Redes Sociais

Últimas Notícias

Carretão Trevo Contagem realiza festa de réveillon all inclusive

Churrascaria abrirá as portas para as comemorações de ano novo garantindo uma festa incrível, totalmente all inclusive, com menu especial, música boa e queima de fogos

Para quem procura diversão, conforto, música boa e uma ceia de encher os olhos e agradar ao paladar, a Churrascaria Carretão Trevo (Av. Colúmbia, 960 – Novo Riacho, Contagem) abrirá as portas para brindar a chegada de 2019 em grande estilo. A banda Ponto G, que apresenta ritmos variados, agitará a festa. A festa será realizada no dia 31 de dezembro, segunda-feira, a partir das 22h.

O Carretão Trevo preparou um menu para lá de especial, com opções de entradas, como queijos variados e pães; saladas; assados, entre eles: pernil, leitão à pururuca, peru à califórnia, alcatra maturada, pernil ovino e lombo assado ao mel e nozes; pratos quentes com sugestões de salmão ao molho de maracujá, feijão tropeiro, lasanha de manjericão, bacalhau espiritual e o tradicional arroz com lentilha, que não pode faltar para os mais supersticiosos; sushi bar e bebidas: água, vodka (citrus e sucos), caipirinha, caipvodka, refrigerantes, suco de laranja, espumante, cerveja e chopp, além de sobremesas e café da manhã.

A animação ficará por conta da banda Ponto G que tocará ritmos variados e garantirá que ninguém fique parado. Além disso, será realizado um belíssimo show pirotécnico para receber o ano novo com muita luz e alegria. O evento, que é totalmente all inclusive, terá início às 22h e promete acabar somente às 5h do dia seguinte. As vendas do 1º lote de mesas já iniciaram, os valores variam entre R$900 e R$1.500, e podem ser adquiridas no Carretão Trevo ou nos postos de vendas físicos da Central dos Eventos.

Serviço:

Festa de Réveillon – Carretão Trevo Contagem

Data: 31 de dezembro de 2018 – segunda-feira

Horário: 22h às 05h

Atrações: Banda Ponto G e show pirotécnico

Ingressos (mesas all inclusive):

Bronze 4 pessoas: R$900,00

Prata 4 pessoas: R$1.000,00

Prata 6 pessoas: R$1.500,00

Ouro 4 pessoas: R$ 1.100,00

Diamante 4 pessoas: R$1.200,00

Pontos de Vendas

Carretão Trevo Contagem – Av. Colúmbia, 960 – Novo Riacho, Contagem – MG

Central dos Eventos*:

Belo Horizonte:

BH Shopping | Loja Trilhas & Quilhas

Savassi | Loja Central dos Eventos (Rua Fernandes Tourinho 470, Loja 16)

Shopping Cidade | Quiosque Central dos Eventos

Shopping Estação | Quiosque Central dos Eventos

Shopping Del Rey | Quiosque Central dos Eventos

Contagem:

Big Shopping Contagem | Quiosque Central dos Eventos

Betim:

Monte Carmo Shopping | Quiosque Central dos Eventos

Sete Lagoas:

Shopping Sete Lagoas | Quiosque Central dos Eventos

Shopping Lagoa | Quiosque Central dos Eventos

Divinópolis:

Shopping Pátio Divinópolis | Quiosque Central dos Eventos

Bom Despacho:

Praça da Matriz – 196 | Centro

*As vendas nas lojas Central dos Eventos estão sujeitas a taxas de conveniência.

Classificação indicativa: livre

Mais informações ao público: (31) 3396-1640

Realização: Carretão Trevo Contagem – www.carretaotrevo.com.br

Continua lendo
Publicidade
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Belotur divulga edital para artistas se apresentarem no Carnaval de Belo Horizonte 2019

Gêneros samba, pagode e axé serão priorizados, mas a convocatória é aberta a artistas de todos os estilos musicais

Artistas e grupos musicais já podem participar do edital que vai selecionar atrações para os Palcos Oficiais do Carnaval de Belo Horizonte 2019. A publicação, disponibilizada no Diário Oficial do Município (DOM) nesta terça-feira, dia 8, tem prazo para inscrições até 22 de janeiro. Os gêneros samba, pagode e axé serão priorizados, mas a convocatória é aberta a artistas de todos os estilos musicais.

Para se inscrever é necessário apresentar envelope identificado com a documentação exigida na sede da Belotur (rua da Bahia, 888, 6º andar). Mais informações sobre documentação e critérios de avaliação estão disponíveis no portal da Prefeitura. Em caso de dúvidas, o interessado pode enviar e-mail para [email protected]

A seleção acontecerá em três etapas: habilitação, avaliação técnica e classificação. Os proponentes que apresentarem a documentação correta terão seus portfólios analisados por uma Comissão Especial de Avaliação. Nesse processo, os interessados serão pontuados de acordo com os critérios publicados no edital. A classificação final será publicada no DOM e os finalistas convocados em seguida.

O edital prevê remunerações diferentes de acordo com o alcance artístico do proponente. Músicos regionais, com atuação comprovada fora da região metropolitana de Belo Horizonte, recebem R$ 7 mil. Já os locais, R$ 3,5 mil. O artista deve indicar a qual categoria está se candidatando, mas a comissão avaliadora pode alterá-la após a análise do material.

Continua lendo

Últimas Notícias

Aposentados e pensionistas da PBH nascidos em janeiro devem fazer a prova de vida

Aposentados e pensionistas deve dirigir a qualquer agência do banco Bradesco com o cartão bancário e efetuar a prova de vida por meio de um equipamento de autoatendimento

• atualizado em 09/01/2019 às 11:09

Os aposentados e pensionistas da administração municipal de Belo Horizonte, nascidos em janeiro, devem realizar a prova de vida. Para isto, é preciso se dirigir a qualquer agência do banco Bradesco com o cartão bancário e efetuar a prova de vida por meio de um equipamento de autoatendimento.

Os beneficiários podem acessar os terminais das agências do banco Bradesco por meio da leitura biométrica, sem a necessidade de aguardar atendimento em um guichê. Para os casos em que não for possível realizar o processo utilizando-se da leitura biométrica, o Bradesco fará o atendimento presencial. Vale lembrar que neste caso é obrigatório a apresentação do documento original de identificação válido com foto e o CPF.

O processo, coordenado pela Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, por meio da Subsecretaria de Gestão Previdenciária, é obrigatório e anual, e tem por finalidade inibir possíveis irregularidades no recebimento de benefício por terceiros. Segundo o subsecretário de Gestão Previdenciária, Gleison Souza, a orientação da Prefeitura é que os beneficiários compareçam entre os dias 11 e 25 de janeiro. “Este é o período com menor fluxo de pessoas no banco. Os aposentados e pensionistas devem retirar o comprovante, que é a garantia do comparecimento e da efetividade do processo”.

Como é o processo?

Diretamente no terminal de autoatendimento, insira o cartão Bradesco, selecione a opção “MAIS SERVIÇOS”, novamente a opção “MAIS SERVIÇOS”, depois selecione a opção 2 – “PROVA DE VIDA EMPRESAS E ÓRGÃOS” e, em seguida, opção 5 – “EFETUAR A PROVA DE VIDA”. Após esse processo, faça a leitura da biometria. Com a identificação, constarão na tela os dados do beneficiário para confirmação. Confira se as informações estão corretas e pressione “ENTRA”, mantendo sua mão na leitora. Aparecerá na tela a mensagem “OPERAÇÃO REALIZADA”. Para finalizar, retire seu comprovante impresso.

Caso o beneficiário não tenha a biometria cadastrada ou não consiga realizar a prova de vida pelo equipamento de autoatendimento por qualquer motivo, ele deverá apresentar os documentos originais de identidade (ou outro comprovante com foto) e CPF ao atendente do Bradesco.

O comprovante, impresso no equipamento, é a garantia que o recadastramento foi efetivado.

Prazo limite

O aposentado ou pensionista que não efetuar a prova de vida até o último dia do mês de seu aniversário terá o pagamento do seu benefício suspenso até que regularize sua situação. Neste caso, o pagamento será retomado no mês seguinte após a realização da prova de vida, respeitando a data de processamento da folha de pagamento.
Após o último dia do mês de seu aniversário, a prova de vida ainda poderá ser feita nas agências do Bradesco pelos próximos dois meses, mesmo que o benefício já tenha sido suspenso.

Casos especiais

Em situações específicas, a prova de vida poderá ser realizada fora dos equipamentos de autoatendimento. Caso se enquadre em alguma das situações relacionadas abaixo, procure um funcionário da agência ou do posto atendimento:

1 – Pensionista menor de 18 anos de idade, não emancipado: comparecer acompanhado de pai, mãe ou representante legal;
2 – Pessoa impedida de se locomover por questões médicas: a prova de vida poderá ser feita no Bradesco por um representante legal, mediante procuração, válida por até seis meses, com firma reconhecida em cartório com poderes para representá-lo perante o Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Belo Horizonte. Além da procuração, devem ser apresentados também atestado médico que comprove a dificuldade de locomoção; original ou cópia autenticada por cartório (emitida há, no máximo, 60 dias) dos documentos obrigatórios e dos documentos de identificação de seu procurador;
3 – Quando não possuir cadastro biométrico por qualquer motivo;
4 – Quando sua biometria não puder ser lida por qualquer motivo;
5 – Para o beneficiário que tenha sido declarado absolutamente incapaz em processo judicial, a prova de vida será feita no Bradesco pelo curador (a), que deverá estar previamente cadastrado na Subsecretaria de Gestão Previdenciária da Prefeitura de Belo Horizonte, mediante a apresentação do termo de curatela original ou cópia autenticada por cartório, além dos documentos listados no item anterior, e dos documentos do curador.

Caso não tenha havido o cadastro prévio ou tenha ocorrido alteração do curador, é necessário contatar a Prefeitura por meio do e-mail: [email protected] Em todas as situações mencionadas acima, deverão ser apresentados os seguintes documentos obrigatórios, originais ou cópias autenticadas: CPF e um Documento de identificação válido com foto (Carteira de Identidade, Carteira Nacional de Habilitação ou Carteira Profissional com validade no território nacional).

O beneficiário que residir ou estiver em viagem ao exterior deverá enviar para a Subsecretaria de Gestão Previdenciária uma declaração de vida original, emitida por consulado ou embaixada brasileira no país em que se encontrar, além da cópia autenticada dos documentos obrigatórios. Para obter outras informações, os beneficiários podem enviar um e-mail para: [email protected]

Continua lendo

Últimas Notícias

A arte no fomento da inclusão das pessoas com deficiência intelectual

Com uma equipe transdisciplinar, o Centro Especializado Nossa Senhora D´Assumpção – CENSA, oferece uma proposta diferenciada de atividades especiais que promove, além de cultura, a inclusão, com oficinas de arte como música, teatro e artesanato; instituição recebe educandos de diversas partes do país

Quem nunca ouviu falar que a arte é transformadora e libertadora? Foi pensando assim que o Centro Especializado Nossa Senhora D´Assumpção – CENSA colocou à prova essa ideia tão conhecida no mundo todo como modalidade recreativa e de tratamento para pessoas com deficiência intelectual. Há 54 anos, o CENSA Betim promove oficinas de teatro, música e artesanato com forma de desenvolvimento dos educandos, mostrando a eles que não existem barreiras ou impossibilidades para quem utiliza a arte como meio de expressão.

Mais do que incluir a diversidade socialmente, as artes abrem novas possibilidades de expressão para quem muitas vezes não teve esses recursos explorados antes. Além das palavras, eles passam a usar o corpo, a musicalidade e as obras artesanais para representar seu próprio mundo. Na oficina de teatro, por exemplo, é a hora de soltar a imaginação. Os ensaios feitos coletivamente possibilitam os educandos trabalhar a socialização além de desenvolver em cada um deles, diferentes habilidades a partir de exercícios como: aquecimento vocal, concentração, sensibilização, desinibição, trabalho em equipe, dentre outros. Já oficina de artesanato, os monitores buscam estimular a capacidade criativa, a coordenação motora, e o desenvolvimento de habilidades específicas do indivíduo de acordo com as potencialidades de cada um. Na musicoterapia, a música é trabalhada em um contexto clínico, educacional e social para a promoção da qualidade de vida e do bem-estar dos atendidos. Um processo conduzido processo por uma profissional qualificada que utiliza elementos constituintes da música. Todas as atividades são formas de fomentar e aprimorar a coordenação motora, o cognitivo além de também de promover a interação social.

Para a mestra em psicologia e diretora do CENSA Betim, Natália Costa, as atividades culturais são de valiosos estímulos para as pessoas com deficiência intelectual. “É muito gratificante ver os resultados que essas atividades do nosso projeto cultural causam em cada um aqui dentro. O acesso às artes possibilita a eles ter confiança. E algumas atividades simples do cotidiano, que antes pareciam impossíveis, depois dessas habilidades de corpo com a mente desenvolvida, eles se sentem muito mais confiantes para realizar”, descreve Natália. Além das oficinas de arte, o lugar oferece escolaridade com práticas esportivas adaptadas e inclusivas como equitação, atletismo, futebol, natação, basquete e bocha, desenvolvendo ao máximo as potencialidades de cada educando, em um ambiente familiar e integrado à natureza.

Com atendimento particular, o CENSA cumpre a missão de apoiar e garantir o a qualidade de vida da pessoa com deficiência intelectual. Para dar todo o suporte e orientação necessária, o centro possui uma equipe multidisciplinar que conta com psiquiatra, clínico geral, psicóloga, enfermeira, nutricionista, farmacêutica, musicoterapeuta, fisioterapeuta, pedagoga e fonoaudióloga. A instituição oferta diferentes modalidades de atendimento.

Serviço:

CENSA BETIM

Centro Especializado Nossa Senhora D’Assumpção

Endereço: Rodovia Fernão Dias, Km 494 – S/N | Betim – MG

Telefone: (31) 3529-3500

E-mail: [email protected]

Continua lendo