Redes Sociais

Últimas Notícias

Santuário do Caraça: um roteiro turístico de imersão na natureza e história

Santuário fica no meio da Serra do Espinhaço e é um convite para uma viagem no tempo desde de a época do Brasil Império

Composto por quase 13 mil hectares de mata atlântica e serrado, o Santuário do Caraça fica localizado entre os municípios de Catas Altas e Santa Bárbara, e recebeu o título de uma das 7 maravilhas da Estrada Real. Vista de longe, quem chega a serra, se depara com enormes rochas que se assemelham a um rosto humano de perfil, por isso o nome Caraça, que quer dizer “cara grande”. E no meio da mata, uma construção do século 19 chama a atenção por destoar de todo o verde da paisagem daquele lugar e, ao mesmo tempo, se misturar tão bem.

O Santuário do Caraça é parte da Serra do Espinhaço, e fica a cerca de 120km do início do roteiro do caminho religioso da Estrada Real, uma peregrinação de mais de mil quilômetros até Aparecida do Norte, em São Paulo. Fundado em 1774 pelo Irmão Lourenço de Nossa Senhora, um português que veio para o Brasil e resolveu se afastar de tudo para se dedicar a fé, encontrando na região central de Minas Gerais o lugar que seria seu refúgio. O Santuário do Caraça era, inicialmente, um pequeno oratório para peregrinos que também buscavam o isolamento para se conectar com o Divino.

Quando o Irmão Lourenço faleceu, ele doou em testamento o terreno para a Igreja Católica com a condição de que ali abrigasse um colégio para meninos e um seminário para padres. Atendendo aos desejos de seu fundador, em abril de 1820 foi inaugurado o Colégio do Caraça, recebendo seus quatro primeiros alunos. Por 150 anos o Colégio do Caraça foi referência entre os colégios internos brasileiros, oferecendo educação de qualidade para garotos de todas as partes do país. Além do Colégio, o espaço abrigava um seminário para formação de padres e a primeira igreja católica construída no estilo neogótico do Brasil. Os lindos vitrais da Igreja de Nossa Senhora Mãe dos Homens foram produzidos na França a mando do próprio Imperador Dom Pedro II, que resolveu presentear o lugar após uma passagem que o deixou maravilhado.

Em 1968 um terrível e acidental incêndio tomou o primeiro andar do Colégio do Caraça, transformando em cinzas boa parte da história do local. Alguns livros, os vitrais e outros itens conseguiram ser salvos e garantiram a preservação da história do Colégio que ainda traz boas lembranças para os meninos que lá viveram, como o atual Diretor do Santuário, Padre Lauro Palú.  Após o incêndio, com os esforços da Igreja e da sociedade como um todo, o lugar foi restaurado, mas não mais para ser um colégio e seminário, e sim para ser um santuário de preservação e conscientização ambiental.

O Santuário do Caraça abriga diversas espécies da flora e fauna, algumas presentes somente na serra, trilhas que levam a rios, piscinas naturais e quedas d’água. Hoje, no local existe um museu que conta toda a sua história, desde a fundação; uma biblioteca com raros e antigos exemplares; celebrações de missas diárias, na linda igreja neogótica; além de um confortável hotel e um restaurante com a deliciosa gastronomia da região, tudo isso para proporcionar aos visitantes um contato com a natureza em uma experiência mágica.

O Santuário do Caraça funciona todos os dias da semana, das 08h às 17h, e a entrada para visitação custa, a partir de R$ 12,00. A hospedagem, com pensão completa, varia entre R$ 143,00 e R$ 220,00, por pessoa, a diária, dependendo da acomodação. Para mais informações e reservas acesse o site//www.santuariodocaraca.com.br/.

 

Serviço

Santuário do Caraça

Local: Estrada do Caraça, KM9 – Entre os municípios de Barão de Cocais, Catas Altas e Santa Bárbara – CEP 35969-000

Fácil acesso pelas rodovias BR 381 e MG 436, além do charmoso acesso por trem (Estação Dois Irmãos – Barão de Cocais/MG)

Horário de Funcionamento para visitação: Todos os dias, das 08h às 17h

Valores: a partir de R$ 12,00

Hospedagem: (Diárias)

Fazenda do Engenho:

R$ 243,00 para 1 adulto

R$ 162,00 por pessoa para 2 ou mais adultos

R$ 81,00 por criança de 6 a 12 anos (no mesmo apto dos pais)

Santuário do Caraça

Suítes Imperiais (São 2 suítes para casais – Lado direito do Santuário, andar superior)

R$330,00 para 1 adulto

R$220,00 para 2 ou mais adultos (por pessoa)

R$110,00 por criança de 6 a 12 anos (no mesmo apto dos pais)

Sobradinho Afonso Pena (São 4 apartamentos, a ala comporta 14 pessoas – Parte externa do Santuário, sobre a recepção – escada)

R$303,00 para 1 adulto

R$202,00 para 2 ou mais adultos (por pessoa)

R$101,00 por criança de 6 a 12 anos (no mesmo apto dos pais)

Ala do Irmão Lourenço (São 9 apartamentos, a ala comporta 24 pessoas – Lado direito, abaixo da Ala do Santuário – escada)

R$303,00 para 1 adulto

R$202,00 para 2 ou mais adultos (por pessoa)

R$101,00 por criança de 6 a 12 anos (no mesmo apto dos pais)

Ala do Santuário (São 8 apartamentos, a ala comporta 24 pessoas

(Lado direito do Santuário, andar superior)

R$303,00 para 1 adulto

R$202,00 para 2 ou mais adultos (por pessoa)

R$101,00 por criança de 6 a 12 anos (no mesmo apto dos pais)

Ala do Claustro (São 5 apartamentos, a ala comporta 15 pessoas – Próximo ao relógio do sol – parte interna, ao lado do Santuário)

R$303,00 para 1 adulto

R$202,00 para 2 ou mais adultos (por pessoa)

R$101,00 por criança de 6 a 12 anos (no mesmo apto dos pais)

Ala da Carapuça (São 10 apartamentos, a ala comporta 20 pessoas – Parte externa do Santuário, em frente ao Museu e Biblioteca)

R$303,00 para 1 adulto

R$202,00 para 2 ou mais adultos (por pessoa)

R$101,00 por criança de 6 a 12 anos (no mesmo apto dos pais)

Chalé (Comporta 4 pessoas, sendo um quarto com uma cama de casal e duas de solteiro. Ocupação mínima – 2 adultos):

R$235,50 para 1 adulto

R$157,00 para 2 ou mais adultos (por pessoa)

R$78,50 por criança de 6 a 12 anos (no mesmo apto dos pais)

Casa da Ponte (Comporta até 15 pessoas, sendo dividida em duas partes: Parte principal – 12 pessoas. Ocupação mínima – 6 adultos e Suíte – 3 pessoas. Ocupação mínima – 2 adultos. As duas partes podem ser reservadas separadamente)

R$235,50 para 1 adulto

R$157,00 para 2 ou mais adultos (por pessoa)

R$78,50 por criança de 6 a 12 anos (no mesmo apto dos pais)

Ala dos Irmãos (São 8 quartos, a ala comporta 20 pessoas – Lado esquerdo do Santuário, abaixo da Ala do Claustro – escada)

R$235,50 para 1 adulto

R$157,00 para 2 ou mais adultos (por pessoa)

R$78,50 por criança de 6 a 12 anos (no mesmo apto dos pais)

Crianças de até 5 anos (no mesmo apto dos pais) não pagam

Reservas: [email protected]araca.com.br

Mais informações: //www.santuariodocaraca.com.br/

Continua lendo
Publicidade
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Passarela do metrô no Centro de BH assusta usuário durante movimentação

Um vídeo que está circulando nas redes sociais mostra a passarela balançando durante a travessia de pedestres

Usuários que utiliza a passarela que da acesso a Rodoviária de Belo Horizonte e o Metrô da Lagoinha, no Centro da capital, estão assustado devido a movimentação durante a travessia dos pedestres. (assista acima)

Um vídeo que está circulando nas redes sociais mostra a passarela balançando durante a travessia de pedestres.

O Por Dentro de Minas tentou contato com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), responsável pelo Metrô, e aguarda retorno. A Defesa Civil não foi localizada para falar sobre a passarela.

Continua lendo

Últimas Notícias

Rede se rompe e interrompe abastecimento de água em mais de 120 bairros de BH e região

Previsão é que o fornecimento de água seja normalizado, de forma gradativa, na madrugada desta segunda-feira

O rompimento da rede de abastecimento, localizada na rua Potomaio, esquina com a rua Curi, no bairro São Geraldo, região Leste de Belo Horizonte, neste domingo,  3, provocou a interrupção da distribuição em mais 120 bairros de BH e da Região Metropolitana.

Segundo a Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais) informou que técnicos da companhia estão no local para realizar os serviços necessários. A previsão é que o fornecimento de água seja normalizado, de forma gradativa, na madrugada desta segunda-feira (4).

Além de Belo Horizonte (46 bairros) também foram afetados a cidade de Santa Luzia (33 bairros) e Sabará (46 bairros).

Confira a lista dos bairros:

Belo Horizonte: Alvorada, Boa Vista, Caetano Furquim, Capitão Eduardo, Casa Branca, Conjunto Taquaril, Dom Joaquim, Dom Silvério, Esplanada, Eymard, Fernão Dias, Floramar, Goiania, Gorduras, Gorduras De Cima, Granja Werneck, Guarani, Heliópolis, Horto Florestal, Ipê, Jardim Vitoria, Lajedo, Maria Teresa, Minaslândia, Monte Azul, Nova Vista, Novo Aarão Reis, Novo Tupi, Paulo Vi, Planalto, Pousada Santo Antônio, Ribeiro De Abreu, Sagrada Família, Santa Inês, São Bernardo, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São Marcos, São Nicolau, São Paulo, Saudade, Tupi A, Tupi B, União e Vera Cruz.

Sabará: Alto Vila São José, Alvorada, Amélia Moreira, Ana Lúcia, Bom Retiro, Borba Gato, Borges, Condomínio Jardim Dos Borges, Distrito Industrial Simão Da Cunha, Granjas De Freitas, Itacolomi, Marzagão, Nações Unidas, Nossa Senhora Da Conceição, Nossa Senhora De Fátima, Nova Vista, Novo Alvorada, Novo Alvorada Barraginha, Novo Horizonte, Novo Santa Inês, Rio Negro, Rosário III, Vila Dos Coqueiros, Valparaiso I, Valparaiso II, Várzea Do Moinho, Vila Dos Coqueiros, Vila Eugênio Rossi, Vila Rica, Vila Santa Rita, Vila São José, Vila São Sebastião e Vitória.

Santa Luzia: Bairro Brasil, Barreiro Do Amaral, Bela Vista, Bicas, Bom Destino, Bom Jesus, Bonanza, Camelos, Capitão Eduardo, Centro, Colorado, Condomínio Estâncias Dos Lagos, Condomínio Recanto Da Mata, Condomínio Recanto Do Luar, Córrego Frio, Dona Rosarinha, Esplanada, Fecho, Gameleira, Gameleira II, Idulipe, Imperial, Industrial Americano, Kennedy, Maria Adélia, Mata Dos Ipês, Morada Do Rio, Moreira, Nossa Senhora Das Graças, Nossa Senhora Do Carmo, Padre Miguel, Parque Boa Esperança, Parque Nova Esperança, Petrópolis, Quarenta E Dois, Retiro Do Recreio I, Rio Das Velhas, Santa Matilde, Santa Mônica, São Geraldo, Vale Das Acácias, Vale Dos Coqueiros, Vila Íris, Vila Olga, Vila Santa Rita De Cássia e Vila São Mateus.

Continua lendo

Últimas Notícias

Presidente e três diretores da Vale são afastados

Pedidos de afastamento foram feitos pelos próprios executivos, depois de recomendações do MP

O presidente da Vale, Fabio Schvartsman, e três diretores da mineradora foram afastados por decisão do Conselho de Administração da empresa. Segundo nota divulgada à imprensa, os pedidos de afastamento foram feitos pelos próprios executivos, depois de recomendações do Ministério Público Federal, da Polícia Federal, do Ministério Público de Minas Gerais e da Polícia Civil do estado.

A decisão de aceitar os pedidos de afastamento foi tomada entre a noite de sexta-feira (1º) e a madrugada de ontem (2). A presidência interina da empresa já foi assumida pelo diretor executivo de Metais Básicos da Vale, Eduardo de Salles Bartolomeo, conforme plano de interinidade previamente discutido.

Além de Schvartsman, foram afastados Gerd Peter Poppinga (diretor executivo de Ferrosos e Carvão), Lucio Flavio Gallon Cavalli (diretor de Planejamento e Desenvolvimento de Ferrosos e Carvão) e Silmar Magalhães Silva (diretor de Operações do Corredor Sudeste).

Claudio de Oliveira Alves, atual diretor de Pelotização e Manganês, ocupará interinamente a função de diretor executivo de Ferrosos e Carvão, e Mark Travers, atual diretor Jurídico, de Relações Institucionais e Sustentabilidade de Metais Básicos, ocupará interinamente a função de diretor executivo de Metais Básicos.

“A Vale informa também que seu Conselho de Administração permanece em prontidão, na busca de um relacionamento transparente e produtivo com as autoridades brasileiras, visando ao esclarecimento dos fatos, à reparação apropriada dos danos e à integridade da empresa, e que manterá a sociedade e os mercados informados sobre qualquer fato novo”, diz a empresa em nota.

Presidente interino

O presidente interino da Vale, Eduardo Bartolomeo, estava na Diretoria Executiva de Metais Básicos da empresa desde 1º de janeiro de 2018. Antes disso, no entanto, já havia passado por outras diretorias. De 2004 a 2006, foi diretor do Departamento de Operações Logísticas e, de 2007 a 2012, foi diretor executivo na empresa.

De setembro de 2016 a dezembro de 2017, integrou o Conselho de Administração da Vale como representante do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Graduado em Engenharia Metalúrgica pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 1988, tem títulos de MBA pela Universidade Católica de Leuven, na Bélgica, e pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos.

Continua lendo