fbpx
Redes Sociais

Cultura

Julia Lemmertz, Georgiana Góes e Pedroca Monteiro apresentam “Simples Assim” em BH

Por Dentro de Minas - Google News (pordentrodeminas - googlenews)

• atualizado em 23/09/2019 às 13:57

Comédia dirigida por Ernesto Piccolo e baseada nos livros ‘Quem Diria que Viver iria dar Nisso’ e ‘Simples Assim’, de Martha Medeiros, estreia nos dias 5 e 6 de outubro no Teatro SESIMINAS

Em uma produção original da Turbilhão de Ideias e apresentação do Circuito Cultural Bradesco Seguros, a peça Simples Assim estreia nos dias 5 e 6 de outubro, sábado, às 19h e 21h30 e no domingo, às 19h, no Teatro SESIMINAS (Rua Padre Marinho, 60 – Santa Efigênia, Belo Horizonte/MG). Baseado na obra da colunista do jornal O Globo e cronista Martha Medeiros, o texto foi adaptado pela própria autora ao lado de Rosane Lima. No elenco da peça estão as atrizes Julia Lemmertz, Georgiana Góes e o ator Pedroca Monteiro, com a direção de Ernesto Piccolo.

Sucesso de público e crítica no Rio de Janeiro, a peça é marcada por histórias entrelaçadas e apresenta figuras simultaneamente distópicas e reais, como um casal que apenas interage pelo celular, uma mulher que contrata uma dublê de si mesma e uma jovem que decide viajar para Marte e abandonar o amante. Em todos os casos, há espaço para uma indagação: para onde foi a simplicidade do afeto tête-à-tête? O enredo traz reflexões sobre a roda da vida e os humanos em meio ao caos moderno, à solidão tecnológica, soterrados por informações e desencontros.

A comédia reflete sobre o cotidiano, com muito humor e afeto, como é usual na obra da escritora, uma das mais celebradas cronistas brasileiras. Os atores se revezam em vários personagens, em dez cenas, numa estrutura inspirada em A Ronda, clássico do austríaco Arthur Schnitzler. De acordo com Martha Medeiros, eles trazem um espírito meio esquizofrênico desta época. “A vida é difícil, mas a simplicidade salva. Corruptos existem, mas eles nada podem contra a morte. A tecnologia nos domina, mas o amor segue imperioso. Tudo se entrelaça. É um texto para rir e pensar sobre essa birutice toda”, comenta.

Segundo a autora, as cenas exploram detalhes dessas relações no cotidiano. “Olhamos o que permanece de humano nos personagens em meio a tantas transformações. Montar a peça hoje é abrir um espaço de pensamento e, ao mesmo tempo, de prazer para os espectadores, desejando que eles possam rir e refletir sobre nossa linda e atribulada humanidade”.

Crônicas

As duas coletâneas em que a peça se baseia reúnem cerca de 200 crônicas. Dessa pesquisa resultaram dez cenas, cada uma delas com duas ou três crônicas entrelaçadas. A livre adaptação do texto apresenta histórias entrecortadas que tratam das relações interpessoais no mundo contemporâneo, de um tempo acelerado e mediado por uma tecnologia invasiva e incontornável. Rosane Lima explica que a estrutura do texto segue um modelo inspirado em A Ronda, clássico do austríaco Arthur Schnitzler, com cenas aparentemente independentes, mas com um personagem sempre se repetindo no quadro seguinte. “A estrutura do texto austríaco sempre me encantou pela simplicidade e eficiência. Eu também sabia que teríamos um elenco pequeno e um número razoável de personagens, situação que esse formato favorece. A Ronda foi escrita na virada do Século XX, um período de grandes transformações sociais, morais etc., possibilitando uma analogia atraente com o momento atual”, diz.

Ela ainda completa. “Na ‘ciranda’ de Simples Assim não surgem apenas casais, como na peça de Schnitzler, mas também relações de irmãs, amigos, empregados, o que, além de ampliar o espectro de visão da peça, contempla a variedade e o alcance das crônicas da Martha”. Já o ator Ernesto Piccolo considera Simples Assim a peça mais atual da escritora. “É a mais antropológica. Ela tem um lado muito humano e também traz lampejos sociais e políticos muito atuais, retrata o nosso desconforto com as coisas que estão acontecendo no mundo”.

Sem rodeios

Para Julia Lemmertz, a autora tem a capacidade de falar sobre coisas profundas de uma forma muito direta, conseguindo radiografar, através de suas crônicas, o caos dos dias atuais. “Está todo mundo muito conectado em redes, links, mas pouco conectado com a pessoa que está do seu lado, com o presencial, o aqui agora. A peça vai colocando situações para que você reflita como é estar nesse mundo com essa quantidade de informação, de solicitações e como você se forma humano nisso. Como você permanece humano dentro de tanta demanda”, aponta. Julia destaca ainda a universalidade e importância dos temas abordados no espetáculo. “É um momento de tantas coisas para se refletir. Ele se passa no Brasil, mas o mundo inteiro está assim. Estamos em uma convulsão geral, as pessoas estão em situação limite”, reflete.

Pedroca Monteiro acrescenta que o espetáculo olha para o agora e aponta que, apesar de tudo, é necessário continuar. “Não adianta ir para Marte, como decide uma das personagens. É preciso estimular as pessoas à mudança. Ao invés de viajar para outro planeta ou mesmo outro país, é fundamental ficar aqui e tentar transformar o nosso lugar”, conclui. “E a Martha consegue traduzir tudo de uma maneira popular, que se comunica com todos”, elogia Georgiana Góes. O espetáculo propõe focar no que realmente importa, tenta alcançar a simplicidade, que é algo tão complexo e difícil. “É preciso buscar gente que converse e se escute, que se aproxime pelo afeto, pelo carinho, pela empatia, pelo interesse pela vida do outro. É trocar, ouvir e ser ouvido.”

A transposição para o palco

Uma das mais importantes escritoras brasileiras da atualidade, Martha Medeiros teve outras obras adaptadas para o teatro como Divã e Doidas e Santas, entre elas. É a primeira vez que ela assina também a versão do texto para o palco. “As peças foram adaptadas com liberdade total, com minha obra servindo como base, mas agora é diferente, não há uma releitura dos meus textos. Em Simples Assim, eles estão mais íntegros. Claro que há também a adaptação da craque Rosane Lima, mas o espírito da peça está mais sintonizado com o que escrevo nos jornais. Há um compromisso real com minhas ideias e meu espírito”, explica.

O projeto nasceu de uma ideia do produtor Gustavo Nunes, em 2016, após um encontro com Martha Medeiros, em Porto Alegre. A parceria entre os dois rendeu também o canal da escritora no YouTube, M de Martha, que estreou no ano passado e prepara uma série de novos episódios ainda este ano. Diretor de Doidas e Santas, Ernesto Piccolo já é familiarizado com o universo da escritora e foi uma escolha natural. Amigo de longa data de Julia Lemmertz, é a primeira vez que a dirige. “Sempre sonhei trabalhar com ela”, celebra.

Serviço

Simples Assim no Teatro SESIMINAS

Temporada: 5 e 6 de outubro

Sábado: 19h e 21h30

Domingo: 19h.

Local: Teatro SESIMINAS – Rua Padre Marinho, 60 – Santa Efigênia, Belo Horizonte/MG.

Ingressos:

Sábado 19h R$ 100,00 e R$ 50,00 (meia)

Sábado 21h30 R$ 120,00 e R$ 60,00 (meia)

Ingresso Popular: 50,00 Inteira 25,00 (meia)

Vendas online: https://checkout.tudus.com.br/centro-cultural-sesiminas–simples-assim–/selecione-seus-ingressos

Classificação etária: 12 anos

Duração: 80 minutos

Gênero: Comédia.

Lotação: 660 Lugares

[ Jornalista e Editor Geral - Por Dentro de Minas | Portal Terra ] - Graduação: Jornalista (FESBH), Teólogo (F.ESABI), Sociólogo e Letras (F.Polis das Artes) e Economista (UNIP). Tem Mestrado em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (Universidade Europeia Miguel de Cervantes/UEMC), Doutorado Prof. em Ciências Sociais e Políticas (USIP) e atualmente cursa Direito (UNIESP-BH). Apaixonado por música, colabora no "CulturalizaBH/Portal UAI" e na "TV Balcão" com a coluna "Crítica Musical" falando sempre sobre álbuns, coberturas de shows e etc. Tem como hobbie comprar CDs e também vinis. É também apaixonado por Sociologia, tanto que de sua graduação em Ciências Sociais: Sociologia, se tornou colunista de Opinião & Comportamento do portal da "RedeTV!" e "Rondônia Digital" e desta coluna, nasceu o "E-book: Sociedade Conectada: a Influência da Internet no Cotidiano". Da Economia, área ao qual foi repórter e sub-editor, se tornou colunista no "Divulga Gerais" após sua graduação em Ciências Econômicas: Economia. É colaborador de Jornais/Portais de Notícias, Diretor do Grupo Conteúdo - Agência de Notícias - Sites e também editora e assina matérias em alguns jornais de Minas Gerais e do Brasil. A escrita é sua maior base e paixão no Jornalismo. [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

Publicidade
Comentar

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Cultura

Beto & Breno tomam todos os cuidados contra o Covid-19 em live que acontece neste sábado

• atualizado em 26/06/2020 às 08:50

Sertanejos, que farão mais de 3 horas de show com transmissão ao vivo pelo canal oficial dos artistas no YouTube.com/BetoeBreno, planejaram uma série de medidas para garantir a segurança da saúde de toda a equipe

A grande festa da música sertaneja que a dupla Beto & Breno realizará on-line neste sábado, 27 de junho, às 16h30, será cercada de cuidados. Para garantir a segurança da saúde de toda a equipe e dos cantores, uma série de medidas foram tomadas e são exigência dos artistas para a realização da live.  ‘Amor de Lares’ é o título do show que será transmitido ao vivo no canal Youtube.com/BetoeBrenooficial, pelo link https://www.youtube.com/watch?v=I9nVqjhdHO0, com um mix de músicas românticas e animadas que esquentará o sábado de inverno.

A live ‘Amor de Lares’ teve no nome escolhido em alusão ao último sucesso da dupla, ‘Amor de Bares. A festa on-line contará com um repertório recheado de sucessos de grandes nomes do sertanejo, como, Zezé di Camargo & Luciano, Bruno & Marrone, Leandro & Leonardo, Édson & Hudson, Chitãozinho & Xororó, Gusttavo Lima, Zé Neto & Cristiano, Marília Mendonça,  Matheus & Kauan e muitos outros. Mas as músicas de Beto & Breno que estão na ponta da língua dos fãs não ficarão de fora. “Amor de Bares, Volta Maria, O Que que Ela Tem, Agora Sou Mais Um, e Quero Que Valorize não podem faltar, pois quem nos acompanha nos shows e nas redes sociais sempre pede”, conta Beto.

Para evitar os riscos de contaminação pelo novo coronavírus, a equipe técnica estará paramentada com equipamentos de proteção individual e o uso de máscaras fora de cena é obrigatório. O contato físico será evitado e colaboradores da área da limpeza estarão o tempo todo a postos para a desinfecção de espaços e objetos.

Durante a live ‘Amor de Lares’ será possível fazer doações para ajudar quem precisa. Recursos serão arrecadados para a instituição Lar de Antônio Tereza, que ajuda cerca de 800 crianças carentes. Após a transmissão ao vivo, tudo o que for doado será repassado para a entidade e a dupla prestará contas por meio das redes sociais oficiais.

Para não perder a live de Beto & Breno, basta se inscrever no canal www.youtube.com/betoebreno e ativar as notificações. Assim, o próprio YouTube avisará quando a cantoria começar. O link direto para a transmissão ao vivo já está disponível: https://www.youtube.com/watch?v=I9nVqjhdHO0.

Sobre Beto & Breno

Elias (Beto) e Breno se conheceram em 2009 e logo tornaram grandes amigos. Em 2011, montaram a primeira formação da dupla, com o nome ‘Breno & Gustavo’, que durou pouco, pois Breno teve que retornar à sua cidade natal, Vitória / ES. Ambos continuaram batalhando na música, sendo que Beto voltou para a sua primeira parceria musical, com Alessandro, e Breno seguiu carreira solo em terras capixabas.

Já em 2015, Breno retorna para a capital mineira e os dois nem pensaram muito e retornaram com a dupla, mas com um novo nome: Beto & Breno. Desde então, os artistas seguem batalhando para conquistar cada vez mais espaço e o retorno tem sido gratificante. Em 2019 eles foram considerados a dupla revelação em Minas graças ao sucesso de ‘Amor de Bares’, hit que ganhou as ondas do rádio, as redes sociais e os palcos dos maiores eventos da região, como, Festival Brasil Sertanejo, Arraiá de Belô, Pedro Leopoldo Rodeio Show, Expo Cachaça e muitos outros com projeção na mídia, conquistando cada vez mais fãs.

Com o sucesso repentino, as vozes de Beto & Breno ecoaram pelos quatro cantos do país quando foram convidados pelo SBT para interpretar a música ‘Casinha Branca’, que foi tema da novela Cúmplices de um Resgate.  E não para por aí, pois eles foram convidados a participar do projeto ‘Cerveja, Churrasco e Viola’, dirigido pelo Talismã, escritório do cantor Leonardo. A iniciativa contou com grandes artistas da música sertaneja, como, Matogrosso e Mathias, Eduardo Costa, Cézar e Paulinho, Trio Parada Dura, César Menotti & Fabiano, além, é claro de Beto & Breno.

E para coroar todo o sucesso conquistado, a dupla gravou e lançou em 2019 o DVD ‘Entre Amigos’, com as participações especiais de Fabiano Menotti (César Menotti & Fabiano), Eduardo Costa e Edy Brito & Samuel. A faixa ‘Amor de Bares’, que faz parte do trabalho, já está com quase 1,5 milhão de visualizações no YouTube.

Serviço:

Beto & Breno – Live ‘Amor de Lares’

Data: 27 de junho, sábado

Horário: 16h30

Acesso pelo https://www.youtube.com/watch?v=I9nVqjhdHO0

Continuar lendo

Cultura

Marcos Veras apresenta a live ‘Samba Prime em Casa’ neste sábado com o show do Grupo Revelação

Transmissão ao vivo, que será realizada no dia 06 de junho, às 20h, no canal oficial do Samba Prime no YouTube, contará com participações dos maiores nomes do samba e do pagode via vídeochamada

Que o Samba Prime é o maior festival de samba e pagode do planeta não há dúvida, mas agora o evento vai conquistar o status de melhor live do universo! É que neste sábado, 06 de junho, a partir das 20h, a organização da festa realizará a primeira edição do ‘Samba Prime Em Casa’, transmissão ao vivo de um grande show do grupo Revelação, participações de grandes nomes do samba e pagode e a apresentação do irreverente ator Marcos Veras.

A festa on-line será transmitida no canal oficial festival no YouTube: https://www.youtube.com/sambaprimeoficial e pelas maiores rádios que tocam samba e pagode em todo o Brasil. A apresentação será uma espécie de esquenta, já que o festival, que aconteceria no dia 23 de maio, foi transferido para o dia 19 de setembro por causa da pandemia do novo Coronavírus. Durante a live, o público poderá fazer doações que serão direcionadas a instituições de caridade de Minas Gerais.

Grupo Revelação

Com 24 anos, sendo 13 de sucesso nacional, o grupo Revelação, hoje com mais de 2,5 milhões de CDs e DVDs vendidos e obras com milhões de execuções em plataformas digitais, inicia uma nova fase. Com a volta de Artur Luís (reco reco) e a chegada de Jhonatan Alexandre, sobrinho do ex vocalista Xande de Pilares, o grupo volta com a sua identidade musical original com Beto Lima (violão), Mauro Junior (Banjo), Jhonatan Alexandre (cavaco), Artur Luís(reco-reco), Rogerinho (tan-tan), Sergio Rufino (pandeiro).

Jhonatan Alexandre confessa que quando era pequeno brincava de ser cantor do Revelação, e chega para mostrar o que aprendeu assistindo seu maior ídolo e tio, Xande de Pilares. Trazendo samba, irreverência e alegria no seu DNA, vem muita coisa boa por aí.

Serviço

Live Samba Prime em Casa com o Grupo Revelação e grandes nomes do samba e pagode

Data: 06 de junho, sábado

Horário: 20h

Transmissão: https://www.youtube.com/sambaprimeoficial

Siga o Samba Prime no Instagram: @sambaprimeoficial

Continuar lendo

Cultura

Quem está por trás dos maiores eventos de MG?

• atualizado em 04/06/2020 às 10:46

Ederson Clayton, conhecido no mercado como Popo, tem 23 anos de carreira na área da cultura e do entretenimento e hoje é responsável pela produção artística e executiva dos mais importantes shows e festivais do Estado

Por Heberton Lopes | Grupo Balo

Quem participa de grandes shows e festivais sabe que existe um verdadeiro exército de pessoas empenhadas para fazer tudo acontecer. São centenas de funções, desde a portaria, passando pela limpeza, segurança, alimentação, montagem, técnica e, claro, a produção executiva e artística. O que poucas pessoas sabem é que em Belo Horizonte há um profissional que é referência nacional e cuida da produção geral dos palcos dos maiores shows e festivais de Minas Gerais. O nome dele é Ederson Clayton, conhecido no mercado como Popo, que está à frente da empresa Horta Produções e Eventos, com várias iniciativas renomadas no currículo, como, Festeja, Samba Prime, Glacial Fest, Festival Brasil Sertanejo e vários inúmeros shows dos mais variados estilos.

A carreira de Ederson Clayton no mercado do entretenimento começou no ano de 1997 na função de produtor executivo e empresário do grupo de pagode Carisma, que, apesar de ser uma banda regional, fez bastante sucesso na época e tocou em várias partes do país e agitou os principais eventos de Minas Gerais. “Considero como o pontapé inicial da minha trajetória na área de eventos e uma grande vitória, pois comparado com as facilidades de hoje, era muito difícil uma banda regional fazer sucesso”, pontua.

Já no final dos anos de 1990 e chegando à virada do milênio, Popo enxergou a oportunidade de ampliar a sua atuação e começou a produzir os próprios eventos em casas noturnas de Minas Gerais. Nomes estourados naquela época foram produzidos pelo profissional, como, Karametade e Os Travessos. A escalada para o sucesso era árdua, mas contínua e rápida, com grandes oportunidades. “O primeiro grande evento que participei foi o Pagode Brasil, que contou com uma grade de shows com os maiores nomes do samba e pagode do país. A partir daí fui conhecendo outros produtores de eventos e comecei a trabalhar na produção executiva e na produção artística”, conta.

O produtor Ederson Clayton foi ficando cada vez mais conhecido no mercado e os organizadores de eventos de Minas Gerais passaram a demandar cada vez mais trabalhos. “No começo de 2002 eu comecei a fazer a produção de vários eventos e as populares festas de rodeio, que reuniam milhares de pessoas e artistas de diversos segmentos”, explica o profissional.

A expertise na venda de shows veio de sua experiência como empresário do Grupo Carisma. Os aprendizados serviram para que ele pudesse ampliar o seu leque de atuação e, com isso, passou a negociar apresentações de centenas de nomes da música brasileira. Se os artistas fossem listados aqui, seria uma infinidade de páginas, mas alguns dos shows vendidos e produzidos atualmente merecem destaque, como, Sorriso Maroto, Zé Neto & Cristiano, Marília Mendonça, Maiara & Maraísa, Sérgio Reis, Gusttavo Lima, Felipe Araújo, Mumuzinho, Molejo, Fundo de Quintal, Léo Santana, Harmonia do Samba, Anitta, Ludmilla, Kevinho, Nego do Borel, Jota Quest, Biquini Cavadão e muitos outros.

Com 23 anos de carreira e à frente da Horta Produções e Eventos, Ederson Clayton trilhou uma estrada permeada de sucessos, experiências e amizades. “Quando olho para trás e vejo tudo o que passou sinto um grande orgulho. Quem trabalha com eventos sabe que não é uma área fácil, temos que lidar com várias situações que estão fora do nosso controle, incertezas e outras coisas. Mas o que me motiva é o resultado final, é o artista no palco, o evento bem produzido e o público feliz”, destaca o produtor, que hoje é responsável pela produção de vários eventos, como, Festeja Belo Horizonte, Festeja Juiz de Fora, Festival Brasil Sertanejo, Samba Prime, Baile da Santinha, Festival Gospel, Réveillon Iate, Último Samba do Ano e muitos outros. Para se ter uma ideia, no último balanço realizado por Popo, em toda a sua trajetória foram produzidos quase 600 eventos e vendidos mais de 300 shows. Nas redes sociais da Horta Produções (@hortaproducoes) é possível ter uma amostra do carinho que os artistas têm por Ederson Clayton e por sua empresa, que são, com certeza, parceiros estratégicos para alavancar o sucesso de vários cantores e bandas de todo o país em Minas Gerais.

Continuar lendo