Homem invadiu gabinete e atirou com a secretária.

• atualizado em 16/05/2018 às 14:20  

Um mulher foi morta dentro da Câmara de Vereadores de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, durante a manhã desta quarta-feira (16). A mulher era secretária de um vereador.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a mulher foi morta por um policial civil C. R. W. P. Após o crime, ele atirou no próprio maxilar. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e para a Prefeitura da cidade, de onde foi transferido de helicóptero para o Hospital João 23, na capital.

O homem era ex-namorado da vítima e não aceita o termino da relação. O policial conseguido entrar com a arma de fogo na Casa Legislativa, passando por um detector de metais que não está funcionando.

O vereador Jerson Braga Maia, o Caxicó, onde a secretária trabalhava, em uma rede social, qualificou a mulher como “excelente profissional, era uma mãe maravilhosa e uma luz em nossas vidas. Sempre sorrindo e disposta a ajudar, irradiava alegria por onde passava. Lud (como carinhosamente a chamávamos) vai estar sempre em nossas mentes e corações”.

comentários