Redes Sociais

Últimas Notícias

Aldrin Gandra se apresenta neste sábado no Teatro de Câmara do

O show será para o lançamento das músicas “Simples Assim”, “Acabar com a guerra” e “Me sinto só” e ainda contará com as canções do seu primeiro trabalho, intitulado “Quadrado Azul”, masterizado em Londres e elogiado por Fernando Brant e Roberto Menescal

A cena artística mineira conta com diversos talentos que merecem ser divulgados. Um deles é Aldrin Gandra, músico, instrumentista, cantor, compositor e guitarrista, que tem data marcada para o show de lançamento de três novas músicas. A apresentação será no dia 22 de setembro, sábado, a partir das 19h, no Teatro de Câmara do Cine Theatro Brasil Vallourec (Av. Amazonas, 315, Centro, Belo Horizonte/MG). Os ingressos estão à venda por R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) na bilheteria do teatro, pela loja ou pelo site da Eventim.

Mineiro formado pela escola de música da Fundação Clóvis Salgado, Aldrin Gandra participou da orquestra de violões do Palácio das Artes. Já participou de bandas de rock e MPB, e entre elas, a Banda Merlin, que produziu um inovador trabalho em esperanto. Tal trabalho teve excelente repercussão no exterior e a produção de 2 CDs, um desses pela gravadora francesa Vinilkosmo, com divulgação feita em mais de 60 países.

Hoje o artista mineiro produz seu próprio trabalho autoral, que apresenta uma música cheia de ritmo e melodia, que transporta o ouvinte para um universo de sentimentos carregados de lirismo e bom gosto. No show no Cine Theatro Brasil Vallourec, o cantor apresentará ao público a canção “Simples assim”, que fala do amor, das coisas mais importantes que estão ao nosso redor e do poder de nos transportar para lugares inimagináveis. Ele lançará também “Acabar com a guerra”, que trás forte influência do compositor do rock nacional dos anos 80. A música vem em forma de protesto a respeito das guerras, sobretudo, da guerra na Síria e também um questionamento das diferenças, do extermínio de civis e crianças, além de trazer uma mensagem de paz, esperança e vida. As duas novas músicas contaram com Aldrin Gandra nos violões, guitarras, arranjos e voz, Fabinho Gonçalves nos arranjos e violões, Leo Pires bateria, Sérgio Rabelo Cello e Emerson Soares no baixo e Cristiano Caldas nos pianos e teclados. O artista apresentará ainda a mais recente composição, “Me sinto só”, que ainda nem foi gravada em estúdio.

Seu primeiro trabalho autoral, Quadrado Azul, foi gravado em 2011. Esse registro veio mostrar ao público sua sonoridade e composições no decorrer de vários anos. A canção Quadrado Azul que dá nome ao CD, reflete, sobretudo, às discrepâncias sociais, violência, abusos de todos os níveis, inconsciência ecológica, entre outras. O trabalho visa não só o romântico, mas também alertar e transmitir ao público a insatisfação social com tais descasos.

O álbum, que recebeu elogios de Fernando Brant e Roberto Menescal, foi masterizado em Londres, no Abbey Road Stúdios, por Alex Warthon, que tem na bagagem trabalhos realizados com Bjork e Chemical Brothers.

Serviço:

Aldrin Gandra – Show Simples Assim

Data: 22 de setembro, sábado

Horário: 19h

Local: Teatro de Câmara do Cine Theatro Brasil Vallourec – Av. Amazonas, 315, Centro, Belo Horizonte/MG

Classificação etária: livre

Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) na bilheteria do teatro, pela loja da ou pelo site da Eventim

//www.eventim.com.br/ingressos.html?affiliate=BR1&doc=artistPages%2Ftickets&fun=artist&action=tickets&erid=2257017&includeOnlybookable=false&x10=1&x11=aldr

Bilheteria: Av. Amazonas, 315 – Centro (Praça 7).
Funcionamento:

Segunda a sábado: 12h às 21h e

Domingo: 15h às 20h
Horário especial nos feriados.
Mais informações: (31) 3201 5211 ou (31) 3243.1964

Loja Eventim – Shopping 5ª Avenida (sujeito a taxa de conveniência)
Rua Alagoas, 1314
Loja 20C– Savassi

Continua lendo
Publicidade
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Governador anuncia datas de pagamento do salário dos servidores estaduais

Todo o funcionalismo receberá, no dia 14/1, até R$ 2 mil. Trabalho segue duro para retomar a regularização dos pagamentos

O governador Romeu Zema, ao lado do secretário de Fazenda, Gustavo Barbosa, anunciou, nesta terça-feira (8/1), as datas dos pagamentos dos salários dos servidores estaduais referentes ao mês trabalhado de dezembro. A notícia foi dada em primeira mão nas redes sociais do governador.

No dia 14 deste mês serão pagos até R$ 2 mil para todo o funcionalismo, incluindo aposentados e pensionistas. Ou seja, para quem recebe abaixo deste valor, o salário estará quitado integralmente.

No dia 21 de janeiro, será acertada mais uma parcela com limite de até R$ 1 mil para as carreiras da Saúde e Segurança Pública, no caso de quem tenha salários superiores a R$ 2 mil. No dia 28 de janeiro, o governo de Minas quitará o restante dos ordenados dos servidores do Estado.

“Estamos ainda tomando pé da situação financeira do Governo de Minas Gerais. Mas temos trabalhado duro para retomar a regularização dos pagamentos dos servidores estaduais o mais breve possível”, disse o governador.

Continua lendo

Últimas Notícias

Cemig coloca à venda participação em consórcios para exploração de petróleo e gás

Edital da oferta pública está disponível no Portal de Compras no site da Cemig. Em cada consórcio, a Cemig possui participação de 24,5%

Dando continuidade ao Programa de Desinvestimento, iniciado em 2017, a Cemig fará, no próximo dia 18 de janeiro, uma oferta pública das cotas de participação que possui nos Consórcios de Exploração de Petróleo e Gás Natural em cinco blocos, quatro deles localizados na Bacia do São Francisco, no Norte de Minas, e um na Bacia do Recôncavo, na Bahia. Atualmente, os trabalhos se encontram na etapa de prospecção, com expectativa de existência de reservas de gás no São Francisco e de petróleo no Recôncavo.

A concessão para exploração das áreas foi obtida pela Cemig, em consórcio com outras empresas, na 10ª Rodada de Licitações promovida pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), em 2008. Em cada consórcio, a Cemig possui participação de 24,5%, e, em todos eles, já foram realizadas as atividades previstas no Programa Exploratório Mínimo, conforme compromisso assumido junto à ANP.

Em 2017, a Diretoria da Cemig anunciou uma trajetória de desinvestimento para restabelecer o equilíbrio financeiro. Os ativos que não fossem estratégicos e/ou com participações pouco relevantes, como é o caso da participação nos consórcios de exploração de petróleo e gás natural, foram considerados prioritários para inclusão no programa.

Expectativa

Nos blocos localizados em Minas Gerais, existe a expectativa da existência de gás natural, conforme evidências coletadas nas pesquisas já realizadas tanto pelos consórcios nos quais a Cemig participa quanto por outras empresas que também possuem concessões na região. Entretanto, ainda não é possível dimensionar as reservas potenciais de hidrocarbonetos, pois se trata de uma bacia de “nova fronteira”, ou seja, existe pouca informação geológica no que diz respeito a recursos existentes.

Quanto ao bloco localizado na Bacia do Recôncavo (BA), estima-se a existência de petróleo, considerando ser uma bacia “madura” e com atividades produtivas na região do entorno da área em estudo.

O edital da oferta pública está disponível no Portal de Compras no site da Cemig (www.cemig.com.br), onde os interessados poderão ter acesso às condições de participação. O valor de balizamento para lances é de R$ 20,5 milhões para o conjunto das participações de 24,5% nos cinco consórcios, sendo que a Comissão Especial de Alienação poderá aceitar valores inferiores, mediante deliberação e aprovação prévia da Cemig.

Continua lendo

Últimas Notícias

Polícia apreende adolescentes suspeitos de matar um homem em Itabirito

Suspeitos disseram que mataram o jovem por vingança, já que ele estaria envolvido na morte do irmão de um deles

A Polícia Militar (PM) prendeu dois adolescentes de 15 e 17 anos nesta segunda-feira, 7, suspeitos de matar um homem em Itabirito, na Região Central de Minas Gerais

Conforme a PM, eles estavam escondidos em um matagal e confessaram a morte de um jovem de 18 anos, ocorrida pouco antes. Os dois levaram a polícia até o local do crime.

Ainda conforme a corporação, eles ainda agrediram e enforcaram até a morte Washington Gomes Felizardo. Os suspeitos disseram que mataram o jovem por vingança, já que ele estaria envolvido na morte do irmão de um deles há alguns dias. Duas armas foram apreendidas.

Continua lendo