fbpx
Redes Sociais

Empreendedorismo e Inovação

Jovens levam projetos à Feira de Empreendedorismo e Tecnologia

Cerca de 150 alunos do Cedaspy apresentarão pilotos de empresas a visitantes em escola de Contagem, nos dias 21 e 22 de dezembro

Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)

O Cedaspy Professional School (CPS), rede de escolas de profissionalização e capacitação para jovens, promove, nos dias 21 e 22 de dezembro, a Feira de Empreendedorismo e Tecnologia em sua unidade de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. O evento é gratuito e aberto para alunos, familiares e comunidade local. A expectativa é de que participem cerca de 1,5 mil pessoas nos dois dias de exposição.

Desde 2016, ano da primeira edição, a feira serve de vitrine para a apresentação de trabalhos de conclusão de curso dos alunos da unidade. Todos os anos, os estudantes enfrentam o desafio de desenvolver planos de negócios para empresas, com base na formação que recebem no Cedaspy. “Cada edição oferece surpresas, tanto para os professores quanto para o público, já que os estudantes são incentivados a pensar com a cabeça de empreendedor desde a primeira aula”, afirma Rodrigo Ferreira, coordenador de ensino do Cedaspy Contagem. “Nessa etapa final dos cursos, muitas vezes vemos projetos que têm grandes chances de se tornar empresas reais”, acrescenta.

Para esta terceira edição, aproximadamente 150 alunos se envolveram no desenvolvimento de 34 projetos. O desafio era montar um plano criativo e inovador fundamentado em tecnologia aplicada ao empreendedorismo. Em dois meses, os jovens se dividiram em grupos com quatro ou cinco integrantes, escolheram um setor de atuação para a empresa e o seu produto principal. Cada grupo elegeu um presidente, que indicou os demais colegas para liderar departamentos das respectivas empresas.

Com o organograma pronto e as tarefas repartidas, os estudantes simularam uma sociedade, prepararam relatórios administrativos e contábeis, delimitaram público-alvo, planejaram identidade visual e, ainda, criaram site e perfis em redes sociais. “O resultado de todo esse trabalho poderá ser conferido pelo público que prestigiar os alunos nos dois dias da feira deste ano”, avalia o coordenador do Cedaspy Contagem.

Avaliação do público

Para intensificar a interatividade entre estudantes e público, os visitantes receberão unidades da moeda Cedaspyus, criada exclusivamente para a feira. Com “recursos” em mãos, as pessoas poderão destinar quantas moedas desejarem aos projetos de que mais gostaram, levando em conta aspectos como criatividade, inovação, organização e apresentação.

Os trabalhos serão também avaliados pelos professores e por empresários convidados, que participarão do evento abertos à possibilidade de identificar futuros talentos. “As empresas preferem contratar jovens capacitados e com perfil empreendedor mais desenvolvido. Muitos alunos do Cedaspy Contagem são escolhidos por essas características, e alguns acabam entrando no mercado de trabalho antes mesmo de terminar o curso”, ressalta Ferreira.

Na edição passada, a feira reuniu muitos projetos voltados ao setor alimentício. O trabalho de maior repercussão foi um bar noturno, que recebeu as melhores avaliações por sua identidade visual, pela apresentação do projeto ao público e pelo fato de ter melhor produto carro-chefe — um coquetel de suco e refrigerante disponível para venda dentro do estande.

Sobre o Cedaspy

O Cedaspy Professional School (CPS) atua há 34 anos no mercado na profissionalização e capacitação de jovens, com mais de 300 mil alunos formados em toda sua história. Com 40 unidades em todo o Brasil, a rede de escolas oferece cursos livres regulares focados na preparação de jovens em busca do primeiro emprego. Atualmente, mais de 40 mil alunos estão matriculados em 12 módulos, como web, design gráfico, desenvolvimento de sites, marketing digital, jogos, configuração e manutenção de computadores. Os conteúdos são aplicados por meio da metodologia de ensino EDAA, que abrange os quatro pilares essenciais para o aprendizado: Explanação, Demonstração, Aplicação e Acompanhamento. Um dos fundamentos da instituição é desenvolver o comportamento empreendedor do jovem para estimular seu protagonismo na sociedade.

Serviço

Feira de Empreendedorismo e Tecnologia do Cedaspy Contagem
21 e 22 de dezembro de 2018, das 9h às 17h
Av. João Cesar de Oliveira, 2840 – Contagem
Mais informações: (31) 3119-2008
https://www.facebook.com/CedaspyContagem/

Empreendedorismo e Inovação

Crie O Impossível reunirá 10 mil estudantes no Mineirão para falar de empreendedorismo

Evento reunirá 10 mil alunos de escolas públicas para uma experiência inspiracional

Na próxima sexta-feira, 25 de outubro, o Mineirão será palco para mais uma edição do “Crie o Impossível”, evento que compartilha cases e traz relatos de pessoas que se tornaram empreendedores de sucesso, dedicando, errando, aprendendo, se arriscando ou recomeçando. Ao todo, o evento reunirá 10 mil alunos de escolas públicas para uma experiência inspiracional. Ao todo, sete palestrantes se revezarão no palco, das 7h às 12h30, para contar suas experiências.

Segundo o empreendedor Flávio Vinte, listado na FORBES Under 30 2019, CEO da Vivaçúcar e um dos co-fundadores do “Crie o Impossível”, o objetivo do evento é inspirar e ajudar estudantes do ensino público a desenvolverem projetos para o futuro. “Queremos mostrar para esses jovens que, independente da realidade e das experiências de vida que eles tiveram, é possível ter grandes sonhos pessoais e profissionais e, com muito trabalho e dedicação, realizá-los”, destaca. Flávio acrescenta que a iniciativa é ainda uma forma de estimular o empreendedorismo juvenil. “É importante encorajá-los a pensar fora da caixa, a não desistirem, a acreditarem em si mesmos”, reforça.

Além das palestras, os estudantes serão convidados a participar de um desafio: criar um projeto para melhorar a escola em que estudam. Os autores das melhores ideias podem sair do Mineirão com bolsas de estudo e uma viagem para conhecer o Vale do Silício, berço da tecnologia e inovação, na Califórnia, nos Estados Unidos.

Palestras

Entre os palestrantes da edição deste ano, estão: Rene Silva, criador do “Vozes da Comunidade”, jornal comunitário que circula em 14 favelas do Rio de Janeiro, com tiragem de 15 mil exemplares; Leonard Farah, capitão do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais que atuou nos resgates em Mariana e Brumadinho; Dandara Elias; presidente do “Todo Black É Power’, primeiro grupo empresarial afro empreendedor do Brasil; Kdu dos Anjos, criador do projeto “Lá da Favelinha”, que promove atividades culturais para jovens no Aglomerado da Serra; Wagner Espeschit, médico e vice-presidente do “Lar de Marcos”, abrigo acolhe e educa crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social em Contagem; José Felipe Carneiro, fundador da Wäls, cervejaria mineira que foi comprada pela Ambev, e da empresa de kombuchas K-Häppy; Guilherme Menezes, um dos fundadores do Embaixadores da Educação; e Enaldinho, youtuber que tem mais de 12 milhões inscritos em seu canal.

Patrocínio

O “Crie O Impossível” é viabilizado por meio de patrocínios de empresas, e doações feitas por pessoas físicas, chamadas de “Embaixadores do Impossível”. As doações podem ser realizadas pelo site https://www.crieoimpossivel.com.br/ e, a cada 100 reais doados, a participação de um aluno é garantida. A partir de R$ 500, o doador também recebe uma cortesia para participar do evento, e, a partir de R$ 1,5 mil, ele pode participar do almoço de patrocinadores, que será oferecido no dia. A entrada no evento é gratuita para estudantes das escolas públicas. Na primeira edição do evento, realizada em 2018, estiveram presentes cerca de 4 mil alunos.

Continuar lendo

Empreendedorismo e Inovação

Feira do Empreendedor terá capacitações gratuitas direcionadas para Microempreendedores Individuais

Maior evento de empreendedorismo do estado começa na próxima semana

Foto: Divulgação

Minas Gerais é o terceiro estado com maior número de Microempreendedor Individual (MEI) (1.028.565 formalizados), atrás apenas de São Paulo (2.424.489) e Rio de Janeiro (1.047.464 MEI), de acordo com dados do Portal do Empreendedor (até setembro/2019). Os setores de serviço e comércio somam juntos mais de 750 mil formalizados, 73,4% dos MEI no estado. Para orientar quem já é MEI ou quer se formalizar, o Sebrae Minas promove, de 16 a 19 de outubro, capacitações gratuitas durante a Feira do Empreendedor, em Belo Horizonte. As inscrições podem ser realizadas pelo site www.feiradoempreendedormg.com.br

Criado há 10 anos, a figura jurídica do MEI representa hoje 67% dos pequenos negócios mineiros optantes pelo Simples Nacional. Para ser MEI, é necessário ter um faturamento anual limitado a R$ 81 mil (ou proporcional aos meses de funcionamento no ano de abertura), não ter sócio e nem filiais, trabalhar sozinho ou ter no máximo um empregado (que receba piso da categoria ou salário mínimo) e atuar em uma das ocupações permitidas pela Lei.

Entre as vantagens estão: abrir conta bancária de Pessoa Jurídica, emitir notas fiscais, ter acesso a linhas de crédito com condições mais atrativas, participar de licitações, além de ter uma carga tributária reduzida e um sistema de recolhimento único. O MEI conta ainda com benefícios como auxílio maternidade, auxílio doença, aposentadoria, etc.

Em alta

A Lei nº 13.352/2016, conhecida como Lei do Salão Parceiro, proporcionou regularizar uma prática frequente nos salões de beleza: a contratação de profissionais como cabeleireiros, esteticistas, barbeiros, depiladores, maquiadores, manicures, entre outros, como parceiros que prestam serviços e não como empregados. O maior benefício é propor avanços na relação contratual. Cada profissional de beleza poderá trabalhar utilizando a estrutura física do salão, tendo como retorno o valor do seu trabalho e pagando ao dono um valor pelo uso deste espaço. Em contrapartida, o dono do salão tem a segurança na questão tributária e trabalhista.

Outro segmento que tem crescido ao longo dos últimos anos é o da prestação de serviços da construção civil. Para melhorar ainda mais os negócios deste setor, o relacionamento com os clientes pode ser primordial. “O atendimento é a chave do primeiro contato com o cliente. O pintor, por exemplo, se ao final do dia deixar a casa suja, material espalhado e sem recolhimento, o serviço pode ter sido bom, mas o profissional deixou uma imagem negativa, e o cliente não vai indicar para outras pessoas”, explica a analista do Sebrae Minas Laurana Viana.

Confira a programação da Feira do Empreendedor direcionada para os Microempreendedor Individuais

16 DE OUTUBRO (QUARTA-FEIRA)

15h
Já sou MEI: e agora?
Dê asas à sua empresa
Quero ser MEI: o que fazer?
Aprenda a construir um relacionamento com seus clientes

16h
Tenho um bar: como administrar meu negócio?
Tenho um salão: como administrar o meu negócio?
Aprenda a controlar seu caixa e analisar suas vendas

17h
Aprenda a controlar seu caixa e analisar suas vendas

18h
Tenho uma lanchonete: como administrar meu negócio?
Tenho uma loja de roupas: como administrar meu negócio?

18h30
Aprenda a analisar se sua empresa tem lucro ou prejuízo

19h
Aprenda a analisar se sua empresa tem lucro ou prejuízo

19h30
Tenho uma lanchonete: como administrar meu negócio?
Já sou MEI: e agora?

20h30
Aprenda a construir um relacionamento com seus clientes

21h
Dê asas à sua empresa
Quero ser MEI: o que fazer?
Tenho um salão: como administrar o meu negócio?

17 DE OUTUBRO (QUINTA-FEIRA)

15h
Já sou MEI: e agora?
Tenho um salão: como administrar o meu negócio?
Tenho um bar: como administrar meu negócio?
Aprenda a controlar seu caixa e analisar suas vendas

16h30
Dê asas à sua empresa
Tenho um salão: como administrar o meu negócio?
Aprenda a construir um relacionamento com seus clientes

17h
Aprenda a analisar se sua empresa tem lucro ou prejuízo

18h
Tenho uma lanchonete: como administrar meu negócio?
Tenho uma loja de roupas: como administrar meu negócio?

18h30
Aprenda a controlar seu caixa e analisar suas vendas

19h
Aprenda a construir um relacionamento com seus clientes

19h30
Tenho uma loja de roupas: como administrar meu negócio?
Quero ser MEI: o que fazer?

20h30
Aprenda a analisar se sua empresa tem lucro ou prejuízo

21h
Dê asas à sua empresa
Já sou MEI: e agora?
Tenho um salão: como administrar o meu negócio?

18 DE OUTUBRO (SEXTA-FEIRA)

15h
Dê asas à sua empresa
Tenho um bar: como administrar meu negócio?
Quero ser MEI: o que fazer?
Aprenda a controlar seu caixa e analisar suas vendas

16h30
Já sou MEI: e agora?
Tenho uma lanchonete: como administrar meu negócio?
Aprenda a controlar seu caixa e analisar suas vendas

17h

Aprenda a construir um relacionamento com seus clientes

18h
Tenho uma lanchonete: como administrar meu negócio?
Já sou MEI: e agora?

18h30
Aprenda a construir um relacionamento com seus clientes

19h
Aprenda a analisar se sua empresa tem lucro ou prejuízo

19h30
Quero ser MEI: o que fazer?
Tenho uma loja de roupas: como administrar meu negócio?

20h30
Aprenda a analisar se sua empresa tem lucro ou prejuízo

21h
Dê asas à sua empresa
Quero ser MEI: o que fazer?
Tenho uma loja de roupas: como administrar meu negócio?

19 DE OUTUBRO (SÁBADO)

15h
Quero ser MEI: o que fazer?
Já sou MEI: e agora?
Aprenda a construir um relacionamento com seus clientes

16h30
Tenho uma loja de roupas: como administrar meu negócio?
Tenho uma lanchonete: como administrar meu negócio?
Aprenda a controlar seu caixa e analisar suas vendas

17h
Aprenda a controlar seu caixa e analisar suas vendas

18h
Dê asas à sua empresa
Tenho uma lanchonete: como administrar meu negócio?

18h30
Aprenda a analisar se sua empresa tem lucro ou prejuízo

19h
Aprenda a analisar se sua empresa tem lucro ou prejuízo

19h30

Já sou MEI: e agora?
Dê asas à sua empresa

20h30
Aprenda a construir um relacionamento com seus clientes

21h

Quero ser MEI: o que fazer?
Já sou MEI: e agora?
Tenho uma loja de roupas: como administrar

Serviço

Feira do Empreendedor 2019
De 16 a 19 de outubro, das 14h às 22h
Sede do Sebrae Minas
Avenida Barão Homem de Melo, 329 – Nova Granada – BH/MG
Entrada gratuita
Vagas limitadas
Inscrições: www.feiradoempreendedormg.com.br

Continuar lendo

Empreendedorismo e Inovação

Empreendedorismo e saúde é tema de evento dedicado às mulheres em Belo Horizonte

Promovido pelo grupo “Empreendendo no Lar Doce Lar”, encontro impulsiona mulheres de negócios e chama atenção para os cuidados necessários ao corpo e a saúde

Foto: Divulgação

Saúde, beleza, bem-estar e negócios. Estes são alguns dos temas que vão guiar a primeira edição do “Empreendendo com saúde”, que será realizado no dia 10 de outubro, a partir de 13h30, na sede da Feomércio. Idealizado pela chef confeiteira Danielle Neves, a Dani Formigueiro, do grupo “Empreendendo no Lar Doce Lar”, o evento terá uma programação composta por palestras, aulas e um coffee break para troca de experiências e networking. As participantes contarão com espaço de beleza e concorrerão, ainda, a brindes.

A iniciativa também quer reforçar a importância dos cuidados em meio à rotina agitada das mulheres. O ingresso será comercializado por R$ 10, mediante a uma doação de um quilo de alimento não perecível e apresentação de um exame atualizado (feito em 2019), como Mamografia, Papanicolau ou check-up. “Este evento vem suprir uma necessidade de a mulher empreendedora ter um tempo para refletir sobre seu bem-estar, cuidar de si. Sem saúde, os negócios não prosperam”, argumenta Formigueiro.

Sobre Empreendendo no Lar

Criado em 2016, o Empreendendo no Lar é grupo de cerca de 300 mil pessoas que visa o fomento ao empreendedorismo feminino, com foco na geração de renda por meio da confeitaria. Liderado pela empreendedora do ramo, Dani Formigueiro, o grupo conta com ações nas redes sociais e eventos presenciais de capacitação e network.

Serviço

Empreendendo com saúde
Data: 10 de outubro
Horário: 13h30 às 18h30
Local: Feomércio-MG (Rua Curitiba, 561, Centro/BH-MG)
Investimento: A partir de R$ 10, à venda em https://www.sympla.com.br/empreendendo-com-saude__648343
Outras informações: (31) 98501-4350

Continuar lendo