Connect with us

Música

Tudo é Jazz tem workshops gratuitos em Ouro Preto

Além de uma programação recheada com atrações de primeira, o Festival Internacional de Jazz de Ouro Preto – Tudo é Jazz promove workshops gratuitos, com músicos de prestígio internacional. Eles acontecem no sábado e no domingo, 19 e 20 de maio, a partir das 10h, na Escola de Música e Casa de Arte, que fica à rua dos Paulista, 113, bairro Antônio Dias – telefone: (31) 35512360. Veja a programação completa:

Sábado, dia 19 de maio
10h – Túlio Mourão

A música instrumental de Túlio Mourão se apoia numa consistente construção melódica. O exercício e a vivência como premiado autor de trilhas sonoras lhe permite criar temas que estão muito longe de meros pretextos para improvisação. Túlio busca um perfil pessoal e original dentro da música instrumental brasileira, metabolizando elementos que vão da música erudita aos cânticos religiosos da tradição sacra e popular de Minas Gerais. O pianista exercita um perfil mais brasileiro e rítmico através de uma estimulante dinâmica entre a mão esquerda e direita, resultando numa síntese batizada de jazzmineiro.

Mineiro de Divinópolis, Túlio Mourão é protagonista de uma rica história dentro da Música Brasileira. Integrou a banda Mutantes na fase do rock progressivo e em seguida esteve na banda de artistas como Milton Nascimento, Maria Bethânia, Chico Buarque, Ney Matogrosso, Fagner, entre outros.

Suas canções têm parceria com Milton Nascimento, Adélia Prado, Fernando Brant, Márcio Borges, Ronaldo Bastos, Abel Silva, Sérgio Dias,Tavinho Moura, Murilo Antunes e Nelson Motta, e foram gravadas por nomes como Milton Nascimento, Maria Bethânia, Nara Leão, Ney Matogrosso, Zimbo trio, Eugênia Melo e Castro. Merecem destaque a gravação das músicas :” Depois da paixão ” com o guitarrista Pat Metheny e “a primeira estrela” pelo saxofonista americano Bob Berg, numa produção assinada por Chic Corea e participação de músicos notáveis como Steve Gad, Victor Bailey, e Gil Goldstein

14h – Rodrigo Rios

O produtor musical e músico Rodrigo Rios é natural de Belo Horizonte. Reside em Los Angeles há quase uma década. Iniciou sua formação aos 4 anos de idade, com o violão e aprendeu bateria ao 13, e não foi diferente com os estudos que vieram de forma gradual. O mesmo aconteceu na carreira de produtor e diretor musical. A busca constante pelo aperfeiçoamento o levou a cursos no Brasil e, em seguida, no exterior. Deu continuidade a seus estudos na renomada Berklee College of Music em Boston e além de atuar com ícones da música do cenário internacional como Gregg Field, Joe Porcaro e John JR Robinson em Los Angeles.

Ao Longo de sua carreira, Rodrigo Rios atuou ao lado de lendários nomes da música brasileira e internacional como Dionne Warwick, Monica Mancini (filha de Henry Mancini), Patti Austin, Maestro Armando Manzanero, Táta Vega, Abraham Laboriel Sir., Leland Sklar, Luis Conte, Lenny Castro, Lee Ritenour, Renee Olstead, Leila Pinheiro, Isabella Taviani, Daniel Boaventura e vários outros. Rodrigo atualmente faz parte do seleto grupo de membros votantes da Recording Academy (Grammy Academy). Como produtor e músico, Rodrigo possui trabalhos que chegaram ao topo do ranking da Billboard, além de trilhas de novelas da Rede Globo e do SBT.

Em 2017, ele esteve no Brasil para produzir e dirigir musicalmente e atuar como músico na celebração dos 100 anos da Ella Fitzgerald. O show foi uma extensão das comemorações realizadas nos Estados Unidos.
Recentemente, Rodrigo Rios foi convidado para integrar o grupo de músicos que fizeram parte da lendária banda norte-americana Rufus, vencedora de vários Grammys, que tinha como cantora a artista Chaka Khan. Estarão em turnê pelos Estados Unidos, Japão, entre outros. Ele está finalizando o novo projeto da artista italiana Giada Valenti.

17h – Adriano Campagnani

Mineiro de Belo Horizonte, Adriano cresceu em um ambiente musical, com pais e tios músicos amadores e profissionais. Desenvolveu sua musicalidade desde cedo quando interessou-se pelos instrumentos de cordas.

Contrabaixista, compositor e arranjador, Adriano foi convidado a tocar com artistas do Clube da Esquina de quem ainda é parceiro, como Beto Guedes e Flávio Venturini.

A versatilidade do contrabaixista fez com o que ele sempre estivesse na estrada ou em estúdio com artistas de vários gêneros: pop, rock, Jazz, soul e principalmente MPB. Lançou três cds solos e autorais demonstrando além do vigor instrumentista, seu lado produtor e compositor.

Atualmente, Adriano divide seu tempo entre trilhas, direção musical, arranjos, workshops e turnês pelo mundo

Domingo: 20 de maio
10h – Alexandre Araújo

Um dos pioneiros do blues em Minas Gerais, o produtor, compositor e guitarrista mineiro Alexandre Araújo é irmão de um dos maiores nomes da música mineira, o saudoso Marco Antônio Araújo, com quem ele iniciou a carreira musical nos anos 70.

Nos anos 80 participou do grupo Mantra, que tinha na formação músicos da envergadura de Ivan Corrêia, Mario Castelo, Eduardo Delgado e Laércio Villar.

Depois, decolou com o Aeroblue, ao lado do parceiro e amigo Ney Fiúza. Eles se apresentaram nos Estados Unidos com o show Berimblues, um encontro de ritmos afro-brasileiros, rock, jazz, blues, folk, flamenco, música oriental e música regional mineira. O exímio guitarrista segue atualmente em projetos autorais e voltados para o blues.

Música

29º Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga homenageia compositor espanhol José de Nebra

Evento promovido pela UFJF, com apoio do Instituto Cervantes BH, será realizado de 22 a 29 de julho e terá a estreia nacional de zarzuela do compositor espanhol

De 22 a 29 de julho, Juiz de Fora recebe a 29ª Edição do Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga, promovido pela Pró-reitoria de Cultura e do Centro Cultural Pró-Música da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Nesta edição, o evento será realizado com apoio do Instituto Cervantes BH, órgão oficial do Governo da Espanha. Os concertos e atividades são gratuitos e os visitantes poderão conferir apresentações de importantes músicos de expressão nacional e internacional.

O destaque deste ano será a homenagem ao compositor espanhol José de Nebra (1702-1768), com a estreia nacional da zarzuela (tipo de ópera cômica espanhola) “Vendado es Amor, no es Ciego”. A montagem tem a direção artística da soprano brasileira Rosana Orsini, que também atua na produção como intérprete, além de contar no elenco com a mezzo-soprano espanhola Nerea Berraondo, o contratenor italiano Enrico Vicinanza e cantores brasileiros selecionados.

“O Festival vai homenagear os 250 anos de morte de José de Nebra, um dos mais importantes compositores dramáticos da península ibérica na primeira metade do século XVIII. Ao apoiar mais este evento, nos consagramos não somente como referência no ensino do espanhol, mas também como disseminador da cultura espanhola”, destaca Luís Javier Ruiz Sierra, diretor do Instituto Cervantes Belo Horizonte.

Segundo o supervisor do Centro Cultural Pró-Música e organizador do evento, Marcus Medeiros “o Instituto Cervantes representa um forte apoio na divulgação do evento, permitindo a expansão de nossos contatos, bem como fortalecendo a credibilidade na qualidade do Festival”, pontua.

A abertura do evento será no dia 22, às 20h, no Cine-Theatro Central, com o concerto da Orquestra de Câmara Sesiminas. Mais informações pelo //www.promusicaufjf.com.br/festival/index.html.

Programação do Festival:

Concertos noturnos

22/07 – 20h
Concerto de Abertura – Orquestra de Câmara SESIMINAS
Local: Cine-Theatro Central

23/07 – 20h
Música antiga, colonial e brasileira para cravo – Mário Marques Trilha
Local: Igreja do Rosário

24/07- 20h
Concerto Quarteto Francisco Mignone, com participação especial de Gustavo Trindade
Local: Teatro Pró-Música

25/07 – 20h
Concerto Quinteto BH Brass
Local: Teatro Pró-Música

26/07 – 20h
Concerto Trio de Choro, com Nilton Moreira, Pedro Mota e Marcos Flávio.
Local: Teatro Pró-Música

27/07 – 20h
Concerto Canções de Lorenzo Fernández, com Veruschka Mainhard, Marcus Medeiros e Quinteto de Cordas
Local: Teatro Pró-música

28/07 – 20h
Concerto de Violino e Piano, com Paulo Bosisio e Valéria Gazire
Local: Teatro Pró-Música

29/07 – 20h
Concerto de Encerramento
Ópera de José de Nebra (comemoração de 250 anos da morte do compositor)
Vendado es Amor, no es Ciego
Local: Cine-Theatro Central

CONCERTOS VESPERTINOS (com regência do maestro Victor Cassemiro)

24/07 – 18h30
Coral Pró-Música
Local: Escadaria do Cine-Theatro Central

25/07 – 18h30
Coral Cesama
Local: Museu de Arte Murilo Mendes

27/07 – 18h30
Coral Pró-Música
Local: Museu de Arte Murilo Mendes

28/07 – 14h
Orquestra Sinfônica Pró-Música
Local: Shopping Jardim Norte

OFICINAS

21 e 22/07, das 9 às 12h e das 14 às 18 h
Local: Instituto de Artes e Design/UFJF
Educação Musical – Enny Parejo (SP)

23 a 28/07, das 9 às 12 h
Local: Instituto de Artes e Design/UFJF
Instrumentos musicais e canto
Canto – Veruschka Mainhard (RJ)
Piano – André Pires (MG)
Violão – Fábio Adour (RJ)
Violino – Paulo Bosisio (RJ)
Violino – Ladislau Brun (MG)
Violino (para crianças) – José Ademar Rocha (SP)
Viola – João Carlos Ferreira (MG) –
Violoncelo – Abel Moraes (MG)
Clarineta – Eduardo Gonçalves (ES)
Flauta Transversa – Nilton Moreira (MG)
Trompa – Gustavo Trindade (MG)
Trompete – Pedro Mota (MG)
Trombone -Marcos Flávio (MG)
Cravo – Mário Trilha (AM)
Flauta Doce – Renata Pereira (SP)

23 a 28/07 – das 13h30 às 15h30
Local: Instituto de Artes e Design/UFJF
Danças Barrocas – Osny Fonseca (SP)
Coral Infantil – Débora Andrade (MG)
Banda Sinfônica – Gilson Pereira (MG)

23 a 28/07 – das 16 às 18h
Local: Instituto de Artes e Design/UFJF
Prática de Orquestra Infantil – José Ademar Rocha (SP)
Orquestra – César Timóteo (MG)

WORKSHOP

26/07. Das 9 às 12h e das 14 às 17h
Local: Cine-Theatro Central
Cenografia – Maquinaria Barroca – Giorgia Massetani e Alicio Silva

XII ENCONTRO DE MUSICOLOGIA HISTÓRICA

19 e 20/07, das 8h30 às 17h40
Local: Auditório Geraldo Pereira- Instituto de Artes e Design (IAC)
//www.promusicaufjf.com.br/emh/

Serviço

29º Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga
Data: 22 a 29 de julho de 2018
Informações: Centro Cultural Pró-Música/UFJF – (32) 3218-0336

Continua lendo

Música

Começam as vendas de ingressos para o Festeja Brasil em BH

Festival que reúne grandes nomes da música sertaneja será realizado dentro do Mineirão, no dia 08 de setembro, com shows de Gusttavo Lima, Léo Santana, Dennis DJ, Maiara e Maraisa, Marília Mendonça, Naiara Azevedo, Zé Neto & Cristiano, César Menotti & Fabiano e Gustavo Mioto

• atualizado em 10/07/2018 às 13:41

Após o sucesso do Festeja Belo Horizonte, que reuniu mais de 60 mil pessoas em 2017, a capital mineira foi escolhida para receber a edição nacional do evento. No dia 08 de setembro, sábado, a partir das 15h, o gramado do Mineirão (Av. Antônio Abrahão Caran, 1001 – São José, Belo Horizonte/MG) será palco para o Festeja Brasilcom um seleto time de artistas: Gusttavo Lima, Léo Santana, Dennis DJ, Maiara e Maraisa, Marília Mendonça, Naiara Azevedo, César Menotti & Fabiano, Zé Neto & Cristiano e Gustavo Mioto.

“O Festeja é sucesso por onde passa e produzir a edição nacional do festival é uma grande satisfação para nós. Reuniremos artistas de ponta dentro do Mineirão, local que, inclusive, recebeu o recorde de público do evento em 2017 e foi um marco para a Nenety Eventos”, conta Cristiano Nenety, um dos organizadores do Festeja Brasil 2018.

O público poderá escolher entre cinco setores para aproveitar a festa com todo conforto e segurança: Arquibancada, Área Vip, Camarote Oficial (open bar de Vodka, cerveja, refrigerante, citrus, suco e água), Front Stage (open bar de whisky, vodka, gin, água tônica, espumante, cerveja, refrigerante, citrus, suco e água e Camarote Premium (de whisky, vodka, espumante, energético, gin, água tônica, cerveja, refrigerante, suco, citrus, água e open food). Os ingressos do lote promocional já estão disponíveis e podem ser adquiridos pelo site www.nenety.com.br, com os valores que variam de R$30 a R$410.

O Festeja Brasil 2018 é uma realização da Workshow em parceria com a Nenety Eventos e o Empresário João Wellington. O Festeja é hoje um dos principais eventos de música do Brasil. Atualmente, são realizadas cerca 40 edições do festival por ano, sendo que desse total, 20 são capitais. Estima-se que em 2017, 1,5 milhão de pessoas passaram pelo Festeja no Brasil inteiro.

Serviço

Festeja Brasil 2018

Data: 08 de setembro, sábado, a partir das 15h

Atrações: Gustavo Mioto, Léo Santana, Dennis DJ, Maiara e Maraisa, Marília Mendonça, Naiara Azevedo, César Menotti & Fabiano, Zé Neto & Cristiano e Gusttavo Lima

Realização: Workshow, Nenety Eventos e Empresário João Wellington

Setores e valores: (LOTE PROMOCIONAL)

Arquibancada (Amarela) – R$30,00

Área Vip – R$90,00

Camarote Oficial – R$160,00

(Open Bar de vodka, cerveja, refrigerante, citrus, suco e água)

Front Stage – R$240,00

(Open bar de whisky, vodka, gin, água tônica, espumante, cerveja, refrigerante, citrus, suco e água)

Camarote Premium – R$410,00

(Open Bar de whisky, vodka, espumante, energético, gin, água tônica, cerveja, refrigerante, suco, citrus, água e open food)

Os valores dos ingressos podem ser alterados sem aviso prévio.

Classificação etária: Arquibancada e Área Vip:  16 Anos

Camarotes Open Bar: 18 Anos

Vendas: www.nenety.com.br

Continua lendo

Música

Vira e Mexe grava DVD ao vivo em Sabará neste domingo

A banda, que completa 18 anos de carreira, subirá ao palco da Festa de Aniversário da Cidade de Sabará, na Praça Melo Viana, para gravação do novo trabalho

• atualizado em 10/07/2018 às 13:41

O grupo Vira e Mexe celebra 18 anos de carreira e quem vai receber o presente são os fãs. Neste domingo, 15 de julho, a partir das 18h, a Praça Melo Viana, na cidade de Sabará, região metropolitana de Belo Horizonte, será tomada pelo swing contagiante do pagodão baiano. A banda escolheu a cidade para ser cenário da gravação de seu novo DVD em comemoração a tantos anos de sucesso. O show terá entrada franca.

Considerados um dos principais destaques do axé no cenário musical mineiro, o Vira e Mexe promete animar o público com muita energia em seu novo projeto. O projeto tem previsão de lançamento para ainda neste ano e contará com músicas inéditas e os grandes sucessos da banda como “Dança da Academia” e “Gordelícia”. Além delas, os hits mais tocados que marcaram a história do grupo também farão parte do repertório e colocarão todos para dançar ao som de “Vira Vira”, “Virou Mania”, “Gata Molhada”, “Dá dá dá do amor”, entre muitas outras.

Comandada pelos vocalistas Wanderson, mais conhecido como “Bodão”, Apolario, popularmente chamado de “Polly”, e a bailarina Mirian Barreto, a banda Vira e Mexe comemora o sucesso e o reconhecimento por parte dos seus fãs. De acordo com os integrantes, tantos anos de carreira tinham que ser comemorados na cidade que os acolheu de braços abertos desde o início da trajetória. A escolha por Sabará deve-se ainda por ser a terra natal de um dos integrantes da banda, o vocalista Bodão, que foi nascido e criado no município, e viu suas habilidades musicais se desenvolverem junto às belezas das obras locais, até romper as barreiras geográficas.

Sobre o Vira e Mexe

Os mineiros começaram tímidos. A primeira apresentação foi no dia 16 de setembro de 2000, no restaurante Mukeka’s, localizado no bairro Serra em Belo Horizonte. De lá para cá nunca mais pararam. Em 2003, a banda que na época era uma das mais requisitadas no estado para participar das principais micaretas e festas em geral, recebeu o apoio da Rádio Extra e gravou seu primeiro CD ao vivo, no antigo Marista Hall. O sucesso foi espontâneo, emplacando desde o primeiro trabalho, várias faixas entre as mais tocadas em Porto Seguro, Curitiba e várias regiões do país. O CD vendeu 25 mil cópias.

Em 2004 e 2005, o Vira & Mexe experimentou um crescimento importante na carreira. Por dois anos consecutivos, integrou o CD Axé Band (da Rádio Band de São Paulo) e foi a única banda fora de Salvador a participar do Axé Brasil (em Belo Horizonte), o maior festival de axé do país. Em abril 2005, a banda realizou a primeira turnê nos Estados Unidos da América, tocando na GV Folia para ausentes, que reunia os brasileiros que moram fora do Brasil.

Depois disso, a alegria e a diversão da banda sempre estiveram presentes nas agendas culturais de Minas Gerais, com apresentações nas maiores casas de shows de todo o estado. No meio de grandes artistas da música baiana, o Vira & Mexe foi crescendo e no ano de 2008 conquistaram seu primeiro DVD, com participações especiais que marcaram história no álbum, tais como: Reinaldo (Terra Samba), Toni Salles (Parangolé), Alan e Alex, MC Biju, Sharon (Dança do quadrado), Eduardo Costa e outros. Nessa trajetória artística, o grupo Vira & Mexe soma 6 CDs e 2 DVDs lançados.

Redes sociais

Facebook: //www.facebook.com/viraemexeoficial/ Instagram: //www.instagram.com/viraemexeoficial/

Serviço

Gravação DVD Vira & Mexe | Sabará- MG

Data: 15 de julho de 2018 (domingo)

Horário: a partir das 18h

Local: Praça Melo Viana, Centro – Sabará/MG

Entrada franca

Classificação: livre

Mais informações: //www.facebook.com/events/133490727526155/

Continua lendo