemunhas à polícia, ele se aproximava de clientes do banco oferecendo ajuda, às vezes até se passando por um funcionário do banco. Assim ele conseguia as senhas, e trocava o cartão destas pessoas sem que elas notassem, efetuando transferências e saques.

O homem que já tem passagens pela polícia por crimes como furto e estelionato foi encaminhado para a Polícia Federal. O carro foi levado para o Departamento Estadual de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG).

G1 MG

Total
0
Shares
Relacionados