Redes Sociais

Últimas Notícias

Confira o funcionamento em Belo Horizonte no feriado de Ano Novo

O dia 1º de janeiro é feriado nacional em comemoração ao Ano Novo (Lei Federal 662, de 1949). Já o dia 31 de dezembro é ponto facultativo, de acordo com decreto 17.000, publicado no Diário Oficial do Município no dia 24 de outubro. Confira abaixo o funcionamento dos diversos órgãos e equipamentos da administração municipal neste dia.

Parques e Zoológico

Parque das Mangabeiras*
Aberto nos dias 29/12, 30/12 e 1º de janeiro, das 8h às 17h.
Fechado no dia 31/12.
Especificamente no Parque das Mangabeiras, não estará disponível o serviço de aluguel de quadras, bolas, petecas e etc nos dias 25 de dezembro e 1º de janeiro.

Mirante das Mangabeiras*
Aberto nos dias 29/12, 30/12 e 1º de janeiro, das 9h às 18h30 (entrada permitida até às 18h15).
Fechado no dia 31/12.

Serra do Curral*
Aberto nos dias 29/12, 30/12 e 1º de janeiro, das 8h às 17h (entrada permitida até às 16h).
Fechado no dia 31/12.

Parque Municipal Américo Renné Giannetti
Aberto nos dia 29/12, 30/12 e 1º de janeiro, das 6h às 18h.
Fechado no dia 31/12.

Parque Ecológico da Pampulha
Aberto nos dias 29/12, 30/12 e 1º de janeiro, das 8h30 às 19h de novembro a fevereiro, meses de vigência do horário de verão (entrada permitida até 18h)
Fechado no dia 31/12.

Demais parques*
Abertos nos dias 29/12, 30/12 e no dia 1º de janeiro, das 7h às 18h.
Fechado no dia 31/12.

Jardim Zoológico e Jardim Botânico*
Abertos nos dias 29/12, 30/12, das 8h às 17h (com entrada permitida até 16h).
Fechados nos dias 31/12 e no dia 1º de janeiro.

Aquário da Bacia do Rio São Francisco*
Aberto nos dias 29/12, 30/12, das 8h30 às 16h30 (com entrada permitida até 16h).
Fechado nos dias 31/12 e no dia 1º de janeiro de.

* Por recomendação da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte, o acesso aos Parques da Serra do Curral, Aggeo Pio Sobrinho e das Mangabeiras, além do Mirante do Mangabeiras e espaços da Zoobotânica (Jardins Zoológico e Botânico e Aquário do Rio São Francisco) requer a apresentação de comprovante de imunização contra a febre amarela, com vacina aplicada no mínimo 10 dias antes da visita, e documento de identidade com foto. O estacionamento no Parque das Mangabeiras agora integra o sistema rotativo digital da BHTrans. Para sua comodidade, leve consigo o talão ou baixe o aplicativo “Rotativo Digital BH” (disponível para Android e iOS). 

Cemitérios Municipais  
– Abertos para visitação pública nos dias 29/12, 30/12, 31/12 e 1º de janeiro de 2019, das 7h às 17h;
– Nos dias 29/12, 30/12 e 1º de janeiro, o atendimento administrativo será exclusivamente para agendamento e realização de sepultamentos, das 7h às 19h;
– No dia 31/12 será feito todos os atendimentos administrativos no período de 7h às 17h, sendo que das 17h às 19h passarão a ser feitos, exclusivamente, os atendimentos relativos a sepultamentos;
– Os velórios noturnos ocorrerão normalmente nos dias 31/12 e dia 1º de janeiro, sob demanda;
– Os sepultamos noturnos serão realizados em todos os dias dos feriados de final de ano.

Segurança Alimentar e Nutricional

Banco de Alimentos (rua Tuiutí, 888, bairro Padre Eustáquio)
Fechado nos dias  31/12 e 1º de janeiro

Central de Abastecimento Municipal (rua Maria Pietra Machado, 125, bairro São Paulo)
Abre no dia 31/12, das 7h às 19h30, e fecha no dia 1° de janeiro

Direto da Roça
Funcionamento facultativo no dia 31/12 e 1º de janeiro

Feira Coberta do Padre Eustáquio (rua Pará de Minas, 821, Padre Eustáquio)
Abre no dia 31/12, das 7h às 18h, e fecha no dia 1º de janeiro

Feira de Orgânicos
Funcionamento apenas às quintas-feiras

Feiras Livres
Funcionamento facultativo no dia 31/12 e 1º de janeiro

Mercado do Cruzeiro (rua Ouro Fino, 452, Cruzeiro)
Abre no dia 31/12, das 7h às 17h, e fecha no dia 1º de janeiro

Restaurantes Populares I, II, III e IV
Fechado nos dias 31/12 e 1º de janeiro

Refeitório popular da CMBH
Fechado nos dias 31/12 e 1º de janeiro

Sacolões Abastecer
Abrem no dia 31/12, das 8h às 20h, e fecham dia 1º de janeiro

Equipamentos Culturais

Casa do Baile
Fechado nos dias 31 e 1º. Aberto ao público nos demais dias.

Museu Histórico Abílio Barreto
Fechado nos dias 31 e 1º. Aberto ao público nos demais dias.

Museu de Arte da Pampulha
Fechado nos dias 31 e 1º. Aberto ao público nos demais dias.

Casa Kubitschek
Fechado nos dias 31 e 1º. Aberto ao público nos demais dias.

Museu da Moda
Fechado nos dias 31 e 1º. Aberto ao público nos demais dias.

Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte
Fechado nos dias 31 e 1º. Aberto ao público nos demais dias.

Museu da Imagem e do Som
Fechado nos dias 31 e 1º. Aberto ao público nos demais dias.

MIS Cine Santa Tereza
Fechado nos dias 31 e 1º. Aberto ao público nos demais dias.

Postos de Informação Turística

Centro de Atendimento ao Turista Álvaro Hardy – Veveco (avenida Otacílio Negrão de Lima, 855, São Luís)
Não funciona

Centro de Atendimento ao Turista – Mercado Central (avenida Augusto de Lima, 744, Centro)
Funciona no dia 31/12, das 8h às 14h, e fecha no dia 1º de janeiro

Saúde

As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), o Hospital Municipal Odilon Behrens, a Central de Internação, o SAMU, Serviço de Urgência de Psiquiátrica Noturno e os laboratórios das UPAs
Funcionam normalmente 24h por dia

Centros de Referência em Saúde Mental (CERSAMs)
Funcionam com escala mínima durante o dia e com expediente normal à noite

Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde e Centro de Referência em Imunobiológicos Especiais
Funcionam com escala de plantão

Centros de Saúde, Centros de Convivência, Sede das Diretorias Regionais, Farmácia Distrital, Laboratórios Distritais e Central, Centros de Especialidades Médicas, Central de Atendimento a Liminares, Centros de Referência em Saúde do Trabalhador, Centro de Treinamento e Referência, Unidades de Referência Secundária, Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem, Centro Municipal de Oftalmologia, Centros de Reabilitação, os Centros de Especialidades Odontológicas e a Alta Complexidade
Funcionam no dia 31/12, das 7h às 13h. Não haverá expediente no dia 1º de janeiro

Centro de Controle de Zoonoses
Funciona com expediente normal no dia 31/12 e não funciona no dia 1° de janeiro

Academias da Cidade
Funcionam no dia 31/12, das 7h às 12h, e não funcionam no dia 1° de janeiro

Nível Central, Engenharia Clínica, Oficina Central e Almoxarifado
Não funcionam

Segurança 

Guarda Municipal
Trabalha normalmente

Centro de Operações de Belo Horizonte (COP-BH)
Funcionamento normal, exceto para atendimento ao público

BH Resolve 
Fechado nos dias 31 de dezembro e no dia 1º de janeiro

Defesa Civil
Funcionamento normal, todos os dias, 24 horas por dia, inclusive aos domingos e feriados. Os telefones de contato são: 199 e o 3277-8864

Trânsito e Transporte
Dia 31/12 – funcionamento com quadro de horário de sábado;
Dia 1º/01 – funcionamento com quadro de horário de domingo e feriado.

Limpeza Urbana
No dia 1º de janeiro não haverá serviços de limpeza urbana em Belo Horizonte, apenas plantão de risco das equipes de multitarefa. Contudo, na véspera do Ano Novo, dia 31 de dezembro, todos os serviços de limpeza urbana serão executados normalmente na capital.

Continua lendo
Publicidade
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Empresa lança operação de bikes e patinetes em Belo Horizonte

Bicicletas e patinetes elétricos estão disponíveis no Centro, Savassi, Santa Efigênia, entre outros

Área atendida – Foto: Divulgação

A Yellow, empresa brasileira de soluções de mobilidade urbana individual, passa a oferecer o serviço de compartilhamento de bicicletas no sistema dockless (sem estação para retirada e devolução) e patinetes elétricos em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais.

A empresa inicia a operação piloto na região dos bairros Centro, Savassi, Santa Efigênia, Santo Agostinho, Lourdes, Funcionários, Carmo, Cruzeiro, Anchieta e Sion com mais de 500 bikes e 250 patinetes, ambos com preço acessível – R$ 1 a cada 10 minutos para as bikes e R$3,00 o desbloqueio + R$0,50 a cada minuto de uso do patinete.

As bikes, que estarão disponíveis inicialmente em pontos privados parceiros, podem ser usadas de segunda a segunda, 24 horas por dia, e estacionadas depois em qualquer lugar dentro da área de atuação da Yellow na cidade, em locais onde o estacionamento de bicicletas é permitido (paraciclos e vagas comum de veículos, perpendicularmente ao sentido da via).

Já os patinetes estarão disponíveis todos os dias da semana das 8 às 20 horas. “Começamos com mais de 30 pontos parceiros para bikes e patinetes e outros estão em cadastramento. A Yellow disponibiliza todas as manhãs os patinetes nesses locais; já o usuário pode encerrar a corrida em um desses pontos ou em qualquer local da área de atendimento, contanto que tome cuidado para não atrapalhar o fluxo de pedestres”, explica um dos fundadores da Yellow, Ariel Lambrecht. No final do dia a Yellow recolhe os patinetes para recarga, manutenção e limpeza. E na manhã seguinte, os disponibiliza novamente para uso nos pontos privados.

Assim como em São Paulo, as corridas podem ser pagas com cartão de crédito e dinheiro. Os créditos para uso das bicicletas poderão ser comprados em dinheiro em bancas de jornal e lojas, entre outros estabelecimentos parceiros espalhados pela cidade, como lanchonetes, que vão receber o valor em espécie e transferir, na hora, o montante para o app do usuário, como já acontece com as recargas de celular.

“Temos acompanhado com atenção e contribuído com as ações da BHTrans no chamamento público para operação de bicicletas compartilhadas e, tão logo o modelo sem estação seja contemplado, procederemos com as adequações legalmente exigíveis”, completa Lambrecht.

A Yellow, primeira empresa de compartilhamento de bicicletas sem estações do Brasil, iniciou suas operações em São Paulo em 2 de agosto e que acaba de somar um milhão de corridas. Enquanto amplia e consolida sua operação no Brasil, a Yellow também inicia sua atuação em outros países da América Latina.

Impacto positivo na cidade

Para garantir a melhor experiência do cidadão, preservar o ambiente urbano, apoiar boas práticas do usuário e respeitar toda a sociedade, a Yellow inicia a operação em Belo Horizonte com iniciativas de manutenção, organização do espaço físico e incentivo ao uso responsável. Os ‘Guardiões Yellow’ circularão todos os dias da semana para mapear bicicletas e patinetes, organizá-los, redistribuí-los estrategicamente e retirá-los para manutenção quando necessário, contribuindo, assim, para a melhor distribuição e posicionamento das bicicletas pela cidade, além de apoiar os usuários e garantir as boas práticas.

Continua lendo

Últimas Notícias

Carro desce ladeira e cai sobre casa na Região da Pampulha, em BH

Motorista do carro ficou ferido

Carro parou sob a casa — Foto: Marcelo Costa/Defesa Civil

Um carro descontrolado desceu uma ladeira e caiu sobre uma casa no bairro Cachoeirinha, na Região da Pampulha, em Belo Horizonte, durante a tarde desta sexta-feira, 18.

De acordo com o Corpo de Bombeiro, o carro desceu uma ladeira, atingiu uma parede e o telhado da casa. Ninguém do imóvel ficou ferido.

A Defesa Civil foi esteve no local onde vistoriou e disse que não há risco de desabamento.

Segundo o corporação, o acidente aconteceu na Rua Flor da Cachoeira e deixou o motorista ferido. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Continua lendo

Últimas Notícias

Suspeita de fraude contra empresa de condomínios e ações de caridade é presa em BH

Suspeita de realizar golpes contra uma empresa prestadora de serviços para condomínios e por promover falsas campanhas de arrecadação de dinheiro para ações diversas de caridade

Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu preventivamente, nesta quinta-feira (17), Andréia Amorim Meinicke, 54 anos, suspeita de realizar golpes contra uma empresa prestadora de serviços para condomínios e por promover falsas campanhas de arrecadação de dinheiro para ações diversas de caridade, como compra de cadeiras de rodas e preparação de sopas para doação a asilos.

De acordo com as informações apuradas, Andréia atuava como responsável financeira de uma empresa gestora de condomínios pela qual é investigada por falsificação de assinaturas de cheques. Ao todo, acredita-se, que a suspeita movimentou cerca de 400 a 500 cheques da empresa, o que pode ter provocado um desvio de quase dois milhões de reais.

O Chefe da Divisão de Fraudes, Domiciano Monteiro, explicou que durante as investigações foi possível averiguar que a suspeita também cometia golpes nas redes sociais. “Conseguimos descobrir que a mulher também solicitava ajuda e arrecadação de doações em dinheiro nas redes sociais. Depois se apropriava das quantias e falsificava notas fiscais para simular a realização das compras. Em relação a este golpe, acreditamos que a suspeita pode ter chegado a desviar cerca de sete a dez mil reais” concluiu.

O Delegado responsável pelo caso, Vinícius Dias, disse que as investigações irão prosseguir para identificar outras possíveis irregularidades e outros envolvidos na ação. “Iremos dar continuidade às investigações para analisar melhor o caso e a possível identificação de outros envolvidos. A suspeita foi presa e poderá responder pelos crimes de lavagem de dinheiro, falsidade ideológica, estelionato qualificado e possível organização criminosa. Ela já foi encaminhada ao Sistema Prisional, onde já se encontra a disposição da Justiça” finalizou.

Continua lendo