O Por Dentro de Minas é um portal de notícias de Belo Horizonte e todo o estado de MG. Últimas notícias, informações em tempo real do trânsito, previsão do tempo, agenda cultural, emprego, colunas, blogs e coberturas especiais.
Seguir

Como gerenciar suas criptomoedas: dicas essenciais

Como gerenciar suas criptomoedas: dicas essenciais - Foto: Divulgação
Como gerenciar suas criptomoedas: dicas essenciais – Foto: Divulgação

Quando falamos de criptomoedas, temos o costume de pensar que só existem os bitcoins, mas isso não é verdade, já que existem muitas outras e saber como gerenciar suas criptomoedas não é uma tarefa nada simples, afinal, estamos falando de um tema que envolve muitas questões e de um mercado altamente volátil.

Nesse mercado, é comum, ainda, a enorme variação para cima e para baixo no preço dos cripto ativos, afinal, esse setor ainda não se solidificou, já que ele busca inovações mundiais e não somente locais.

Além disso, a meta de algumas moedas é a de substituição do dinheiro global que, hoje em dia, é o dólar americano, e essa audácia não passa despercebida pelo mercado financeiro que ainda é muito controlado pelos bancos centrais dos governos dos países.

Em 2017 e 2018, vimos recordes históricos de altas dessas moedas, mas, de lá pra cá, já  vimos quedas de mais de 90% em seus valores de mercado.

Então, sabendo disso tudo, vamos ensinar algumas dicas essenciais para quem pensa em  como gerenciar suas criptomoedas.

Dicas essenciais de  como gerenciar suas criptomoedas

Geralmente, quando se fala disso, as pessoas esquecem a variedade infinita que existe de cripto ativos no mundo, afinal, são mais de 10 mil moedas digitais e o número não pára de aumentar.

Todos eles trazem potencial de ganhos estratosféricos, mas é preciso saber avaliar quais são os projetos que fazem com que essas moedas tornem-se populares, já que, da mesma forma que elas podem se valorizar muito, elas podem cair de uma vez também, levando muitos à bancarrota.

Por isso que, abaixo, vamos falar sobre  como gerenciar suas criptomoedas, com dicas essenciais para que a gente possa tentar calcular o risco, ao menos, já que ele existe de qualquer maneira.

Estude sobre as criptomoedas

O Bitcoin (BTC) foi criado em 2009 com a pretensão de se tornar uma moeda descentralizada, sem controle dos governos e nenhuma regulação estatal. De lá pra cá, ela tem conseguido fazer isso, então, hoje em dia, seu valor de mercado está altíssimo.

Mas, como dissemos anteriormente, não existe somente essa opção no mercado de cripto ativos, já que temos a Ethereum, a Dogecoin, entre outras que, somadas, já chegam ao número de 10.000 opções.

Então, nossa primeira dica de  como gerenciar suas criptomoedas, é estudar sobre elas: quais são seus projetos, vantagens, preços, riscos e, em qual país elas são mais populares.

Sabendo disso, podemos fazer uma análise mais detalhada dos riscos, já que não estaremos adquirindo uma criptomoeda sem conhecer sua história e seus projetos futuros.

Analise o projeto da criptomoeda

Uma das dicas de  como gerenciar suas criptomoedas é a análise dos projetos e, nesse momento, devemos fazer as seguintes perguntas:

  • O projeto está iniciando agora ou já está no mercado cumprindo o que prometia antes?
  • Qual o número de desenvolvedores que contribui para que essa projeção mantenha-se atualizada de acordo com as metas estabelecidas?
  • Esse projeto tem algum apoio de uma empresa forte no setor que ele está inserido, com grandes investimentos e pessoas com forte capital?
  • No mercado financeiro global, esse projeto tem grandes volumes de negociação?
  • Existe escala para o projeto que essa criptomoeda está inserido e potencial de crescimento no setor?

Quando a gente acha as respostas exatas para essas perguntas, consultando fontes confiáveis, então podemos investir nesse cripto ativo com mais segurança, afinal, os projetos dessas moedas são os fatores que mais importam no momento de escolhermos, já que, mesmo que a moeda digital ainda seja fraca no mercado, as metas dela fazem com que ela se mantenha no mercado, para que, no longo prazo, tragam retorno financeiro para os investidores.

Entenda os setores que esses ativos estão inseridos

Vamos ser mais específicos nesse tópico para que as pessoas entendam realmente  como gerenciar suas criptomoedas, afinal, em que setores estão as principais criptomoedas do mercado, para que eu saiba onde investir?

Abaixo, segue a lista das principais moedas digitais e qual o setor que elas estão inseridas:

  • Substituição de moedas físicas: Bitcoin, Bitcoin Cash, Lite coin;
  • Inteligência de contratos: Ethereum, Cardano, Binance Coin;
  • Aplicativos: Uni Swap, Basic Attention Token, Pancake Swap;
  • IoT (Internet of Things): Iota, Walton Chain, Huobi Token;
  • Cloud Computing: Siacoin, Filecoin, Storj

Citamos algumas que podem ser melhor explicadas em sites especializados, como o Financial Move, por exemplo, mas, dá para entender que os setores são variados e que, em cada um deles, existem concorrências entre diversas criptomoedas.

Por isso, no mercado de cripto ativos, devemos sempre nos manter atualizados acerca dos setores que as moedas estão inseridas, já que, não dá para saber  como gerenciar suas criptomoedas sem entender como está o mercado que elas fazem parte como, por exemplo, o Bitcoin, que está inserido no mercado de substituição de moedas físicas e, por isso, devemos saber quais países já aceitam o BTC como pagamento, como El Salvador, por exemplo, e isso vale para qualquer outro setor que citamos acima, afinal, o maior minimizador de riscos é o conhecimento.

Como gerenciar suas criptomoedas: dicas essenciais - Foto: Divulgação
Como gerenciar suas criptomoedas: dicas essenciais – Foto: Divulgação
Total
1
Shares

Relacionados