Redes Sociais

Últimas Notícias

Porto Seguro oferece 50% de desconto para clientes em espetáculo estrelado por Débora Falabella em BH

Belo Horizonte, julho de 2018 – Patrocinadora oficial da peça “Contrações”, a Porto Seguro oferece 50% de desconto para clientes na compra de um ou dois ingressos para o espetáculo, estrelado por Débora Falabella e Yara de Novaes. A peça terá apresentações nos dias 3 e 4 de agosto, no Teatro do Centro Cultural do Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte, às 21h.

Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente na bilheteria do Teatro, de segunda a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 12h às 19h. O desconto é válido para compras realizadas mediante apresentação obrigatória do voucher do Clube Porto (impresso ou eletrônico), cartão do segurado (virtual ou físico) ou cartão de crédito Porto Seguro. Para os clientes da Porto Seguro, o preço do ingresso será de R$ 30.

A peça conta a história da gerente de uma grande corporação, interpretada por Yara de Novaes, que solicita a Emma (Débora Falabella), sua funcionária, que leia em voz alta uma cláusula do contrato que proíbe os colaboradores de terem qualquer relação sentimental entre si. Nos encontros seguintes, a gerente – amparada pelo poder que tem – libera suas diferentes facetas para manipular Emma. A fim de manter seu emprego, a funcionária acaba por se render e danifica sua vida privada.

 

Sobre a Porto Seguro

A Porto Seguro é uma empresa brasileira com mais de 70 anos de mercado e está entre as maiores seguradoras do País, ocupando a primeira posição nos ramos de Seguro Auto e Residência. Atualmente, são aproximadamente 10 milhões de clientes, 14 mil funcionários, 17 mil prestadores e 37 mil corretores parceiros. A companhia tem ainda 128 sucursais e escritórios regionais em todo o Brasil. O Grupo Porto Seguro é formado por 27 empresas – entre elas Azul Seguros e Itaú Seguros de Auto e Residência – que atuam nos mais diversos ramos como seguros, produtos financeiros, serviços de emergência e conveniência, proteção e monitoramento, telefonia celular, plano de saúde para Pets, entre outros. Em 2017, o lucro líquido da companhia foi de R$ 1,1 bilhão.

Julho 2018

Contatos para Imprensa – Pessoa. Relacionamento com Conteúdo

Leka Queiroz – [email protected]

(31) 3235-9159

— 

Leka Queiroz
Jornalista, Atendimento, Pessoa.Agência de Relações Públicas

Continua lendo
Publicidade
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

STF suspende bloqueio de R$ 443 milhões nas contas de Minas Gerais

Decisão o estado não poderá ser inscrito em cadastros de inadimplentes da administração federal

Ministro Dias Toffoli - Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, suspendeu o bloqueio de R$ 443,3 milhões nas contas de Minas Gerais. O ministro atendeu ao pedido liminar feito pelos procuradores do estado para evitar que o valor seja bloqueado pelo governo federal como garantia em um contrato de empréstimo com o Banco do Brasil. A decisão foi assinada no dia 4 de janeiro.

Ao Supremo, o governo local afirmou que foi notificado pela União para fazer o pagamento da parcela, mas que não foi aberto um processo administrativo, procedimento que seria adequado para reclamar o inadimplemento.

Em 2012 e 2013, o estado fez dois empréstimos, um de R$ 3,6 bilhões para o programa de desenvolvimento de Minas, e outro de R$ 1 bilhão para o programa de infraestrutura rodoviária.

Com a decisão de Toffoli, o estado de Minas Gerais também não poderá ser inscrito em cadastros de inadimplentes da administração federal.

Para o ministro, a decisão durante o período de recesso na Corte se justifica para evitar a paralisação das contas públicas estaduais. A partir do dia 1º de fevereiro, o caso será analisado pelo ministro Celso de Mello, relator do caso.

“Ante o quadro, concedo a tutela provisória de urgência para determinar à União que se abstenha de bloquear o valor de R$ 443.3 milhões concernente à execução das cláusulas de contragarantia do contrato em questão, até ulterior análise do eminente ministro relator do feito”, decidiu Toffoli.

Continua lendo

Últimas Notícias

Quatro pessoas morrem em acidente na MG-259, em Governador Valadares

Acidente envolveu um ônibus, um caminhão e dois carros de passeio

• atualizado em 07/01/2019 às 19:43

Acidente em distrito de Governador Valadares - Foto: Divulgação

Quatro pessoas – duas crianças e duas mulheres – morreram em uma acidente na MG-259, próximo a São Vítor, distrito de Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, na tarde desta segunda-feira, 7.

Conforme o Corpo de Bombeiros, o acidente envolveu um ônibus, um caminhão e dois carros de passeio. A motorista perdeu o controle, invadiu a contramão e acertou um ônibus de frente. O carro capotou na pista e uma caminhonete que vinha atrás atingiu o veículo.

As vítimas fatais estavam no mesmo carro. As crianças, de 6 meses e dois anos, estavam no bebê conforto, além duas mulheres Três pessoas que estava na caminhonete também ficaram feridas.

Uma adolescente de 16 anos foi socorrida em estado grave. A motorista do ônibus também sofreu ferimentos leves. Os feridos foram conduzidos por ambulâncias do Samu e Corpo de Bombeiros ao Hospital Municipal de Valadares.

Acidente em distrito de Governador Valadares – Foto: Divulgação

Continua lendo

Últimas Notícias

Telhado de casa desaba e deixa dois soterrados em Vespasiano, na Grande BH

Homem trabalhava no imóvel quando ocorreu o acidente

Feridos foram socorridos por populares e bombeiros - Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Dois homens ficam feridas após ficarem soterrados na queda de um telhado na tarde desta segunda-feira, 7, em Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o telhado cedeu e desabou no momento em que as vítimas trabalhavam em uma obra na residência.

Moradores da região retiraram um dos feridos dos escombros. A segunda vítima, um homem de 33 anos, foi resgatado pela equipe de socorro dos Bombeiros e encaminhado para a Upa (Unidade de Pronto Atendimento) de Vespasiano com escoriações pelo corpo.

Ainda não há identidade dos soterrados e o estado de saúde deles não haviam sido divulgados.

Continua lendo