Redes Sociais

Últimas Notícias

Número de jovens empreendedores iniciais aumentou 58% nos últimos cinco anos

Semana Global de Empreendedorismo tem o Empreendedorismo Jovem como tema desta edição

Em cinco anos passou de 3,4 milhões para 5,2 milhões o número de jovens empreendedores brasileiros, entre 18 e 24 anos, que buscavam informações para ter um negócio ou que já tinham uma empresa com até 3 anos e meio de mercado. O dado é um comparativo do relatório executivo Global Entrepreneurship (GEM) entre os anos de 2013 e 2018.

A cada ano, os jovens empreendem menos por necessidade e estão cada vez mais atentos as oportunidades do mercado. E é pela importância desses empreendedores que a Semana Global de Empreendedorismo (SGE) terá nesta edição o tema “Empreendedorismo jovem: a hora é agora?”. Confira algumas dessas atividades oferecidas pelos Sebrae em Minas Gerais voltadas para este público no site www.empreendedorismo.sebraemg.com.br.

Durante a SGE 2018, realizada de 5 a 9 de novembro, os jovens empreendedores poderão participar de palestras, oficinas, seminários e meetups sobre inovação, empreendedorismo, tecnologia, startups e educação empreendedora.

Em Belo Horizonte, o destaque vai para Conecta Gerais, que terá na programação uma maratona de desenvolvimento de jogos, a Game Jam. Os participantes ficarão imersos por 48 horas e irão vivenciar na prática o desenvolvido de um game dentro de uma temática atual.

Já Camila Farani, jurada do reality show de empreendedorismo Shark Tank Brasil e a primeira mulher à frente de um grupo de investidores-anjo do país, fará palestra sobre as estratégias e práticas de negociação e como vencer grandes desafios sob a ótica do empreendedorismo, no dia 6 de novembro, na capital mineira, no dia 7 de novembro, em Janaúba, e no dia 8 de novembro, em Uberlândia.

Também participa da SGE em Minas Gerais o cantor e compositor, Gabriel O Pensador, que fará a palestra Empreendedorismo e inovação, no dia 8 de novembro, em Uberaba.

Haverá ainda, outras capacitações em: AlmenaraArapuáFrutal, ItabiraJoaímaJoão MonlevadeJordâniaLagoa FormosaMonte CarmeloPatos de MinasPatrocínioPedro LeopoldoPerdizes,  PompéuPonte NovaPouso AlegreQuintinos (distrito), Rio ParanaíbaSanta Rita do SapucaíTaiobeirasTeófilo Otoni e Três MariasAs inscrições para as atividades já podem ser feitas pelo www.empreendedorismo.sebraemg.com.br.

SGE 2018

A Semana Global de Empreendedorismo, criada em 2007, na Inglaterra, é realizada simultaneamente em 170 países. Excepcionalmente nesta edição, a SGE acontecerá no Brasil uma semana antes que no restante do mundo, de 5 a 9 de novembro.

Neste ano, o Sebrae assume a coordenação do movimento no Brasil, atuando em parceria com: Aliança Empreendedora, Anjos do Brasil, Artemisia, Anprotec, Conaje, Brasil Júnior,  Endeavor e Júnior Achievement. Minas Gerais já é o estado com o maior número de capacitações oferecidas pelo Sebrae, mais de 750 atividades em 190 cidades mineiras.

Confira algumas capacitações que serão direcionadas aos jovens em Minas Gerais. As inscrições podem ser feitas pelo www.empreendedorismo.sebraemg.com.br

5 de novembro, segunda-feira

SEMEAR – Seminário de Empreendedorismo de Arapuá, com Andrea Salerno

Das 8h às 10h

Sicoob Credicarpa Arapuá – Av. Eduardo A. de Medeiros, 593, Centro, Arapuá/MG

Seminário de Empreendedorismo e inovação

Das 18h às 22h

Fundação Cultural Carlos Drumond de Andrade – Av. Carlos Drumond de Andrade, 666

Itabira/MG

Palestra Empreendedorismo rumo ao próprio negócio

Das 19h às 21h

Instituto Montessori – Av. Francisco Vieira Martins, 480

Ponte Nova/MG

Palestra Jornada do Empreendedor – da ideação ao pitch, com Marcílio Ribeiro

Das 19h às 21h

Sicoob Credicarpa – Rua Joao Leandro, 1301 – Novo Rio

Rio Paranaíba/MG

 

6 de novembro, terça-feira

Seminário Empreendedorismo, tecnologia e inovação

Das 13h30 às 18h30

Rua Coronel Mário Cordeiro, 404-550 – Pampulinha

Teófilo Otoni/MG

Palestra O que é ser empreendedor

Das 18h30 ás 20h

Perdizes Tênis Clube – Rua Sebastião Cassiano Alves, s/n

Perdizes/MG

Seminário Empreendedorismo e inovação nos dias atuais

Das 19h às 21h

Sala Mineira do Empreendedor – Rua João Ribeiro de Farias, Centro

Jordânia/MG

Palestra Empreendedorismo rumo ao próprio negócio

Das 19h às 21h

Sala Mineira do Empreendedor – Praça Governador Valadares, 12 – Centro

Pompéu/MG

Meetup – Empreendedorismo e inovação

Das 19h às 22h

FUCAMP – Av. Brasil Oeste, s/n, Jardim Zenith II,

Monte Carmelo/MG

Palestra Vencendo tubarões – Técnicas de negociação, com Camila Farani

Das 19h30 às 20h30

Sebrae Minas – Avenida Barão Homem de Melo, 329 – Nova Granada

Belo Horizonte/MG

 

7 de novembro, quarta-feira

Seminário de Empreendedorismo

Das 13h às 17h

INATEL – Avenida João de Camargo, 510 – Centro

Santa Rita do Sapucaí/MG

MeetUp Agita

Das 15h às 18h

Câmara Municipal – Rua Cristiano Otoni, 555 – Centro

Pedro Leopoldo/MG

 

Palestra Empreendedorismo é física pura, com Professor Pachecão

Das 19h às 21h

Rua Várzea da Palma, 281 – Centro

Três Marias/MG

Seminário Empreendedorismo e inovação nos dias atuais

Das 19h às 21h

Mário Martins, 158 – Centro

Joaíma/MG

Seminário de Inovação – Como trabalhar um ecossistema de inovação

Das 19h às 21h

ACIMON – Rua Floresta, 100 – Bairro São Jorge

João Monlevade/MG

Meetup – Empreendedorismo e inovação

Das 19h às 21h

UNICERP – Avenida Líria Terezinha Lassi Capuano, 466, Chácara das Rosas

Patrocínio/MG

Meetup – Conexão empreendedora

Das 19h às 21h

UFV – Campus Rio Paranaíba: Km 7 – Zona Rural, MG-230 – Rodoviário,

Rio Paranaíba/MG

III Seminário Inovação e empreendedorismo

Das 19h30 às 21h30

Salão Paroquial da Igreja Matriz – Praça da Matriz, 169, Centro

Taiobeiras/MG

Meetup – Inovação e tecnologia

Das 19h30 às 21h30

Água Doce – Avenida Homero Alves de Souza, 249

Frutal/MG

Palestra Como vencer tubarões, com Camila Farani

Das 19h30 às 22h30

Avenida do Comércio, 26, Centro

Janaúba/MG

8 de novembro, quinta-feira

Palestra Educação empreendedora: Estratégia para quem sonha alto – Seminário de Empreendedorismo, inovação e estratégia competitiva, com Andrea Salerno

Das 8h às 10h

Salão Paroquial Nossa Senhora da Piedade – Rua Crispim Braga, 306-458

Lagoa Formosa/MG

Seminário Educação empreendedora – Empreendedorismo, com Andrea Salerno

Das 14h às 17h

Buffet Decor Fest – Av. Presidente Tancredo Neves, 445, Cidade Nova

Patos de Minas

Palestra Inovação e empreendedorismo

Das 19h às 20h30

Univás – Avenida Prefeito Tuany Toledo, 470 – Fátima

Pouso Alegre/MG

Palestra Empreendedorismo e inovação, com Gabriel, O Pensador

Das 19h às 21h

Parque Fernando Costa – Pavilhão Multiuso (dentro da Feira EXPOCIGRA) – Praça Vicentino Rodrigues da Cunha, 110, São Benedito, Uberaba/MG

Seminário Empreendedorismo e inovação nos dias atuais

Das 19h às 21h

Rua Severiano Coutinho, 324 – Centro

Almenara/MG

Palestra Como me tornei um tubarão, com Camila Farani

Das 20h às 21h30

Center Convention 34-3237-2270 Avenida João Naves de Ávila, 1331 PISO C – Bairro Tibery

Uberlândia/MG

9 de novembro, sexta-feira

Seminário de Empreendedorismo: Ação transformadora, com Andrea Salerno

Das 8h às 10h

Escola Estadual Antônio Atanásio – Rua João Vicente Almeida – s/n Distrito de Quintinos /Carmo do Paranaíba/MG

 

Semana Global de Empreendedorismo 2018

De 5 a 9 de novembro

Inscrições e programação em Minas Gerais: www.empreendedorismo.sebraemg.com.br

Informações: 0800 570 0800

Últimas Notícias

Caminhão desgovernado atinge casas em BH

Caminhão também atingiu vários outros veículos que estava estacionados

• atualizado em 24/10/2018 às 13:47

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Foto: Divulgação/Defesa Civil BH

Um caminhão atingiu nove casas e além de uma moto e quatro carros estacionados na manhã desta quarta-feira (24) no bairro Olhos D’Água, na Região Oeste de Belo Horizonte.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o veículo seguia no Anel Rodoviário, quando o motorista perdeu o controle ao entrar na alça de acesso ao bairro Olhos D’Água. A carreta carregava materiais usados na fabricação de cimento.

O motorista foi socorrido para o Hospital de Pronto Socorro João XXIII por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A Defesa Civil foi chamada e esteve no local para os imóveis atingidos. A casa mais atingido, que foi invadido, precisa ser escorado para a retirada do veículo, pois um dos pilares de sustentação se rompeu. A casa está interditada.

Continua lendo

Últimas Notícias

Ônibus do Move batem na avenida Antônio Carlos e deixa feridos

Doze pessoas ficaram ferida no acidente entre dois õnibus

Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Um acidente durante a tarde desta terça-feira, 23, deixou pelo menos doze pessoas feridas. Conforme o Corpo de Bombeiro, o acidente envolvendo dois ônibus do Move municipais ocorreu na Avenida Antônio Carlos, em Belo Horizonte.

Segundo a corporação, a batida ocorreu na altura do bairro são Francisco, na Região da Pampulha. De acordo com a Empresa de transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans), a batida aconteceu entre coletivos das linhas 51 e 6350, próximo ao ponto de embarque e desembarque, na altura da Estação Colégio Militar, no sentido bairro.

Devido ao acidente, os ônibus do Move foi desviado para pista mista e a estação Colégio Militar não está funcionando no sentido bairro.

Continua lendo

Últimas Notícias

Poços de Caldas sedia Festival de Inovação e Impacto Social que reunirá transformadores sociais

O Festival de Inovação e Impacto Social (FIIS) trará uma programação multifacetada que vai ocupar diversos pontos da cidade de Poços de Caldas, em Minas Gerais

A Folha de S.Paulo, com a mobilização da Rede Folha de Empreendedores Socioambientais, a consultoria Lunedi e a Turma do Bem anunciam a realização de um festival que tem a inovação social como fio condutor. Com uma programação multifacetada com música, artes, gastronomia, interações, intervenções culturais, vivências sistêmicas, festas e conteúdos transformadores, o Festival de Inovação e Impacto Social(FIIS) levará a Poços de Caldas, Minas Gerais, de 2 a 7 de novembro, a nova geração de social makersque está transformado a forma de empreender e de exercer a filantropia no Brasil e na América Latina. O festival interdependente trará protagonistas nacionais e estrangeiros, ocupando vários espaços da cidade mineira para disseminar a cultura da mobilização social.

Inovar é o compromisso dos empreendedores e realizadores sociais que têm promovido mudanças sistêmicas no mundo. O FIIS será uma oportunidade para conectar essa tribo a conteúdos com a Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) no maior evento brasileiro de disseminação de ideias inovadoras para a transformação socioambiental. No centro da programação, o futuro dos negócios sociais e das ONGs; modelos híbridos e novos arranjos; questionamento se a lógica de mercado funciona para todas as causas; captação, mobilização e conexão; inovação, mudança sistêmica e escala; o novo significado do voluntariado; entre outros.

Com a curadoria de Fábio Bibancos, presidente voluntário e fundador da Turma do Bem; Eliane Trindade, editora do Prêmio Empreendedor Social da Folha de S.Paulo; e Marcelo Alonso, diretor da Lunedi – consultoria especializada em Comunicação e Sustentabilidade –, o Festival de Inovação e Impacto Socialreunirá mais de 2 mil pessoas em torno de uma agenda que facilitará trocas de experiências, práticas inovadoras e projetos desenvolvidos pelas organizações não governamentais, empreendedores sociais, acadêmicos, estudantes e gestores de negócios de impacto social da América Latina. A proposta é integrar social makers, abrindo espaço para debater ideias transformadoras em rede; gerar resultados inspiradores; apresentar negócios disruptivos; promover mudanças sistêmicas; e causar impacto positivo na sociedade.

“No FIIS, os desafios, as demandas de inovação, a importância do conhecimento e do crescer em rede – que afligem os gestores ONGs e negócios sociais – serão objeto de um pensar sistêmico. Com um grupo maior, a troca de ideias e experiências podem ajudar todos no processo de consolidação, sobrevivência e expansão. Juntos, poderemos gerar novos projetos e inovações que irão trazer impactos mais relevantes em diversas áreas do terceiro setor e do empreendedorismo social.Essa inovação no pensar, além de gerar recursos, gera transformação social”, afirma Fábio Bibancos.

Na prática, o FIIS é um festival para quem já tem um caminho a mostrar; para os que querem alçar voos mais altos com o próprio negócio de impacto; e para os indivíduos conectados, que querem realizar em rede, mobilizando pessoas e recursos para solucionar desafios socioambientais globais. No cerne do festival, a ideia de proposição. Ou seja, ir além do reunir pessoas com desafios similares e celebrar a cultura empreendedora social.

“O FIIS é mais um braço da Rede Folha e do Prêmio Empreendedor Social, que em 2019 completa 15 anos no Brasil”, afirma Maria Cristina Frias, diretora de Redação da Folha, que faz a interface com a Fundação Schwab – entidade irmã do Fórum Econômico Mundial – para realizar a premiação no Brasil em parceria com o jornal. “Por meio do festival, vamos fazer com que essa história de sucesso e credibilidade continue.”

A Folha se uniu a parceiros estratégicos para realizar um festival que se propõe a ser uma vitrine para a inovação social no Brasil”, afirma Sérgio Dávila, editor-executivo do jornal, que abrirá espaço em todas as suas plataformas para o evento.

CONTEÚDOS TRANSFORMADORES

Masterclass(palestrantes que trazem olhares inovadores e inspiracionais para o festival); workshops(propostas de cocriação: novas soluções para velhos problemas); painéis(sessão de debates com a participação ativa da plateia); cases & fail day(espaço para histórias sinceras de erros); miniativistas(rodas de conversa com a nova geração de brasileiros que vão herdar o mundo – e mudá-lo); e ativistas prateados | grey power(análise vivencial de quem viveu o passado e está planejando o futuro).

Um dos destaques será o ODS Labs– um laboratório para a solução de problemas complexos apresentados pelas ONGs e empreendedores sociais. A iniciativa liderada pela Agenda Pública vai promover a cooperação entre governos, sociedade civil e empresas na implantação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no Brasil. Com a participação de empreendedores sociais da Rede Folha, durante dois dias, lideranças e representantes dos diferentes setores da sociedade sentarão à mesa para construírem juntos um caminho alternativo e parcerias para solucionar um problema complexo e real. A proposta é transformar a lógica de como enfrentar os desafios do desenvolvimento sustentável, ou seja, sai a visão fragmentada; entra a abordagem integrada.

Segundo Sérgio Andrade, empreendedor da Agenda Pública – negócio de impacto que atua para aprimorar a gestão pública, governança democrática e incentivar a participação social –, o laboratório vai construir uma metanarrativa para que todos possam se reconhecer, construírem soluções, mapa do caminho, uma visão comum para enfrentamento do problema, ações de impacto rápido e uma governança – que é principal entrega do laboratório, apontando como essa solução tem um encaixe institucional. “O FIIS é uma ótima iniciativa, porque precisamos nos reconhecer como sujeitos da transformação; entender que há uma mudança na maneira como a sociedade civil constrói suas ações e alternativas para impacto positivo. Para isso, vamos combinar recursos, ativos, esforços para transformar o ecossistema de empreendedorismo e inovação social”, afirma.

O FIIS vai reunir executivos e representantes de empresa para estimular a discussão da inovação social na esfera da iniciativa privada. Ao lado dos empreendedores, vão apresentar a visão de quem está inovando na gestão de grandes empresas – considerando os aspectos de sustentabilidade e responsabilidade socioambiental. Entre os temas transversais, consumo consciente, economia circular e capitalismo consciente. A curadoria será da Plataforma Liderança Sustentável – que desde 2011 inspira e educa lideranças para os valores da sustentabilidade – e conta com 140 líderes. Para o FIIS, a proposta é levar painéis de até três CEOs, contando sobre a própria causa, o propósito e dilemas, em falas de até 15 minutos.O conteúdo produzido pela plataforma conta com quase 4 milhões de views das videopalestras, 510 eventos que impactaram mais de 120 mil líderes presencialmente pela mensagem da liderança com valores e oito publicações.

Para garantir a diversidade e abrangência do FIIS, a curadoria contou com a participação de organizações como a Gastromotiva, Abrale, Cies Global, Agenda Pública e Recode.

Eventos paralelos

O FIIS trará uma diversidade de eventos e fóruns que serão realizados em paralelo à programação oficial. O principal deles – e a inspiração para o FIIS – é o Sorriso do Bem, evento e premiação direcionado para os voluntários da Turma do Bem. Desde a primeira edição, em 2006, o encontro tem uma curadoria criteriosa que privilegia o debate de temas que ultrapassam os limites da odontologia. Há a participação de pensadores, professores, estudiosos e especialistas de áreas do conhecimento humano como Filosofia, Cultura, Psicologia, Literatura, Sociologia e Política para debaterem temas contemporâneos; no coredessa visão humanista está a genuína intenção de tornar o dentista-voluntário um profissional com uma dimensão maior de mundo. Na edição 2018, dentro do FIIS, contará com o evento de premiação do Melhor Dentista do Mundo.

A Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia – que atua pela democratização do tratamento e qualidade de vida das pessoas com doenças hematológicas – e Alianza Latina, rede internacional de capacitação para associação de pacientes, vão realizar o Fórum Melhores Práticas para Saúde no Terceiro Setor. Segundo Merula Stegall, da Abrale – uma das inegrantes da Aliança Latina, oferecer aos membros o contato com o conteúdo dos parceiros do festival irá ampliar o olhar dos líderes da saúde para o tema de empreendedorismo social. “Muitas ferramentas usadas por outros setores, que serão apresentadas pelos múltiplos parceiros do FIIS, permitirão novas reflexões e inspiração que certamente será transportada para a causa da saúde. Ao mesmo tempo, levar temas importantes para avançarmos com a agenda da saúde na região, certamente mobilizará outros atores que estarão no festival, mas não estariam no nosso Fórum”, afirma.

A Vivejar, negócio social de impacto positivo, é a agência de viagens oficial do evento. A produção é assinada pela Original 37 e da Marcelo Jabur Eventos.

FESTIVAL DE INOVAÇÃO E IMPACTO SOCIAL (FIIS)

O FIIS nasce da união da Rede Folha de Empreendedores Socioambientais e do Prêmio Empreendedor Social, iniciativas da Folha de S.Paulo, com a Turma do Bem – maior rede de voluntariado especializado do mundo. Em Poços de Caldas, Minas Gerais, o festival reunirá – de 2 a 7 de novembro – empreendedores e realizadores sociais; gestores de ONGs; captadores de recursos; investidores; estudantes e acadêmicos; comunicadores; inspiradores; creators e social makers; agentes públicos; gestores da iniciativa privada; artistas engajados; e dentistas do bem. www.folha.com/fiis

REDE FOLHA DE EMPREENDEDORES SOCIOAMBIENTAIS

Com interface internacional da Rede Schwab para o Empreendedorismo Social – iniciativa irmã do Fórum Econômico Mundial – a Rede Folha de Empreendedores Socioambientais conta com 100 líderes de 92 iniciativas; empreendedores finalistas e vencedores do Prêmio Empreendedor Social e Prêmio Empreendedor Social de Futuro, que tem uma trajetória de 15 anos no Brasil em parceria com o jornal Folha de S.Paulo.

TURMA DO BEM

Fundada por Fábio Bibancos, a Turma do Bemé a maior rede de voluntariado especializado do mundo, com mais de 17 mil dentistas atuando em 14 países. Com o projeto Dentista do Bem, a organização oferece atendimento odontológico gratuito à população de baixa renda em condição de vulnerabilidade social e com graves problemas bucais: jovens de 11 a 18 anos. No projeto Apolônias do Bem,atendem mulheres vítimas de violência doméstica. Com a expansão internacional da TdB, foi criado o prêmio Melhor Dentista do Mundo, para reconhecer o profissional que mais fez pelo próprio município, ou seja, além de atender a jovens e crianças, fez a diferença na sua cidade e região, conquistando mudanças nas políticas públicas, espaços na imprensa, divulgações do projeto e o aumento de parcerias e voluntários.

Em 16 anos, a Turma do Bemimpactou mais de 70 mil jovens e 1.000 mulheres.A proposta da organização é promover a inclusão social por meio do sorriso, oferecendo não só tratamentos odontológicos e ortodônticos mas o resgate da autoestima e a possibilidade de uma vida plena. Estima-se A Turma do Bemtem um modelo inovador de gestão, baseado no voluntariado, caracterizado pela fácil reprodução e pelo baixo custo para a organização. Por seus projetos, a OSCIP conquistou, em 2016, o Prêmio Empreendedor Social– conduzido pela Folha de S. Paulo e Fundação Schwab. Com o reconhecimento, Fábio Bibancos, fundador e presidente-voluntário, tornou-se fellowda Ashoka. A TdB conta com reconhecimento da Organização das Nações Unidas e foi escolhida pela fundação filantrópica Epic Foundation para integrar o primeiro portfólio de instituições que investem em alto impacto social. Em 2017, foi eleita umas das 100 Melhores ONGs do Brasil, pela Revista Época e Instituto Doar. www.turmadobem.org.br

Continua lendo