Redes Sociais

Últimas Notícias

Ônibus é incendiado em Vespasiano, na Grande BH; segundo em três dias

Veículo ficou completamente destruído com as chamas

Mais um ônibus foi incendiado nesta segunda-feira (16). Desta vez, o crime ocorreu em Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, segundo a Polícia Militar (PM).

De acordo os militares, o ônibus da linha 5610 (Morro Alto/ Terminal Morro Alto) foi atacado por criminosos na Avenida Antônio Mamede, no Bairro Morro Alto. As chamas se espalharam pelo veículo e consumiram rapidamente o coletivo.

Ainda conforme a PM, os criminosos ordenaram o motorista e passageiros descer do veículo, espalharam um líquido inflamável e atearam fogo. Eles deixaram um bilhete com o motorista, no qual, afirmava que o ato era uma vingança contra a prefeitura de Vespasiano, em razão de divergências quanto à ocupação de um terreno na cidade. O bilhete foi encaminhado para a delegacia de plantão de Vespasiano.

Com as chamas altas, a rede elétrica foi atingida e pelo menos 40 imóveis ficaram sem energia, segundo a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig).

Esse é o segundo ataque na cidade em apenas três dias. No último sábado (14), um ônibus foi incendiado na MG-010, em Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Motorista e passageiros foram obrigados a desembarcarem do ônibus da linha 5805 (Caieiras/Estação Morro Alto) e em seguida lançaram um líquido inflamável no veículo e atearam fogo.

noite desse domingo (15), em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, três homens incendiaram outro ônibus. O motorista contou aos militares que os criminosos armados e encapuzados, mandaram ele fechar a Via Expressa, com o coletivo linha 7770 (Capelinha/Metrô). Em seguida, ordenaram que o motorista e os passageiros descessem e jogaram um líquido inflamável no veículo e ateou fogo.

Continua lendo
Publicidade
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Minnie é flagrada na Praça da Liberdade onde estaria presa faz sucesso na internet

Imagens já foram vistas quase 2 milhão de vezes

Minnie - Foto: Reprodução/Twitter

Um vídeo divulgados nas redes sociais retrata uma suposta prisão da Minnie Mouse na Praça da Liberdade, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, está fazendo sucesso na internet.

No vídeo, uma pessoa com a fantasia da personagem da Disney aparece sentada ao lado de um carro da Guarda Municipal com as sirenes ligada, o autor do vídeo ainda diz que está todo mundo muito aflito com a situação. “As pessoas estão passando comentando. Olha lá ela está tentando pedir ajuda”. Uma outra voz fala: “A culpa é do Mickey”.

Na sequência das imagens, Minnie se levanta e o sai de perto dos agentes. O narrador diz: “Nossa, ela está muito nervosa. Ela foi chamar os advogados”.

Até o inicio da madrugada desta terça-feira, 7, o vídeo já tinha quase 2 milhões de visualizações. O post já havia sido compartilhado mais de 35 mil vezes e tinha mais de 100 mil curtidas.

O Por Dentro de Minas não conseguiu contato com a Guarda Municipal e com a pessoa fantasia de Minnie para falar sobre o assunto.

Assista

Continua lendo

Economia

STF suspende bloqueio de R$ 443 milhões nas contas de Minas Gerais

Decisão o estado não poderá ser inscrito em cadastros de inadimplentes da administração federal

Ministro Dias Toffoli - Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, suspendeu o bloqueio de R$ 443,3 milhões nas contas de Minas Gerais. O ministro atendeu ao pedido liminar feito pelos procuradores do estado para evitar que o valor seja bloqueado pelo governo federal como garantia em um contrato de empréstimo com o Banco do Brasil. A decisão foi assinada no dia 4 de janeiro.

Ao Supremo, o governo local afirmou que foi notificado pela União para fazer o pagamento da parcela, mas que não foi aberto um processo administrativo, procedimento que seria adequado para reclamar o inadimplemento.

Em 2012 e 2013, o estado fez dois empréstimos, um de R$ 3,6 bilhões para o programa de desenvolvimento de Minas, e outro de R$ 1 bilhão para o programa de infraestrutura rodoviária.

Com a decisão de Toffoli, o estado de Minas Gerais também não poderá ser inscrito em cadastros de inadimplentes da administração federal.

Para o ministro, a decisão durante o período de recesso na Corte se justifica para evitar a paralisação das contas públicas estaduais. A partir do dia 1º de fevereiro, o caso será analisado pelo ministro Celso de Mello, relator do caso.

“Ante o quadro, concedo a tutela provisória de urgência para determinar à União que se abstenha de bloquear o valor de R$ 443.3 milhões concernente à execução das cláusulas de contragarantia do contrato em questão, até ulterior análise do eminente ministro relator do feito”, decidiu Toffoli.

Continua lendo

Últimas Notícias

Quatro pessoas morrem em acidente na MG-259, em Governador Valadares

Acidente envolveu um ônibus, um caminhão e dois carros de passeio

• atualizado em 07/01/2019 às 19:43

Acidente em distrito de Governador Valadares - Foto: Divulgação

Quatro pessoas – duas crianças e duas mulheres – morreram em uma acidente na MG-259, próximo a São Vítor, distrito de Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, na tarde desta segunda-feira, 7.

Conforme o Corpo de Bombeiros, o acidente envolveu um ônibus, um caminhão e dois carros de passeio. A motorista perdeu o controle, invadiu a contramão e acertou um ônibus de frente. O carro capotou na pista e uma caminhonete que vinha atrás atingiu o veículo.

As vítimas fatais estavam no mesmo carro. As crianças, de 6 meses e dois anos, estavam no bebê conforto, além duas mulheres Três pessoas que estava na caminhonete também ficaram feridas.

Uma adolescente de 16 anos foi socorrida em estado grave. A motorista do ônibus também sofreu ferimentos leves. Os feridos foram conduzidos por ambulâncias do Samu e Corpo de Bombeiros ao Hospital Municipal de Valadares.

Acidente em distrito de Governador Valadares – Foto: Divulgação

Continua lendo