Últimas de Variedade

Médica condena por corta pênis de ex-noivo consegue prisão domiciliar

Myriam Priscila de Rezende Castro (Foto: Reprodução / Por Dentro de Minas)

A médica Myriam Priscila de Rezende Castro, conseguiu a prisão domiciliar, ela foi condenada por ter mandado cortar o pênis do ex-noivo em 2002.

Ela saiu na última quinta-feira (19), da unidade unidade prisional de Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

No inicio do mês, ela deu a luz a um gêmeos, após seis meses de gestação e recebeu alta dia 12 do mesmo mês e foi transferida para o Centro de Referência à Gestante Privada de Liberdade (CRGPL). Atualmente, ela usa tornozeleira de monitoramento.

Segundo o juiz Marcelo Augusto Lucas Pereira, a prisão domiciliar é “excepcional e provisória”, vigente “enquanto os recém-nascidos necessitarem de atenção médica, por algum risco de vida ou sensível exposição da saúde”. Mas é preciso que a médica comprove vínculo de trabalho no prazo de 30 dias, a partir da soltura.

Relacionados
Últimas de Variedade

Pesquisa revela que frequência sexual diminui com a idade, mas o interesse por sexo não

A preocupação em relação à frequência sexual é tema ainda bastante comum entre casais. Em relações monogâmicas duradouras o número de transas…
Últimas de Variedade

Presentes DIY: 10 dicas para criar presentes que caibam no seu orçamento

Dar presentes para as pessoas que amamos é algo muito gratificante. Sempre pensamos em dar presentes criativos em aniversários, datas comemorativas e…
Últimas de Variedade

Aprenda vender crochê

Que tal transformar o hobbie de fazer crochê em uma fonte de renda extra?  Pois é! Vender crochê pode ser uma ótima…

Deixe uma resposta