Redes Sociais

Turismo

Principais locais turísticos Jordânia

• atualizado em 15/02/2019 às 10:05

Foto: Divulgação

O berço da civilização, Jordânia é onde tem origem o nosso tempo, a nossa história. Um lugar repleto místico, cheio de magia e encantos. Engana-se quem pensa que a Jordânia é um pequeno país no meio do deserto. É um lugar divino e cheio de lugares para se apaixonar e colocar esse país no oriente médio entre seus destinos preferidos no mundo.

Aqui listamos os 5 lugares mais interessantes de serem visitados em pacotes turísticos para Jordânia. Preparado? Confira nossas dicas!

  1. Petra

Talvez a cidade mais espetacular da Jordânia. Petra está situada em meio as montanhas vermelhas, onde os Nabateus, povo local muito engenhoso, construiu sua cidade esculpida nas rochas há mais de 2000 anos. Ficou sob o domínio bizantino até a chegada do Império Romano, que dominou da cidade devido a sua importância na rota comercial entre o oriente e ocidente. Graças aos prédios e palácios esculpidos dentro das rochas, é um patrimonio cultural da UNESCO e também uma das sete maravilhas do mundo moderno.

  1. Amã

A capital da Jordânia é um lugar espetacular. Não vá esperando uma cidade antiga com prédios baixos e antigos. Amã mistura o moderno e o antigo de forma perfeita. Situado em uma área montanhosa entre o vale do Jordão e o deserto, a cidade traz uma vida movimentada com uma área comercial com grandes edifícios, hotéis, restaurantes elegantes, galerias de arte e lojas de grife, que convivem harmoniosamente com cafés tradicionais e pequenas lojas de artesãos locais.

  1. Wadi Rum

Um dos locais mais impactantes da Jordania. O deserto de Wadi Rum é o maior da Jordania, conhecido também como o Vale da Lua, e um dos principais pontos turísticos do país. Viva a experiência de um passeio em um veículo 4×4 no deserto ainda habitado pelos beduinos. A beleza de Wadi Rum é tanta que o lugar foi local de filmagem de diversos filmes, entre eles Lawrence da Arábia, Transformers e Planeta Vermelho.

  1. Jerash

Uma das cidades mais antigas do mundo, com uma civilização que remonta há mais de 6.500 anos. Jerash viveu seu momento mais importante durante o Império Romano, quando virou uma das cidades mais importantes do Império e é considerada uma das cidades provinciais romanas mais bem conservadas. Sua arquitetura, religião e línguas refletem um processo de ocupação de duas poderosas culturas a greco-romana e a do oriente médio. A cidade moderno se encontra nas proximidades das ruinas justamente para poder conservar esse patrimonio da Jordânia.

  1. Mar morto

E para relaxar uma visita ao Mar Morto, famoso por suas águas ricas em sais minerais e por ser um calmante natural. Deixe seu corpo relaxado para flutuar nas tranquilas águas desse maravilhoso lugar. O Mar morto recebe a água de diversos afluentes vizinhos à região, o principal o Rio Jordão, o que transforma suas famosas águas em uma das mais ricas para a industria de beleza e saúde. Acredita-se que a área tenha sido a localização de importantes cidades biblícas, como Sodoma, Gomorra, Adman, Zebouin e Zoar (Bela).

Entretenimento

Natural de Divinópolis, modelo Eduardo Rodrigues é um dos destaques do Divinaexpo 2019

• atualizado em 24/05/2019 às 13:48

A Divinaexpo começa hoje, 24 de maio, e vai até 2 de junho e promete ser o maior evento de toda a região. Realizado no Parque de Exposições de Divinópolis, conta como diversas atrações musicais, gastronômicas, culturais e regionais.

O modelo Eduardo Rodrigues é um dos famosos nascidos em Divinópolis e será um dos destaques do evento. Segundo colocado no Mister Divinópolis 2019 e garoto propaganda de diversas marcas regionais e nacionais, ele se junta ao time de famosos que irão marcar presença, como a rainha da sofrência Marília Mendonça e o carioca Ferrugem. Zé Neto & Cristiano e Zezé di Camargo & Luciano são as atrações do dia 31 de maio. No sábado, dia 1º de junho, Gusttavo Lima e Gustavo Mioto fazem a festa, que será encerrada no domingo ao som de Edson & Hudson.


Eduardo revela a importância do evento para a cidade: “este é o evento mais esperado, badalado e amado pelos divinopolitanos e grande parte das cidades da região Centro-Oeste, e também o maior rodeio de Minas Gerais. Além de movimentar a economia da cidade, proporciona muita alegria e ser motivo de orgulho para nós”, comenta.Além das montarias em touros do circuito mundial de rodeio da “Professional Bull Riders” (PBR), a programação do evento conta ainda com leilões e exposição de gado, shows com artistas nacionais e da cidade, além de um festival gastronômico rural.O festival gastronômico “Prato Rural” irá abrir as festividades da Divinaexpo no dia 24. Serão três dias de evento com portões abertos à população. Comidas típicas das comunidades rurais da cidade fazem parte do festival. Uma votação feita pelo público vai escolher, ao fim da festa, qual o melhor prato rural de 2019.

A expectativa do Sindicato Rural é que mais de 35 mil pessoas circulem pelo Parque de Exposições durante todos os dias do evento. Além do divinopolitanos, a festa é conhecida por receber pessoas vindas de várias regiões do país.

Continua lendo

Turismo

Férias em espanhol: os melhores destinos e passeios para praticar a língua

• atualizado em 17/04/2019 às 15:05

Você que fala inglês, sabe muito bem que este é o idioma mais importante e falado do mundo, mas o espanhol também tem a sua importância. Vamos falar neste artigo um pouco sobre como praticar o espanhol em suas férias. São dicas de locais para visitar e claro, comunicar com os nativos da melhor forma possível e sem atropelos.

Quais países e cidades são interessantes para conhecer e praticar o espanhol? Qual é o melhor passeio em cada uma delas? Este é o tema principal deste artigo que te ajudará a preparar as malas e conhecer belos locais em suas merecidas férias depois de um ano de muito estudo e trabalho.

Argentina – Buenos Aires

Conhecer a Argentina é tudo de bom, não é verdade? É um país muito bonito e cheio de atrações, onde você poderá ver de tudo um pouco. Pratique o seu espanhol visitando a Casa Rosada, por exemplo, que é a sede do governo daquele país. Conheça também o Museu do Bicentenário e poderá ouvir e ler tudo dentro do idioma lá falado. Além do mais, poderá ver shows incríveis de tango, fazer compras em shopping, e o idioma não pode ser uma barreira para você.

Cancún – México

Uma região que vive do turismo e cheia de belezas naturais. Visite as praias e faça compras nas melhores lojas daquele país. Cancun tem uma rede hoteleira de primeira qualidade e que oferece uma infra estrutura magnífica. Conheça também sítios arqueológicos como Tulum e Chichén Itzá. Você terá a oportunidade de ver cavernas e parques. Umas férias inesquecíveis para passar com a família em um local inesquecível.

Santiago – Chile

A Cordilheira dos Andes realmente impressiona pela beleza rara do local, a Plaza de Armas e a Catedral Metropolitana são apenas algumas das melhore atrações da bela capital chilena. O Palácio de La Moneda onde está localizada a presidência do Chile, e o Mercado Central são ótimas opções para o seu entretenimento. Praticar o espanhol no Chile é tudo de bom! Vale a pena conhecer um país tão bonito como este e aproveitar o que há de melhor na região.

Madrid – Espanha

Quando falamos em falar espanhol, claro que Madrid não pode ficar de fora da lista. Vamos dar um pulo naquela bela cidade europeia onde você poderá começar sua visita pela Puerta del Sol que é a praça cartão postal da cidade. Outra praça charmosa é a Plaza Mayor que é muito bonita. Se você gosta de museus, o Museu Del Prado e o Museo Reina Sofia são duas excelente opções para sua área cultural. Se você gosta de futebol, o Estádio Santiago Bernabéu é um local que vale a pena visitar.

Como podemos ver, há belos locais para visitação pelo mundo afora, então, cabe a você fazer um planejamento correto e ter a disposição o que há de melhor para as suas merecidas férias. Arrume e as falas e melhore ainda mais o seu espanhol por estes países.

Continua lendo

Tecnologia

Projetos selecionados pelo Hackatur passam por processo de aceleração

Idealizado pela Belotur, Sebrae-MG e Associação de Marketing Promocional (Ampro), com parceria da BH Airport, Hackatur oferece capacitação para startups adequarem projetos para a grande final

• atualizado em 31/08/2018 às 14:04

O Hackatur – Desafio de Inovação no Turismo continua a todo vapor. Os cinco projetos finalistas, que propuseram soluções para o turismo de Belo Horizonte, por meio dos desafios lançados pela Ampro e pela BH Airport (concessionária do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte), passam agora pela fase de ‘aceleração’, ou seja, momento de capacitação conduzido por mentorias, workshops e rodas de conversas com os players do mercado.

“Esta etapa, a qual chamamos de ‘entendimento’, tem o objetivo de aprofundar e detalhar tanto os desafios apresentados quanto os projetos concorrentes. Um destaque importante desta fase é a proximidade entre a BH Airport e Ampro dos empreendedores, que acontece por meio de rodas de conversas horizontais. Dúvidas, certezas e suposições são expostas e as chances de evolução do projeto aumentam”, comenta Tarcísio Lima, consultor da Design Thinkers Group, que está mediando o Hackatur.

De acordo com ele, a partir de um mapeamento de stakeholders (diversos tipos de públicos) dos players, o Hackatur entrará em uma nova etapa, chamada de ‘empatia’. Os empreendedores vão a campo para relacionamento com esses públicos. “É um momento de interação, de conversas e também de observação. As startups precisam ter mais intimidade com fornecedores, clientes, turistas, viajantes que, futuramente, vão ser beneficiados com as soluções e serviços propostos”, afirma Lima.

“O Hackatur impulsiona e propaga cada vez mais o conceito de destino turístico inteligente e modernização do turismo, criando novas experiências para os visitantes de Belo Horizonte. A Ampro e a BH Airport estão totalmente abertas à inovação, o que é fundamental, pois são instituições com alta capacidade de transformação. O processo de aceleração conta com metodologias modernas e facilitadores competentes para guiar a capacitação das startups”, relata Armando Júnior, CEO da Hi Position, uma das startups finalistas.

Os workshops com a participação das startups, BH Airport, AMPRO, acompanhamento da Belotur, Sebrae-MG e mediação da Design Thinkers Group serão realizados a cada 15 dias até o dia 30 de outubro, quando as duas propostas vencedoras serão conhecidas.

“A proposta é de continuidade do Hackatur em 2019. Queremos ampliar as nossas parcerias para aumentar ainda mais a conectividade entre o diverso ecossistema de startups belo-horizontinas e o mercado, buscando soluções criativas e colaborativas para alavancar e diversificar o setor de turismo e a da cadeia produtiva da capital mineira”, pontua Marcos Boffa, diretor de Políticas de Turismo e Inovação da Belotur.

Conheça os projetos finalistas:

JMM Tech

Ernani Jardim, CEO da JMM Tech, apresentou como solução para o desafio da BH Airport o AIRPP-BH, que pode funcionar como tótens digitais espalhados pelo Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, ou também como aplicativo. Com essa tecnologia, o passageiro que se encontra no aeroporto terá todas as informações sobre localização, alterações de horários de voos e de acesso aos terminais, as várias opções de transporte do aeroporto para Belo Horizonte e serviços como lojas, restaurantes e casas de câmbio, por exemplo.

Para a Ampro, Ernani criou o Inlive, um aplicativo que, conectado ao wifi do evento (festivais, feiras, congressos, convenções etc.), permite ao visitante a localização georreferenciada de todos os serviços oferecidos, estandes, praças de alimentação, palcos, banheiros entre outros. Ao mesmo tempo, o Inlive informa ao produtor qual foi o trajeto do participante no evento, o que ele visitou, seu tempo de permanência no evento entre outras informações importantes para mensurar, com detalhes, a experiência do cliente.

Explora

O app Explora, idealizado pelos sócios Amir Khatibi e Arthur Meyer Paixão Meyer, foi apresentado para o desafio da AMPRO. O objetivo é oferecer uma solução para o viajante de ponta a ponta e de maneira personalizada. Dessa forma, o usuário pode planejar sua viagem, com compra de passagens e reserva de hotéis, criar um roteiro de atrações de acordo com seu perfil e, por fim, avaliar a experiência que teve na cidade. Isso tudo em um só aplicativo.

Traveller

O Traveller é um aplicativo que pretende incentivar o envolvimento do turista com os atrativos e passeios da cidade visitada por meio de gameficação. Projeto da dupla Guilherme Frade da Silva e Alexandre Guimarães Nicolau, o app ainda está em fase de desenvolvimento, e foi apresentado no Hackatur como solução para a AMPRO. A ideia é que o usuário interaja com o local visitado como se estivesse em um jogo. Nos roteiros propostos, ele poderá desvendar charadas e receber informações sobre os atrativos. Os pontos ganhos são transformados em benefícios para o viajante em estabelecimentos parceiros do app.

Hi Position

O projeto Hi Position, dos sócios Armando Junior e Glauber Dias, foi apresentado para o desafio da AMPRO e consiste na implantação de dispositivos de comunicação micro localizados em alguns atrativos turísticos da cidade. O objetivo é trazer praticidade para o visitante, que receberá, por meio de um aplicativo, informações sobre o local, obras de arte, atrativos turísticos e pontos relevantes na cidade. Ele poderá, também, fazer o pagamento das entradas de forma direta e digital, além de comprar passagens de ônibus, fazer reservas em hotéis, alugar um carro e escolher seus eventos favoritos.

Made in BH

Felipe Martins e Guilherme Pertence, da Made in BH, apresentaram uma solução para o desafio proposto pela BH Airport. A ideia é construir um espaço físico que funcionaria como uma central de experiências da cultura de Belo Horizonte e região. O projeto visa transformar as chegadas e partidas do aeroporto numa experiência marcante e única com um jeito de receber que só o mineiro sabe fazer. A estrutura seria sensorial, que gere essa experiência no viajante. Apresentar um pouco de BH e grande Bh e minas, as riquezas, dentro desse espaço. Venda de produtos. A ideia que ele passe por um lugar, uma espécie de museu, e conheça melhor nossa história.

Continua lendo