Farmácia da Penitenciária Nelson Hungria, remédios desapareceram



Remédios da farmácia da Penitenciária Nelson Hungria, que ficam no bairro Nova Contagem, em Contagem, na Grande BH, sumiram.

Os funcionários deram falta dos remédios nesta quarta-feira (25) e acionaram a administração.

Foram cerca de 100 comprimidos de medicamentos ansiolíticos e mais de 1,8 mil pílulas de diclofenaco de sódio desapareceram.

A direção do complexo abriu procedimento interno para apurar o caso. A Polícia Militar foi acionada. Além disso, uma equipe do núcleo de saúde do sistema prisional acompanha as apurações de perto.

Em nota, a Seds (Secretaria de Defesa Social) confirma o caso.

Ansiolíticos são utilizados para controle de ansiedade, stress e insônia. Já o diclofenaco de sódio é um antiinflamatório.

Comentários
Total
0
Shares

Relacionados
Total
0
Share