Redes Sociais

Últimas Notícias

Governo do Estado entrega relatório à equipe de transição e disponibiliza dados para toda a população

Documento disponibiliza informações de políticas públicas em curso e situação de cada órgão

O Governo de Minas Gerais entregou nesta quarta-feira (28/11) à equipe de transição do governador eleito Romeu Zema, o segundo volume do relatório que contém todas as informações da atual gestão, o que inclui dados de 72 órgãos da administração direta, indireta e empresas do Estado.

A partir desta quinta-feira (29/11) todas essas informações estarão disponíveis no portal www.transicao.mg.gov.brpara toda a população. O relatório é composto por um histórico das políticas em curso de cada órgão e secretaria, com descrição sucinta, seu alinhamento com o Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG) já entregue na primeira etapa, resultados e os desafios de cada pasta.

“Também incluímos no relatório uma parte muito significativa, que é uma agenda de alerta dos próximos 100 dias do ano de 2019. Cada órgão, de forma cuidadosa e transparente, elencou os principais problemas que podem acontecer nos primeiros 100 dias, como contratos que precisam de renovação, licitações em curso e questões que precisam tomar decisão, e o tempo dessa decisão será em 2019 e não cabe em 2018”, afirmou o secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, em coletiva à imprensa.

De acordo com o secretário de Estado de Casa Civil e de Relações Institucionais, Marco Antônio Teixeira, a entrega do relatório faz parte do cronograma estabelecido junto à equipe de transição e os prazos estão sendo rigorosamente cumpridos. “A partir de agora, estabeleceremos um calendário de reuniões temáticas com cada área de governo, para poder explicitar as questões das políticas públicas setoriais”, disse.

Continua lendo
Publicidade
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Polícia apreende adolescentes suspeitos de matar um homem em Itabirito

Suspeitos disseram que mataram o jovem por vingança, já que ele estaria envolvido na morte do irmão de um deles

A Polícia Militar (PM) prendeu dois adolescentes de 15 e 17 anos nesta segunda-feira, 7, suspeitos de matar um homem em Itabirito, na Região Central de Minas Gerais

Conforme a PM, eles estavam escondidos em um matagal e confessaram a morte de um jovem de 18 anos, ocorrida pouco antes. Os dois levaram a polícia até o local do crime.

Ainda conforme a corporação, eles ainda agrediram e enforcaram até a morte Washington Gomes Felizardo. Os suspeitos disseram que mataram o jovem por vingança, já que ele estaria envolvido na morte do irmão de um deles há alguns dias. Duas armas foram apreendidas.

Continua lendo

Últimas Notícias

Minnie é flagrada na Praça da Liberdade onde estaria presa faz sucesso na internet

Imagens já foram vistas quase 2 milhão de vezes

Minnie - Foto: Reprodução/Twitter

Um vídeo divulgados nas redes sociais retrata uma suposta prisão da Minnie Mouse na Praça da Liberdade, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, está fazendo sucesso na internet.

No vídeo, uma pessoa com a fantasia da personagem da Disney aparece sentada ao lado de um carro da Guarda Municipal com as sirenes ligada, o autor do vídeo ainda diz que está todo mundo muito aflito com a situação. “As pessoas estão passando comentando. Olha lá ela está tentando pedir ajuda”. Uma outra voz fala: “A culpa é do Mickey”.

Na sequência das imagens, Minnie se levanta e o sai de perto dos agentes. O narrador diz: “Nossa, ela está muito nervosa. Ela foi chamar os advogados”.

Até o inicio da madrugada desta terça-feira, 7, o vídeo já tinha quase 2 milhões de visualizações. O post já havia sido compartilhado mais de 35 mil vezes e tinha mais de 100 mil curtidas.

O Por Dentro de Minas não conseguiu contato com a Guarda Municipal e com a pessoa fantasia de Minnie para falar sobre o assunto.

Assista

Continua lendo

Economia

STF suspende bloqueio de R$ 443 milhões nas contas de Minas Gerais

Decisão o estado não poderá ser inscrito em cadastros de inadimplentes da administração federal

Ministro Dias Toffoli - Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, suspendeu o bloqueio de R$ 443,3 milhões nas contas de Minas Gerais. O ministro atendeu ao pedido liminar feito pelos procuradores do estado para evitar que o valor seja bloqueado pelo governo federal como garantia em um contrato de empréstimo com o Banco do Brasil. A decisão foi assinada no dia 4 de janeiro.

Ao Supremo, o governo local afirmou que foi notificado pela União para fazer o pagamento da parcela, mas que não foi aberto um processo administrativo, procedimento que seria adequado para reclamar o inadimplemento.

Em 2012 e 2013, o estado fez dois empréstimos, um de R$ 3,6 bilhões para o programa de desenvolvimento de Minas, e outro de R$ 1 bilhão para o programa de infraestrutura rodoviária.

Com a decisão de Toffoli, o estado de Minas Gerais também não poderá ser inscrito em cadastros de inadimplentes da administração federal.

Para o ministro, a decisão durante o período de recesso na Corte se justifica para evitar a paralisação das contas públicas estaduais. A partir do dia 1º de fevereiro, o caso será analisado pelo ministro Celso de Mello, relator do caso.

“Ante o quadro, concedo a tutela provisória de urgência para determinar à União que se abstenha de bloquear o valor de R$ 443.3 milhões concernente à execução das cláusulas de contragarantia do contrato em questão, até ulterior análise do eminente ministro relator do feito”, decidiu Toffoli.

Continua lendo